Arquivo de etiquetas: Cosméticos

5 erros que detonam a pele no frio

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Aqui tudo jóia, aproveitando a queda da temperatura que eu particularmente adoro!

Só tem um probleminha… Quando o frio chega, a pele dá piti. Como ela produz menos oleosidade natural, fica ressecada, avermelhada, repuxando. Uma sensação bem chata.

A dermatologista Dra. Thais Pepe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, nos fala sobre alguns erros básicos que precisamos evitar:

1. Não passar protetor solar — Não tem jeito, o fotoprotetor é de uso diário e eterno: “A radiação ultravioleta, também no inverno, provoca danos que comprometem a estrutura de sustentação da pele, causando o aparecimento precoce de rugas e flacidez, além das manchas. Reaplique o fotoprotetor de quatro em quatro horas em ambientes fechados e de duas em duas horas em fotoexposição direta.”.

2. Esquecer dos hidratantes e cremes reparadores — O ideal é buscar produtos cujos veículos sejam à base de Fosfolipídeos que formam uma segunda pele e protegem a pele de forma mais efetiva diminuindo a perda de água por evaporação. Com relação aos cremes reparadores, a médica diz que eles podem ser usados à noite para evitar os danos ambientais como a poluição.

3. Esquecer dos pés, mãos e corpo — Hidratar essas regiões é fundamental. “Após passar um creme específico, coloque uma meia de algodão. Isso ajuda a pele a absorver o produto. Nas mãos, invista nos ácidos hialurônicos. No corpo, a reposição lipídica deve ser eficiente para restabelecendo a hidratação da pele”.

4. Abusar dos retinóides — Para tratamento de acne, manchas e rejuvenescimento facial, os retinóides são excelentes — e geralmente são prescritos no inverno. “Mas eles devem ser usados com parcimônia e orientados por dermatologistas. Seu uso contínuo pode causar hipersensibilidade cutânea, vermelhidão e irritabilidade”, alerta a especialista.

5. Tomar banhos muito quentes — Ficar mais de 15 minutos em uma ducha quente é ruim para a camada hidrolipídica da pele, que segura a hidratação. “Dessa forma, a pele perde água e lipídeos, o que compromete sua função de barreira. O ideal é banho morno e logo após o banho hidratar a pele”, finaliza.

Fique de olho nos cuidados agora no frio para manter sua pele saudável. ♥

Bjks,

Giane Carvalho

Fonte: Dra Thais Pepe: Dermatologista especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, membro da Sociedade de Cirurgia Dermatológica e da Academia Americana de Dermatologia. Diretora técnica da clínica Thais Pepe, tem publicações em revistas científicas e livros, além de ser palestrante nos principais Congressos de Dermatologia.

Share Button

Capriche no olhar

Share Button

Olá Bauzete amigue, tudo bem?

Há quem diga que “os olhos são a janela da alma”. Junto com um sorriso bonito e uma pele bem cuidada, o olhar marcante ajuda a transmitir simpatia, segurança e credibilidade.

A maquiagem está aí para nos ajudar a ter um olhar mais impactante. Confira das dicas do maquiador e consultor da Netfarma Victor Rocha:

Sombra – O esfumado da Sombra faz parte da composição de um olhar atraente e que chama atenção. A técnica é permitida tanto para a make diurna quanto noturna. A diferença deve estar nos tons escolhidos para aplicar sobre a pálpebra. “Para o trabalho ou até um evento durante o dia, deve-se optar por tons claros acima do côncavo, cores peroladas na pálpebra móvel e um sombreado com o tom médio da mesma cor escolhida para o côncavo abaixo dos cílios inferiores”, aconselha o maquiador. Já para os eventos noturnos, é preferível usar tons escuros e o dourado, respectivamente, na mesma ordem – côncavo e pálpebra móvel.

Delineador – Um traço leve e fino com uma sombra em um tom acima do escolhido para o côncavo, finalizado no canto externo dos olhos, vai bem para os compromissos formais do dia a dia. “Essa estratégia oferece um acabamento leve e deixa a maquiagem bem natural”, explica o consultor da Netfarma. Já para os programas à noite, recomenda-se continuar o delineado com uma linha grossa em tom escuro, preferencialmente preto, partindo da extremidade dos olhos e acompanhando o desenho da sobrancelha.

Lápis de olho – Para usar esse item a favor de um olhar acentuado, não há muito segredo. Se os olhos são grandes, o lápis deve ser aplicado na parte interna, se são pequenos, ao redor dos olhos, para dar a impressão de que eles estão maiores. Outro truque é apostar no lápis branco na parte inferior e interna dos olhos. “Essa estratégia ilumina o olhar”, garante Victor Rocha.

