Arquivo de etiquetas: como usar

Dicas para aproveitar a Black Friday

Share Button

Olá Bauzete, tudo jóia?

Nesta sexta- feira, dia 25 de Novembro, acontecerá a 6ª edição da Black Friday no Brasil. O evento é inspirado nos Estados Unidos e trata-se de uma mega promoção de diversos itens online e nas lojas físicas que acontecem em um único dia do ano: a última sexta-feira do mês de Novembro. Muitos brasileiros aproveitarão a data para adquirir os presentes de natal, alimentos e bebidas para as festas de fim de ano e comprar eletroeletrônicos que geralmente custam caro.

dicas comprar black friday brasil

Para facilitar a nossa vida nesse dia, Fernando Shine , um dos sócios da Yourviews e desenvolvedor da principal ferramenta de reviews (avaliações para e-commerces) do Brasil, compilou algumas dicas para que o consumidor aproveite as promoções.

1- Escreva o que quer comprar. O ato de escrever faz com que o cérebro solidifique as informações e que pensemos antes de agir. Logo, escreva os itens que pretende comprar na Black Friday. Depois os coloque em ordem de importância. Após este processo cheque as suas finanças e delimite um teto máximo para o gasto.

2- Após ordenar os itens em um papel, pesquise os melhores sites para compra. Analise a opinião de pessoas que já compraram os objetos ou serviços que você pretende adquirir.

3- Planilhe todas as festas que irá participar eou organizar em Dezembro. Nesta época do ano são várias festas de confraternizações: empresariais, entre amigos, familiares, e etc. Logo, coloque em uma planilha todas as festas que irá participar e as que terá amigo secreto. Cheque os valores estipulados e as sugestões de presentes dos seus amigos. Vale a pena aproveitar a Black Friday para comprar os seus presentes desde que respeite a sua conta corrente.

4- Pesquise em sites confiáveis os itens que estarão na promoção. Estes sites podem mostrar promoções que valem a pena. Um dos exemplos dessa dica são para os esportistas. Há vários sites que vão além da oferta de vestuário para a prática esportiva. Corridas mais baratas e até promoções como paga-se uma corrida e ganha outra! Vale a pena checar as promoções desde que você tenha o cuidado de alinhar desejo com necessidade.

5- Pense, pense e descanse. O momento da compra também deve ser algo prazeroso. E será melhor ainda se for feito com segurança do que se deseja e precisa realmente comprar na Black Friday.

Na sexta-feira, dia 25, pegue a sua lista de itens, os sites confiáveis, e compre o que precisa. Economize e seja feliz neste mês tão festeiro e esperado por tantas pessoas: Dezembro.

Bjks,

Equipe Blog Baú Hype

Share Button

Antitranspirantes e desodorantes: como escolher o melhor para sua pele

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje vamos falar sobre desodorantes e antitranspirantes, itens essenciais na nossa rotina de higiene. Sem eles, as bactérias presentes em nossas axilas se decompõem quando suamos e causam o famoso e indesejável cecê. Ninguém merece nem aguenta, né mesmo?

como escolher desodorante

De acordo com Dr. Daniel Dziabas, dermatologista consultor da Netfarma, o primeiro passo para evitar odores é manter a região limpa, depilada ou com pelos aparados, e prestar atenção no nível de transpiração. “Se você é uma pessoa que transpira pouco, e quer apenas diminuir ou eliminar o odor das axilas, um desodorante após o banho pode ser suficiente. Porém, se o caso é de muita transpiração, pode-se avaliar o uso de um desodorante antitranspirante, que antigamente era mais difícil de achar. Os antitranspirantes funcionam como inibidores da transpiração, diminuindo o suor e mantendo a área relativamente seca”, explica o especialista, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Pessoas com rotinas aceleradas, que trabalham ao ar livre ou que fazem exercícios físicos, podem escolher os antitranspirantes, que darão mais segurança e conforto ao longo do dia. E para os que se preocupam com o perfume, vale lembrar que a maioria dos antitranspirantes tem um leve perfume e possuem em sua fórmula ação bacteriostática, ou seja, que combate as bactérias que causam o mau cheiro. A exceção são as pessoas que possuam algum tipo de alergia a desodorantes e antitranspirantes comuns, e estas precisam se consultar com um dermatologista que poderá prescrever uma solução adequada.

