Arquivo de etiquetas: tendencias

Slip Dress – A camisola de luxo

Share Button

Vocês já viram esta moda do slip dress?

É um vestido parecido com uma camisola, soltinho e confortável. Só deu ele nos desfiles internacionais de grandes marcas como Lanvin, Paco Rabbane, Louis Vuitton e Saint Laurent.

O slip dress geralmente é feito de seda, cetim e veludo; foi inspirado no vestuário das francesas dos anos 40.

Esta peça é bem romântica, mas você pode compor looks com uma pegada mais fashion, elegante e rock.

Veja alguns modelos e inspire-se: slipok_-_Cópia

slipok Slipdress(1)

E vocês, o que acharam, usariam?

Até a próxima.

Bjos

Francine Rodrigues 

Share Button

Dos quadrinhos para os looks

Share Button

comic-print2As estampas das histórias em quadrinhos saíram dos gibis, direto para o mundo da moda. Essa nova tendência é conhecida como Comic Print.

Com um ar de Pop Art, elas estão vindo cheias de cores e originalidade, chamam a atenção por serem estampas bem coloridas deixando o look super moderno, divertido e despojado.

Dentro desse estilo temos vários heróis e heroínas como o Super Homem e a Mulher Maravilha e com aqueles famosos balões de onomatopeias: OMG, POW, BOOM, BANG. Garantem humor e descontração no visual em peças como T-shirts e moletons.

Vale inserir o look em combinações mais elegantes, quebrando a infantilidade que a peça pode trazer.

Confira alguns looks:

COMICScomic print overdose vipcomicprintpow

E vocês, o que estão achando dessa tendência?

Até a próxima.

Bjos

Francine Rodrigues

Share Button

Deu Branco!

Share Button

Foi-se o tempo em que vestir-se inteiro de branco era permitido somente para noivas e profissionais da saúde.

O Total White ganhou força nas passarelas e é super tendência.

Deixa o visual elegante, moderno e sofisticado!

Como o branco é uma cor neutra, é possível fazer várias combinações. Use com acessórios coloridos para dar mais destaque às peças.

Inspire-se:

looks-total-white(1)Se jogue no branco e crie looks incríveis com a cara do verão!

Até a próxima.

Bjos

Francine Rodrigues

Share Button

Estampa Étnica

Share Button

 

Título1

Inspirada nos índios americanos, asiáticos, astecas, nas tribos africanas, entre outras nacionalidades, a estampa étnica tem uma pegada rústica.

Rica em cores, desenhos tribais e figuras geométricas bem coloridas, são a cara do Verão! Deixam o visual alegre e vibrante.

As estampas surgem em vestidos, saias, shorts, calças, casacos, bolsas e outras peças do guarda-roupa.

Como combinar

Para acertar no look, use com peças em tons neutros para dar destaque à peça com estampa étnica. Ficam maravilhosas usadas com camisas de seda, regatinhas e T-shirts básicas.

Acessórios

Os que caem bem e dão charme ao look são os metais, dourados, foscos, pratas e madeira.

Vejam alguns modelitos para se inspirar:

looks

As estampas étnicas aparecem também na versão P&B.

P&B

E nos acessórios.

Acessórios

 

Essa mistura de cores e formas fica fantástica! Ter uma peça com estampa étnica é o must have desta temporada.

Eu já garanti a minha, e você?

Espero que tenha gostado.

Até a próxima.

Bjos, 

Francine Rodrigues

 

Share Button

Trend Alert: Ankle Cuff

Share Button

Ankle-Cuff2

Este é o novo acessório para os pés. Super ousado, veio para dar mais destaque ao look.

Inspirada nas sandálias Ankle Strap (sandálias com fivelas presas ao tornozelo), as Ankles Cuffs são tornozeleiras de metal usadas em pares. Combina com qualquer sapato e pode ser usada em cima de calças e meias também.

A Ankle Cuff dá um charme especial na composição do look. Vejam aqui algumas inspirações:

ankle-cuff-4 ankle-cuff 1 Ankle_Cuff_Final ankle-cuff_03

E aí, o que acharam?

Será que essa moda vai pegar?

Até a próxima.

            Bjos.

            Francine Rodrigues

Share Button

Tendências polêmicas

Share Button

Nome : Moda

Sobrenome : Tendência

Parece que não dá p/ dissociar uma coisa da outra.