Máscara para cílios – Deixar os cílios bem definidos também é primordial para uma make dos olhos impactante. Por isso, além de escolher uma máscara de boa qualidade e de longa duração, é necessário ter paciência na aplicação do produto para que se obtenha efeito esperado. É preciso esperar uns minutinhos entre cada camada para repetir o processo. “Para os eventos do dia a dia, deve-se aplicar até umas 3 camadas, já para curtir a noite, vale passar quantas forem necessárias, mas cuidado para não exagerar”.

Fácil, né? Capricha e arrasa!

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Cuidado com as microesferas plásticas nos esfoliantes

Share Button

Olá Bauzete amigue, tudo bem?

Se você gosta de cuidar da pele e do cabelo, já deve ter comprado em algum momento da vida, um esfoliante para retirar as células mortas e fazer uma limpeza melhor.

Fonte: CBS News

Aqui mesmo no Baú já postei resenha de vários porque eu adoro.

Até que um dia divulguei no insta do Blog um micro-esfoliante que eu estava usando no rosto e uma amiga comentou que esse tipo de produto era prejudicial à natureza. Levei um susto porque nunca tinha lido nada sobre e fui pesquisar.

Acontece o seguinte: A “areiazinha” ou as “bolinhas” da maioria dos esfoliantes industrializados contém um tal de Polietileno (Polyethylene ou Polypropylene) que na verdade é um microplástico. Quando usamos os produtos, esse microplástico cai na rede de esgoto, não consegue ser filtrado nas estações de tratamento, vai para as águas dos mares e rios e é consumido pelas espécies que ali habitam. Os peixes podem morrer por causa disso ou se capturados para serem servidos, levam esse plástico para a mesa e quem come é você.

As esferas de Polietileno estão presentes também em algumas pastas de dentes.

Fonte: http://www.healthyandnaturalworld.com

Podemos fazer a nossa parte evitando produtos que contenham Polyethylene ou Polypropylene. É só ler a composição no rótulo da embalagem.

Fonte: https://www.flickr.com/photos/mpcaphotos/15807946004

Para substitui-los, dê preferência aos produtos que tenham ingredientes orgânicos na composição como sementes de Apricot, argila e farelo de arroz.

Em casa, dá p/ fazer com açúcar, arroz triturado, café e fubá, misturados com mel e óleo de coco ou oliva. Mas tome cuidado com receitas caseiras porque elas não são 100% seguras. O açúcar, por exemplo, é formado por grânulos irregulares que podem ferir ou irritar a pele em vez de beneficiá-la. Use de vez em quando e sempre observe com atenção o resultado.

Vale lembrar também que esfoliar demais faz mal, pode causar um efeito rebote. A pele sente que está faltando algo e repõe em dobro.

Vamos nos cuidar com amor e estender esse cuidado à natureza. ♥

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Cuidados diários com os cílios

Share Button

Olá amigue bauzete, tudo bem?

Um dos nossos posts mais acessados é o sobre a micropigmentação de sobrancelhas. Muitas pessoas estão interessadas em tornar a área dos olhos mais expressiva, eu inclusive rsrs

Mas vamos pensar o seguinte: Só um bom design de sobrancelhas resolve? E se os cílios estiverem com problemas, coitados? Tem que ser o conjunto, não é mesmo?

Assim como os cabelos, a sobrancelha e qualquer área do corpo, os cílios requerem cuidados.

Quando os cílios começam a ter caspa ou a cair demais, devemos nos preocupar. “A forma com que cuidamos dos nossos cílios influencia na sua qualidade, tamanho e espessura”, afirma a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Cílios com caspa —  “Pessoas com pele oleosa e olhos muito secos, por causa da baixa umidade do ar na época do frio, apresentam coceira, vermelhidão e formação de pequenas crostinhas ou descamação, uma alteração comum que piora com água quente e exposição ao vento”, explica a dermatologista. E completa: “Além disso, existe o uso excessivo de cosméticos como cremes com substâncias irritativas ou conservantes e maquiagens que por vezes são o meio de contaminação e propagação bacteriana ou fúngica”.

Para evitar esse quadro, o hábito diário de higiene das pálpebras é um dos principais cuidados que devem ser tomados. “Usar loções de limpeza dermatologicamente e oftalmologicamente testados ou sabonetes líquidos infantis e aplicar cremes de hidratação em base aquosa diariamente”, ensina. E caso já venha apresentando esse quadro, a médica orienta a procura pelo dermatologista.