Depois de optar pelo desodorante ou antitranspirante, é hora de pensar em qual formato de aplicação e textura o produto funcionará melhor para na pele: barra, spray, aerossol, roll on, creme ou cristal. Confira características gerais de cada um, lembrando que há diferenças de produto para produto e que vale ficar atento aos ingredientes:

Roll-on: De rápida absorção, o roll-on faz com que o produto dure de 8 a 12 horas. Quando aplicado na pele, forma uma espécie de filme protetor que reveste as axilas e vai sendo liberado aos poucos no corpo. O hidratante presente no produto pode ajudar a evitar o ressecamento da pele no local, mas em alguns casos pode causar a obstrução dos poros e inflamação. Vale ficar atento.

Creme: Por ser mais consistente e ter substâncias que hidratam e amacia a pele, o creme é ideal para pessoas com pele sensível e que costumam depilar as axilas com lâmina. Como o produto é aplicado com as mãos, elas devem estar sempre bem limpas ao manuseá-lo para evitar a contaminação e a proliferação de bactérias.

Barra (também chamado de bastão ou stick): Tem características semelhantes às do creme, com a diferença de que proporciona uma aplicação mais seca e suave. Também por ser em formato de bastão, e não é necessário usar as mãos para aplicá-lo.

Spray: Essa é uma das formas menos eficazes de desodorização. Eles se apresentam na forma líquida e quando são borrifados na pele, costumam escorrer, não se fixando de maneira segura – assim, a chance de o mau cheiro aparecer ao longo do dia é maior. É o tipo menos indicado para homens, já que os pelos das axilas dificultam ainda mais a fixação desse produto na pele. O uso pode causar ardência na pele, principalmente após a depilação.

Aerossol: O jato de aerossol é o que seca mais rápido, dentre todas as outras opções. Também tem forte fixação e dura bem ao longo do dia. Porém, além de poder causar irritação na pele, já que a formulação pode conter alumínio, pode também manchar as roupas.

Cristal: O desodorante em cristal agride menos a pele, já que a quantidade de alumínio é mais baixa. A aplicação é simples: basta molhar a ponta do cristal na água e passar nas axilas. O produto cria uma camada que promete protege a pele das bactérias que causam odores.

Arrase na escolha do seu desodor pq cheiro bom faz parte da projeção positiva da imagem pessoal e profissional. 😉

Bjks,

Equipe Blog Baú Hype

Share Button

Qual é o protetor solar ideal para sua pele?

Share Button

Olá Bauzete, td bem?

Hoje vamos dar dicas para vc escolher o produto certo para curtir o sol sem preocupações.

melhor protetor solar para cada tipo de pele

Se vc usar o filtro solar errado, pode ficar com vermelhidão, queimaduras, oleosidade e acne. Além disso, a exposição incorreta aos raios solares traz perigos à longo prazo, como o envelhecimento precoce e o melanoma, um tipo de câncer.

“Nem sempre escolher o produto adequado para cada tipo de pele é uma tarefa fácil. Devemos levar em consideração diversos fatores importantes, como tipo e cor da cútis, sensibilidade, presença de manchas e sardas e a quantidade de tempo que a pessoa fica exposta ao Sol. Como regra geral, um protetor solar com FPS30 e proteção aos raios UVA/UVB funciona bem para a maioria da população brasileira”, explica a dermatologista Flávia Ravelli.

Confira as dicas da Dra Flávia sobre os filtros solares mais adequados para diferentes tipos de pele e não deixe de consultar o seu dermatologista:

como escolher protetor solar

Oleosa e com acne: o ideal é usar produtos com textura em gel, gel-creme ou fluída, que tenham toque seco e ofereçam controle de oleosidade.

Normal e mista: produtos com textura sérum e gel-creme são as melhores opções para preservar sua hidratação natural da pele sem deixá-la oleosa.

Seca: texturas cremosas costumam funcionar bem. Outra opção nesse caso é utilizar um creme anti-idade ou um hidratante antes de aplicar o protetor solar.

Com manchas: para quem sofre com esse problema, escolher o protetor correto é essencial. O ideal é usar produtos que ofereçam cor de base e uniformizem o tom da pele. Além disso, é necessário oferecer proteção ampliada contra os raios UVA/UVB e a luz visível – aquela emitida pelo Sol, por lâmpadas e eletrônicos. Também é interessante dar preferência aos protetores solares que contam com ações clareadoras e vitamina C.

Homens: o público masculino costuma se adaptar bem aos protetores solares com textura sérum, já que espalha fácil e não deixa a pele esbranquiçada.

Arrasa no protetor e curta os dias de sol com segurança!

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Calça Branca: amor ou pavor?

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Vamos direto ao assunto: Calça branca, sim ou não?

Siiim! A peça é daquelas que exigem atenção para não ficar “over the rainbow” mas com cuidado dá sim p/ fazer uma produção diferente e cheia de estilo.

Trouxemos algumas dicas para você usar o seu denim branco com elegância.