A tendência é a previsão de algo que se tornará moda quando entrar no mercado. É como se um profeta chamado Cool Hunter tivesse uma visão e falasse o que vai acontecer. As peças lançadas de acordo com essa previsão têm pouco tempo de vida. São feitas p/ o consumo e descarte rápido, p/ que logo possa vir outra e mais outra tendência de moda.

Isso diferencia as peças que são tendência e viram modismo das que são clássicas. Camisa branca, blazer, pérolas, calça de alfaiataria, scarpin ou sapatilha, por exemplo, são clássicos. Você pode usar em qualquer ano da sua vida, seja qual for a moda e a tendência, que eles serão vistos como símbolo de elegância.

 

Seguir a tendência é bom porque atualiza seu look, mostra que vc é uma pessoa de olho nas novidades. O ideal é misturar a tendência ou o que virou moda às peças clássicas. Mas ela pode gerar polêmica por ser muito diferente do que consideramos de bom gosto.

Me lembro que uma vez a Mariana Weickert disse que os estilistas fazem coisas absurdas e depois devem dar risada vendo quem comprou, como se caísse em uma pegadinha. Pode ser mesmo porque tem cada coisa, digamos, exótica, né?

Algumas tendências que viraram moda esse ano foram alvo de críticas da Julia Petit e da Glória Kalil.

 

 

 

Particularmente, só gostei do slipper mas respeito quem use as outras e já vou explicar porque.

P/ as fãs de tendências ou do que está na moda :

– Veja se combina com você, seu estilo pessoal e de vida. Não vai embarcar em tudo o que aparece p/ não correr o risco de usar uma coisa nada a ver só pq é modinha.

– Não precisa ter tudo p/ se sentir moderna. Escolha uma coisa ou outra que já faz diferença.

– Uma peça que realça uma pessoa, pode colocar tudo a perder em outra. Vc pode até gostar do que está na moda, mas pense bem se é adequado p/ o seu tipo físico, se vai te fazer brilhar ou sumir na multidão.

– Respeite o gosto dos outros. Se vc acha feio, horrível, medonho mas a outra pessoa caiu de amores e usa o tempo todo, problema dela, né? Deixa ela usar. Se ela se sentiu charmosa, feminina, com a auto-estima equilibrada, ótimo. Compra quem quer, usa quem tem vontade e fim.

– Vc já sabe que moda é passageira. Às vezes fica por várias temporadas no mercado, às vezes passa rápido, mas PASSA. Então se o seu saldo não anda lá essas coisas, compre peças populares que no final das contas dão o mesmo efeito. Se for investir, que seja em peças clássicas de bom caimento.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Sou recessionista, e você?

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Vc conhece a palavra Recessionismo?
Recessionista é o consumidor consciente que gosta de seguir a moda, andar bem vestido, descolado, mas sem gastar muito ou, melhor ainda, não gastar nada e reciclar suas peças antigas.
Para o recessionista, o legal é vasculhar liquidações, promoções, pontas de estoque, brechós e pechinchas em sites de venda on-line. Ele fica feliz quando paga baratinho por uma peça, independente de onde ela tenha vindo e também quando suas peças recicladas chamam a atenção em looks criativos e elegantes.
E não há nada de vergonhoso nisso. Pelo contrário, a ostentação é que virou uma atitude de mal gosto, ainda mais nesses tempos de crise.
Eu sempre fui recessionista e não sabia. Amo comprar peças em liquidação ou em lojas populares e não ligo para marcas. Uso peças compradas há 10 anos, ou até beem mais antigas, como umas bijouxs que foram da minha saudosa vovó.
Procuro acompanhar as tendências, mas não entro em depressão se não tiver uma peça nova, muito menos perco as contas de vista para me vestir conforme os editoriais das revistas de moda.
Também não gosto de acumular peças sem uso. Prefiro passar para frente o que comprei e não usei ou usei pouco, do que deixar a peça aqui mofando, só p/ fazer volume.
Para quem quiser saber mais sobre o termo e a atitude recessionistas, há um blog, o The Recessionista, criado pela executiva de marketing Mary Hall para compartilhar suas boas compras.
Se você ainda não aderiu à nova onda mais adequada aos tempos de não consumo, que tal tentar? ;o)

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button