Esse quadro pode também ser caracterizado por uma patologia chamada Blefarite (inflamação das glândulas na borda anterior das pálpebras), que provoca descamação na pele junto à região de união ciliar, podendo ser de origem seborreica, bacteriana ou alérgica. “Deve ser tratada no início para que não haja evolução do quadro, podendo atingir a porção interna da pálpebra e acometer o globo ocular e a córnea”, afirma.

Cílios caindo demais — Outro problema pode ser a queda de cílios. Mas não se desespere: isso faz parte do processo de renovação das hastes dos fios ciliares e ocorre naturalmente a cada quatro meses, segundo a dermatologista.  “Porém, quando há um quadro de queda importante (falhas ou a falta de cílios), o qual chamamos de madarose ou alopecia ciliar, há uma indicação de possíveis problemas orgânicos como: blefarites, alergia a maquiagens, carência nutricional e outras doenças como as autoimunes.”

Mas segundo a dermatologista, a maior causa de queda ciliar ocorre pelo abuso de maquiagem como rímel a prova d’água, uso excessivo de delineador ou marcas com pigmentos sintéticos e conservantes que provocam sensibilidade e alergia local. “Além disso, as maquiagens têm validade de uso, sendo que as máscaras, após abertas, não duram mais do que seis meses e devem ser removidas diariamente sem que fiquem em contato com a região durante a noite toda”, completa.

Dra. Claudia afirma ainda que os cílios podem cair por motivos nutricionais, por carência ou excesso de substâncias. “Deficiência do complexo B, Vitamina E, Zinco, Selênio, falta de Vitamina D, Ferro, Ácido Fólico e proteínas, além da Biotina e da Piridoxina. Já o excesso de vitamina A também pode causar queda assim como a falta de cílios.”

Máscara ciliar: remoção — A Dra. Cláudia Marçal também explica que as máscaras ciliares devem ser passadas e retiradas corretamente. “Ao aplicar e/ou remover não deve haver tração exagerada ou o hábito de esfregar com movimentos de vai e vem. A retirada deve ser feita por loções sem álcool ou água demaquilante micelar e algodão macio em movimentos circulares e repetido por duas a três vezes delicadamente, quando a maquiagem ciliar (Rímel e Delineador) não é a prova d’Água”.

Hidratação tópica e nutricional — Outra preocupação é com relação à hidratação. “Para a saúde dos cílios, é essencial hidratá-los e nutrí-los, não permitindo assim que as hastes mais finas e secas sofram fraturas ou fiquem mais finas com tendência à queda ou rarefação. Portanto, quando utilizar o creme da área dos olhos, sempre específico para a região, aplique o produto indicado rente aos cílios ou ainda utilize com cotonete duas a três vezes por semana um óleo como o de ricino derivado da mamona ou um creme a base de pró-vitamina B5”, orienta.

Curvex — O uso do Curvex requer delicadeza e calma para manuseá-lo. “A manutenção deve ser observada, como sua higiene e a famosa ‘borrachinha’, que deve ser trocada semestralmente — e de preferencia ser de silicone.

É essencial que os fios estejam secos e limpos e o Curvex deve ser aplicado antes da máscara ciliar para que não haja quebra dos fios. “A maioria das máscaras, quando aplicada em várias camadas, deixa os fios ciliares mais duros e pouco flexíveis, o que pode provocar um trauma físico irreparável que leva a quebra no local da pressão.” Segundo a dermatologista, o curvex térmico também demanda esses cuidados, de forma redobrada, para que o tempo de exposição não seja demasiado e não se queime a pele da pálpebra. “A sua indicação é recomendada para quem possui cílios curtos ou cílios longos muito retificados.”

Produtos para crescer cílios e produtos para tingí-los — A dermatologista afirma que os produtos são seguros desde que sejam aprovados pela ANVISA. “Podem ser fórmulas manipuladas por um dermatologista ou comprado na farmácia. Esses produtos prolongam a fase de crescimento dos fios já existentes deixando-os também mais espessos e pigmentados.” Mesmo com os cuidados de aplicação, deve ser contraindicado para pacientes com olhos claros por ter uma tendência natural ao escurecimento da íris. “Aconselhamos que seja prescrito sempre pelo médico e realizado acompanhamento, pois há sempre a possibilidade de reação alérgica.” Normalmente nota-se a diferença após dois meses de uso diário, sem interrupção.

