Arquivo de etiquetas: relacionamento no trabalho

Como lidar com pessoas difíceis?

Share Button

Olá Bauzete, td bem?

Hoje vamos falar sobre ambiente de trabalho. As orientações são do Master Coach Sênior e Presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), José Roberto Marques.

como lidar com pessoas dificeis coach

Na correria do expediente, problemas de relacionamento são recorrentes. Quem nunca perdeu a paciência com as atitudes de alguém? Cada um possui sua história de vida, o que provoca reações diferentes em cada situação. Nesse contexto, podemos encontrar tanto aqueles que combinam com as nossas opiniões e valores, quanto aqueles que conflitem constantemente. Mas é importante aprender a dialogar e construir um bom clima organizacional.

O grande problema ocorre quando a outra parte espera que você aja do jeito ela quer. Saber como lidar com pessoas difíceis realmente não é uma tarefa fácil. Se conviver com esses colegas parece ser impossível, trabalhar, então, parece ainda mais complicado! Afinal, eles estão sempre dificultando o andamento dos projetos, reclamam o tempo todo e colocam a culpa dos problemas nos outros. Todos concordam que esses comportamentos são irritantes, mas bater de frente não é a solução, já que isso acaba prejudicando a sua imagem na empresa e afeta o relacionamento na equipe.

Em geral, as pessoas difíceis não têm noção de que suas atitudes irritam os outros. Mas o seu comportamento pode deixar as pessoas com quem mantêm contato no limite da paciência. A situação chega ao ponto de abalar a todos, deixando-os frustrados, altamente estressados e confusos, o que afeta ao seu comprometimento, produtividade e os resultados da equipe como um todo.

Dicas de como lidar com pessoas difíceis no trabalho:

Por mais que pareça absurdo, o segredo para aprender a lidar com pessoas difíceis é tentar compreender por que elas têm essa postura. Atacar a origem do problema é agir de forma racional e evitar confiltos que prejudiquem o trabalho em equipe. Essa atitude também ajuda a manter os seus dias mais harmônicos e leves.

Os lideres devem ficar ainda mais atentos a colaboradores com esse perfil. Prontificar-se para entender por que o liderado está agindo daquela maneira e orientá-lo a mudar o comportamento é o que se espera de um bom gestor. Todos devem cooperar para a construção de um ambiente de trabalho adequado. Mas criar um confronto com aqueles que não estejam empenhados em ajudar pode provocar improdutividade, desperdício de tempo, clima ruim e desmotivação.

Vamos dar algumas dicas para você entender como lidar com pessoas difíceis:

Entenda os seus limites

Você não tem controle sobre os atos dos outros, mas pode escolher como se comportará nas mais diversas situações. Busque o autoconhecimento para entender os seus limites e saber como reagirá às atitudes das pessoas difíceis. Com esse plano de ação, você poderá encerrar o assunto quando elas fizerem algo que não aceita ou que tomem proporções incontroláveis. Mas seja afetuoso e não acuse a outra parte como errada. Utilize esse momento para mostrar seus valores e domínio próprio.

Não caia nas provocações

Saber como lidar com pessoas difíceis envolve respirar fundo para não cair nas provocações que elas causam frequentemente. Argumentar ou explicar seu ponto de vista pode não surtir efeitos positivos. Muito pelo contrário: seus comentários podem causar contra-argumentações que certamente terminarão em situações desagradáveis. Nesses momentos, atente-se à forma como está conduzindo o diálogo e evite discutir.

Seja compreensivo

Os nossos comportamentos são baseados em nossas vivências. Entender isso é regra fundamental para aprender como lidar com pessoas difíceis. Isso não significa compactuar com a situação, mas somente não a piorar. Se a convivência tiver chegado no limite ou se o comportamento desse colega estiver afetando a entrega dos projetos, chame-o para conversar. Ajudá-las a enxergar que essa postura tem afetado negativamente o trabalho em equipe é uma ótima atitude.

Ao invés de julgarmos apenas o comportamento dos outros, também precisamos olhar para as nossas atitudes. Será que você não é uma pessoa difícil de se conviver? A autoavaliação ajuda a não cometer com os outros aquilo que não gosta que façam com você.

E ai? Gostaram? Lembrando que temos mais artigos sobre Coaching e comportamento aqui, aqui , aqui e aqui. Divirtam-se e desenvolvam-se sempre!!

Beijos!

Bel Ramalho – Comunicóloga / Coach Executivo e de Vida.

Share Button