Sobre tingir os cílios, a médica pondera que é seguro desde que se utilize produtos de marcas conhecidas e de qualidade e específicas para cílios. “O procedimento deve ser realizado por um designer de sobrancelhas ou visagista ou fisioterapeuta dermatofuncional que tenha experiência na aplicação do ativo. Jamais faça esse procedimento em casa em sistema de autoaplicação, pois pode causar alergia.” Após a aplicação, é necessário o uso de pomadas dermatologicamente e oftalmologicamente testadas, ricas em vitaminas B5 e E, glicerina e óleos naturais como o de oliva, amêndoas ou coco, para que não haja ressecamento.

Bjks,

Giane Carvalho

Fonte: Dra. Claudia Marçal
Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.

Share Button

Melhores de 2016 para Low e No Poo

Share Button

Olá Bauzete amigue que curte as técnicas de low e no poo, tudo bem?

Desde 2015 postamos aqui o resultado de uma pesquisa realizada pelo grupo No / Low Poo do Facebook para escolher os melhores produtos do ano. (confira os melhores de 2014 e de 2015 aqui.)

E agora vamos apresentar para você os favoritos de 2016! ♥

Xampus são usados na técnica LOW POO. Os liberados possuem sulfatos leves, que tendem a ressecar menos os fios e promover uma limpeza suave.
Quem faz NO POO utiliza do CO WASH para higienizar os fios, preferencialmente.

*Os cremes de pentear Crespo divino e Crespíssimo poderoso são LOW POO.
*O creme de pentear Cachos dos Sonhos e os da marca Monange são NO POO.

A maioria dos géis disponível no mercado é NO POO. Mas sempre confira a composição.
Atenção ao comprar o Relaxante Natural da Capicilin, pois há uma versão em embalagem parecida na cor roxa que é proibido.

Os ÓLEOS VEGETAIS têm várias funções e benefícios. Podem ser usados como reparadores de pontas, em batismos caseiros e umectação. *Todo óleo vegetal puro e 100% natural é liberado para ambas as técnicas.
O óleo de rícino listado na foto foi escolhido aleatoriamente. Existem outras marcas no mercado que também são puras. Ele é conhecido como laxante, vendido em farmácias. Dê preferência para os que não tenham sabor nem cheiro artificial.

Os produtos Pinga da Lola e Finalizador Cachos Perfeitos da Bio Extratus tem a informação na embalagem de proteção solar.
O Yamasterol possui esta informação no verso da embalagem, onde indica seu uso “nos banhos de mar ou piscina”.

Termoprotetores são produtos que devem ser usados antes de escova/prancha para proteger os fios da ação do calor excessivo.
O uso de escova/prancha em excesso e por longo período podem danificar os fios, mesmo usando produtos termoprotetores.

1º lugar: Óleo de argan e Pracaxi, Lola – NO E LOW POO
2º lugar: Renova Cachos, salon line – LOW POO
3º lugar: Spray Queravit, bio extratus – LOW POO

Tônicos são usados preferencialmente na raiz e couro cabeludo. “Cada tônico capilar tem a sua função específica e você deve procurar aquele adequado para seu caso. Entre as muitas finalidades, tem aqueles que tratam caspa e seborreia; aqueles que ajudam a estimular o crescimento, a fortalecer os fios, a nutrir os cabelos e a prevenir a proliferação de fungos. Também podem ajudar na queda de cabelo (dependendo da causa).”

HIDRATAÇÃO é o processo de hidratar os cabelos, repor água e umidade, conferindo maciez, maleabilidade e suavidade aos fios.

RECONSTRUÇÃO é feita para repor massa e queratina aos fios. Tem como função fortalecer e devolver massa, queratina e aminácidos aos cabelos danificados, quebradiços e ressecados, após processos químicos ou não.

As máscaras Argan Oil e Dream Cream, ambas da Lola, são NO POO.
A RMC da Amend, 3º colocado, é apenas LOW POO.

NUTRIÇÃO é o tratamento para repor lipídios , ou seja, gordura e oleosidade natural dos fios. A N confere brilho e vitalidade, sela os fios ajudando a manter os tratamentos, combate pontas duplas e ressecadas.


Tinturas:

29asting Loreal: NO POO (o creme que vem dentro é LOW POO)
Color Touch Wella: não contém petrolatos. Contém sulfato.
Maxton Embeleze: LOW POO. (Maxton versão free é NO POO)

Siga as instruções do fabricante ao aplicar tinturas e tonalizantes em casa. Faça o teste do toque. Recomendamos também fazer um tratamento fortalecedor dias antes da tintura e após o procedimento.

Agradecemos às moderadoras do grupo No / Low poo pela pesquisa.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Dossiê das olheiras: como se formam, tratamentos e máscaras caseiras

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Vamos falar sério, se tem uma coisa que incomoda é olheira, né? Claro que nem todo mundo liga p/ isso mas p/ quem liga, é desgastante tentar disfarçá-la. =(

“Muitas vezes já é perceptível na infância como as de caráter genético; essas são presentes em algumas etnias como árabes, turcos, povos andinos e indianos, pois estas pessoas têm maior depósito natural de pigmento nesta região”, explica a dermatologista Dra. Claudia Marçal, da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. “Já as olheiras mais violáceas ou mesmo as mistas com tons acastanhados e arroxeados podem surgir por noites mal dormidas, por excesso de bebida alcoólica, tabagismo, na TPM, por abuso da exposição solar, medicamentos fotossensibilizantes e até por processos inflamatórios como rinite e sinusite crônica”, diferencia a médica.

Segundo a dermatologista, nos casos não-genéticos, ocorre um processo inflamatório local que produz derrame de pigmento de melanina e hemossiderina que se depositam na pele e a escurece de forma heterogênea, num processo progressivo e crônico trazendo um ar de cansaço. “Com relação às olheiras genéticas ou hereditárias, elas precisam de controle a vida toda, pois este depósito aumentado de pigmento na região ocular não desaparecerá espontaneamente”.

Outra forma de surgimento da pigmentação, de acordo com a médica, é o envelhecimento da pele da região que se torna cada dia mais fina, por vezes com perda de colágeno e sustentação tecidual, que leva ao encovamento da área orbital, deixando a pele mais sombreada e aderida às estruturas profundas com a visualização dos vasos e capilares. “As olheiras também pioram com a alimentação rica em açúcar e sal pois, assim como o álcool, torna a pálpebra mais inchada e o pigmento depositado mais evidente.”

Tratamentos — O tratamento pode e deve ser realizado, de acordo com a especialista, com o uso de hidratantes específicos para a área dos olhos diariamente.

Além disto, destaca a médica, é importante conscientizar o paciente que as olheiras não trazem alteração patológica à pele e que é preciso adquirir bons hábitos de vida e alimentação saudável na manutenção e prevenção desta hiperpigmentação indesejada.

Alternativa rápida — Quando se deseja um resultado rápido e momentâneo, a médica diz que a melhor opção é aplicar compressas de chá de camomila gelado por dez minutos e cabeceira elevada. “Isso promove vasoconstrição, diminuição do inchaço e ação anti-inflamatória pelo camazuleno e alfa bisabolol presentes na camomila.”

Soluções caseiras — As máscaras também podem ajudar a amenizar o problema, com bons resultados com uso prolongado, trazendo mais firmeza, viço e despigmentação à área.

Confira as receitas:

  • Máscara de batata, mel e azeite de oliva – como fonte de vitamina A, betacaroteno e antioxidantes, a batata é uma fonte de alimentação para as necessidades da pele. O azeite de oliva é muito conhecido para os cabelos, mas também pode ajudar a melhorar as olheiras, as rugas finas, hidratação e retirada de impurezas. Ingredientes: 1 batata media, 1 colher de mel, Azeite extra virgem. Como fazer: Descasque a batata e rale. Misture com o mel e acrescente o azeite até que tenha a consistência de uma pasta. Aplique abaixo dos olhos e deixe agir por meia hora. Em seguida, lave com água morna. Ela pode ser aplicada duas vezes por semana, para clarear, desinchar, alimentar e hidratar a região.
  • Pepino – Esta é a mais popular das máscaras para a região dos olhos e um efeito calmante imediato. A temperatura fria pode contrair os vasos sangüíneos, de modo que o inchaço é temporariamente reduzido, mas sem efeito direto nas áreas escuras.
  • Abacate e óleo de amêndoa – Muito fácil de fazer, esta máscara é excelente para o rejuvenescimento da região e melhora da área escura. O óleo de amêndoa é um hidratante natural e também ajuda na redução de linhas de expressão e inchaço se aplicado regularmente. Ingredientes: 1 colher de abacate amassado, 4-5 gotas de óleo de amêndoa e algodão. Misture muito bem o abacate com o óleo e mergulhe o algodão na mistura e aplique na região dos olhos e deixe agir por 15 a 20 minutos. Então lave bem a área e seque suavemente. Esta máscara pode ser aplicada duas vezes ao dia para tratar a área escura, bem como o inchaço.

Sugestões de produtos — “Hoje em dia, encontramos muitos cremes com aplicadores acoplados na ponta na forma de esferas e como pequenas espátulas siliconadas que massageiam a região hidratando e depositando muitas vezes cor e difusores óticos para iluminar, bem como patches que concentram os ativos na região necessária. A aplicação de cremes com filtro solar na área é muito importante para evitar o escurecimento ou a repigmentação por sol, calor ou luz visível”, explica.

Fonte: Dra. Claudia Marçal – Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Cuidados de beleza para quem vai viajar

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje temos um post para quem gosta de viajar e não abre mão dos cuidados com a pele.

Viajar bastante, especialmente a passeio, é uma delicia, mas a pele acaba sofrendo por conta de variações de temperatura.

A dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da American Academy of Dermatology (AAD), dá dicas de como proteger a pele na praia e na piscina ou em viagens de carro, navio ou avião.

A primeira delas (e a mais importante), que serve para todas as situações, é a proteção solar. Sem ela, não há pele que resista às altas e baixas temperaturas, ar seco e muito sol.

  • Viagens de avião: Muitas pessoas não sabem, mas é essencial hidratar a pele para as viagens de avião. Antes de decolar, o recomendável é aplicar uma boa camada de hidratante no rosto e nas mãos, além de creme para a região dos olhos, para evitar o ressecamento. “Quanto a viagens longas (mais de 6 horas), borrife água termal no rosto, por várias vezes, isso ajuda a manter a pele hidratada contra o ar seco dentro da aeronave. Não se esqueça de retirar a maquiagem durante o voo, antes de dormir e procure descansar o máximo possível, para evitar a aparência do jet lag, tão comum em percursos longos. Quando estiver a uma hora do seu destino, higienize novamente a pele, hidrate e aí sim os BB creams e maquiagens são bem-vindos. E é importante lembrar de beber muita água. O ideal é tomar uma garrafinha por hora no avião”, recomenda Dra. Claudia. Os lábios também precisam de proteção, é importante utilizar protetor labial”, afirma a dermatologista. Para não chegar ao seu destino com bolsas nos olhos, evite ingerir alimentos salgados e os gordurosos também. Mas, caso eles inchem, aplique um creme específico para a área com ingredientes contra a inflamação.
  • Viagens de navio:  A pele precisa de cuidados redobrados durante as viagens de navio. “No caso de maquiagem, o ideal é optar por base que contenha proteção solar. O protetor solar precisa ser de alta cobertura, com FPS acima de 60, além de cor para maior proteção contra a luz visível”, destaca a dermatologista. Para usar maquiagem durante o dia, é preciso preparar a pele, com o uso de sabonete ou gel de limpeza, hidratante e por fim o filtro solar. À noite, antes de dormir, a maquiagem e resíduos devem ser removidos.

  • Viagens de carro: Quanto ao ar-condicionado, de modo geral, tanto no carro ou ambientes, em função da redução da umidade do ar, a pele e os cabelos ficam mais ressecados e expostos ao envelhecimento. “É importante utilizar produtos antioxidantes, com ativos que agem profundamente na pele e neutralizam os radicais livres, como o OTZ 10 e Vitaminas C e E”, afirma a médica. Na hora de se alimentar, prefira lanches leves e frutas, evite muito café, mas exagere na água.

  • Banhos de piscina: Segundo a Dra. Claudia Marçal, antes de entrar na piscina, é necessário evitar o uso de esfoliantes e sabonetes abrasivos, o que pode tirar a proteção natural da pele. “Recomendamos a escolha também de antioxidantes orais como a Vitamina C, Vitamina E, licopeno e luteína que ajudam a fortalecer a função de barreira da pele e a proteger do sol, evitando as queimaduras – tudo isso não substitui o filtro solar de uso tópico. Após o banho, é recomendável limpar a pele, para remover as impurezas, utilizar tônico ou demaquilante”, afirma. A Dra. Claudia ainda destaca a importância de usar hidratantes pós-sol, com efeitos calmantes e cicatrizantes. É essencial também ingerir muita água, antes e durante o banho de piscina, o que mantém a hidratação do corpo. Não se esqueça de proteger os cabelos também com produtos que neutralizam os efeitos do sol e do cloro da piscina.

  • Exposição solar na praia: A exposição solar é importante para a produção de vitamina D, mas sem exagero. O ideal é se expor ao sol antes das 9h e após as 16h, sempre com filtro solar, mesmo na sombra. “O indicado é utilizar filtro com FPS a partir de 60 e reaplicar o produto a cada duas horas, inclusive um específico para os lábios. Pessoas com pele clara devem ter cuidado extra, em relação à proteção, mas quem tem pele mulata e afrodescendente também não pode deixar de usar o filtro solar”, afirma a médica. “Além disso, a pele pode sofrer com queimaduras, eritema [vermelhidão], coceiras, irritações e melanoses [manchas]. O excesso de calor pode favorecer a produção de sebo e, de certa forma, contribuir para o surgimento de acne”. Por esse motivo, a Dra. Claudia indica o uso do filtro solar especialmente sem óleo, para as peles oleosas.

  • Areia e banhos de mar: A água do mar e areia relaxam e revigoram o corpo, mas é importante prestar atenção à alguns detalhes. “Existe a possibilidade de contrair infecções, provocadas por fungos e bactérias presentes na areia. A pele pode sofrer com micoses, que se alimentam da queratina na epiderme”, afirma. A médica destaca que as virilhas e pés são as regiões mais afetadas, mas não são as únicas a serem atingidas. Por isso, priorize a higiene e não fque muito tempo com os trajes de banho molhados.

Fonte: Dra. Claudia Marçal, Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.

Share Button

Trinket da Sugarpill x Felizes Para Sempre da Bruna Tavares

Share Button

Olá Bauzete linda que gosta de batom, tudo bem?

Hoje temos um post colaborativo. Foi feito pela nossa amiga Fátima Lapinskas. Ela comparou um batom importado, o Trinket da Sugarpill com o Felizes Para Sempre da Bruna Tavares.

dupe batom pausa para feminices felizes para sempre bruna tavares

 

“Há algum tempo comprei o batom Trinket da Sugarpill. Ele é importado, preço razoável, mas tive o azar de ser taxada e acabou saindo caro.

Agora a Bruna Tavares, do blog Pausa Para Feminices, fez um dupe dele, o Felizes Para Sempre. Confesso que não gosto muito dos batons da Bruna, não por causa das cores, que são lindas, mas por causa da textura, acho eles muito secos e acaba não ficando uma sensação confortável nos lábios. (Nos meus lábios, pois conheço muitas meninas que adoram)
Daí quando eu vi que ela lançou um dupe, eu tive que comprar para fazer a comparação:

Embalagem: Trinket é muito mais bonito.

Batons Trinket Sugarpill Felizes Para Sempre Bruna Tavares

 

Aplicador: São diferentes, mas os dois são bons de aplicar.

Cheiro: O Felizes Para Sempre é muito mais cheiroso. O Trinket tem cheiro de laranja estragada. Juro! ☹️

Textura: Os dois tem textura muito parecidas, até arriscaria dizer que são iguais. É uma textura muito leve, que quase parece que não se está de batom. Gosto disso!

Cor: São diferentes, se aplicado no braço, mas nos lábios são muito parecidos!

Swatch Trinket Sugarpill Felizes Para Sempre Bruna Tavares

Trinket Sugarpill dupe Felizes Para Sempre Bruna Tavares 1
Brilho do batom: Os dois brilham, mas o Trinket tem um brilhinho mais bonito. Mas é algo que precisa ficar reparando muito. No geral são bem similares.

Comparação Trinket Sugarpill Felizes Para Sempre Bruna Tavares

Considerações finais: Fiquei impressionada com a semelhança. Pensei que seriam diferentes e não são! A Bruna e equipe, estão de Parabéns! ”

Obrigada pela colaboração, Fátima! ♥

Bjks,

Equipe Blog Baú Hype

 

Share Button

Pele saudável durante as festas de final de ano

Share Button

Oi Bauzete, tudo bem?

Com a correria do final do ano, mil coisas na cabeça e com calor, é comum a gente se esquecer dos cuidados diários com a pele.

Fonte da foto: http://www.harpersbazaar.com/

Fonte da foto: http://www.harpersbazaar.com/

“Mas isso pode ser perigoso. No final do ano, alguns abusos na alimentação e fotoexposição podem causar danos na pele, principalmente comprometendo as fibras de colágeno e elastina — e isso pode resultar em rugas e flacidez precoce, além das manchas”, explica a farmacêutica Mika Yamaguchi, diretora científica da Biotec Dermocosméticos.

Para evitar os danos, a especialista explica passo a passo do que fugir (e o que fazer):

Excessos na alimentação – Doces e carboidratos são grandes vilões dessa época porque se transformam em açúcar no corpo. “O açúcar em excesso liga-se às nossas proteínas, principalmente o colágeno; quando essa ligação ocorre, ela modifica a estrutura do colágeno que perde a sua configuração inicial. Este processo se chama glicação, que causa rugas e amarelamento”, explica a farmacêutica. Dessa forma, a alimentação deve ser saudável e sem exageros calóricos.

Bebidas – A cerveja e bebidas alcóolicas no geral deixam a pele ressecada e sem brilho. “Para metabolizar o álcool ingerido (bebidas alcoólicas) o organismo buscará água e se não houver água suficiente, o organismo busca nos tecidos periféricos, quer dizer, nos órgãos vitais, a água para realizar o seu trabalho. E é aí que mora o perigo, pois esse “roubo” de água certamente vai deixar a pele menos hidratada e propensa ao ressecamento e a descamação”, explica Mika.

Rugas na pele podem ocorrer após um longo período de abuso de álcool, porque a água no corpo e na pele é continuamente evaporada. O ideal é consumir muita água, água de coco, isotônicos ou sucos naturais .

Sol – O horário (de verão) para um bronzeamento saudável é até às 10h e depois das 16h. Fora destes horários, é imprescindível proteger-se, aplicando a cada duas horas uma camada adequada de protetor solar e hidratar-se com muita água.

Rotina de cuidados – Principalmente para quem vai viajar, a rotina de cuidados com a pele não pode ser esquecida: limpeza, tonificação, hidratação e fotoproteção são regras. “Produtos multifuncionais podem ajudar. Além de hidratar, eles uniformizam o tom da pele, combatem o envelhecimento e contam com alguma outra característica dependendo da idade e do público para qual está sendo direcionado.”

Mais cuidados que ajudam

Mika Yamaguchi ressalta que uma boa noite de sono é de fundamental importância. “O ideal é que se tenha, pelo menos, seis horas seguidas de bom sono, diariamente. Mantenha o seu quarto fresco, escuro e confortável”, explica.

Se for à praia, é importante tomar cuidado com fungos e bactérias, portanto os cuidados com a higiene devem ser redobrados.

FONTE:
· MIKA YAMAGUCHI
Farmacêutica pela faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP – Universidade de São Paulo, é também cosmetóloga e diretora científica da Biotec Dermocosméticos, empresa fornecedora matérias primas para cosméticos.

Bjks,

Equipe Blog Baú Hype

Share Button

Acne sob controle

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje vamos dar algumas dicas de cuidados com a pele oleosa ou que tem propensão ao surgimento de espinhas.

acne espinhas como curar tratar melhor tratamento cuidados

De modo geral, alguns cuidados devem ser seguidos à risca: limpar, tonificar, secar a espinha e proteger a pele. Segundo o dermatologista Dr. Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, “devemos tomar cuidado com substâncias que secam a pele em demasia, pois pode causar efeito rebote: a oleosidade e a acne acabam voltando pior”.

Para cuidar da pele com acne, é importante seguir os seguintes passos:

Limpeza: “Podemos lavar a pele com sabonetes que contenham ácidos, como o glícólico ou salicílico, que ajudam a esfoliá-la, retirando principalmente o excesso de oleosidade”, explica o Dr Jardis. Extratos vegetais como o de calêndula também podem ser usados.

Tonificação: “Logo após o sabonete, usar um tônico adstringente com ativos secativos e bactericidas e que contenham álcool em pequena dose. O tônico regula o pH, promove limpeza profunda dos poros e ajuda na penetração de ativos”. Extratos botânicos também podem ser utilizados.

Hidratação: “É fundamental para evitar o efeito rebote”. Substâncias como Hyaxel, um ácido hialurônico de baixo peso molecular, podem ser usadas.

Secativos: “Para ser eficiente em espinhas inflamadas, o secativo deve agir rápido e ter baixo grau de irritação”. Ativos como enxofre, melaleuca e ácido salicílico podem estar na formulação.

Fotoproteção: “Fotoprotetores específicos para peles oleosas e acneicas podem conter ativos controladores da oleosidade e devem ter toque seco.”

Tecnologias: “O uso de laser e LEDs podem ser adjuvantes no tratamento, melhorando as lesões inflamatórias e auxiliando na cicatrização”, diz o médico.

Bjks e bons cuidados com a sua pele!

Equipe Blog Baú Hype

Share Button