Lingerie adequada – É bem constrangedor usar uma peça que deixe a lingerie praticamente a mostra e a calça branca faz isso. Usar lingerie da mesma cor da calça não é uma boa, vai aparecer. O ideal é usar lingerie nas cores chocolate ou nude, sem bordados ou estampa. Essas sim ficarão imperceptíveis. calça branca lingerie

Combinações claras – Looks sofisticados e discretos podem ser criados com a junção calça branca+combinações claras e delicadas, como os tons pastel, nude, cinza e caramelo.

calça branca como usar d39780f48ecab90fd0cc2eaf642fdf0c

6987227bf590baa71bf77c503508e1b6 d82ce3dca2d56cbad54120ae779c56c3

Estampa Floral – para os dias quentes, abusar do floral é uma boa. Escolha camisas floridas de tecidos fluidos e leves. Nos pé, saltos ou sapatilhas coloridas.

calça branca com blusa floral

Acessórios – são aliados para uma produção incrível. Cintos, colares, brincos e bolsas chamativos são ótimas apostas.

ebe7116342a0edbe9be52ea1ac81033f b3312ba948e83d90753e17ef7f7395f8 54d62e41dfd0e4ddce31b6e34a2020c7 9b94e4e06df22a4e0d7cfbae10f700e7

Com listras – Close certo. Pode juntar a calça branca com um top de listras que vai ficar bonito!

130820833abce6c446df0e304c19ee8f 48d4bef3a5530ae0b880976df52064d5 d9661fd4b5b3660c06438281795bc457

4590ed4a4c4e8da8a8674310a8e4a31f

Com top jeans –  Combinação clássica e amorzinho.

3fd969edaf5f165f523deb055a9362a1 ed68f21abbced530a721a6ae117dcdc0 dc131eac8bc8699a7f3690feae287b2b blusa-ombro-a-ombro 9054474784ebe6f766e70adeb7ab25a0 9775ca7b1e301cb7da754ea1a9bc4bf7 f550905729a57bcfa7f441865b7453f1

Espero que vc tenha gostado das inspirações, se anime p/ ter uma calça branca e usá-la além do Reveillon. 😉

Bjks,

Equipe Blog Baú Hype

Share Button

Cópia, Inspired e Pirataria

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Você já percebeu como aumentou o número de produtos piratas e falsificados? Aumentou também o interesse do consumidor por esse tipo de mercadoria por ela ser mais barata que a original.

Quando falamos sobre pirataria, a informação que temos ainda não é muito clara. As pessoas possuem essa dúvida na hora de adquirir um produto por se tratar de produtos parecidos.

Existe uma diferença entre produtos que se parecem muito e produtos que são copiados, essa diferença irá classificar se um produto tem ou não natureza ilícita. Quando adquirimos um produto, uma bolsa, por exemplo, estamos comprando não apenas a visibilidade que a marca da bolsa possui no mercado, mas também o registro da Marca, a sua regularização, o design da bolsa, o material diferenciado, funcionários, tudo. Por isso o produto possui um valor salgado, porque existe toda uma rede de profissionais e de burocracia para que o produto chegue à prateleira, o que não acontece com um produto pirata.

Fonte: http://gq.globo.com/Prazeres/Poder/noticia/2015/07/pirataria-causa-prejuizo-de-u-28-bilhoes-industria-fashion-na-europa.html

Fonte: http://gq.globo.com/Prazeres/Poder/noticia/2015/07/pirataria-causa-prejuizo-de-u-28-bilhoes-industria-fashion-na-europa.html

Quando um produto é pirata, ou seja, é reproduzido, vendido e distribuído sem autorização e pagamento dos direitos, ele não é fiscalizado. Os produtos ilícitos não possuem um controle de qualidade, o que pode trazer riscos a saúde. Também não geram empregos como muitos acreditam, e sim desemprego. A mão de obra usada para fabricação desses produtos são, em sua maioria, oriunda de trabalho infantil e/ou trabalho com jornadas altíssimas, o que desencadeia uma concorrência desleal. Como são ilícitos, não são amparados pelas nossas leis, e em caso de uma eventualidade com o produto não haverá o amparo do Código de Defesa do Consumidor. E como se não bastasse, pode trazer graves danos à economia do país.

Fonte: http://www.mulheresdivando.com.br/2015/05/maquiagem-falsificada-cai-fora-dessa-roubada.html

Fonte: http://www.mulheresdivando.com.br/2015/05/maquiagem-falsificada-cai-fora-dessa-roubada.html

O consumidor que adquiri a cópia de um produtos, não está só contribuindo com a pirataria, mas também está praticando um ato ilegal. Adquirir produto pirata configura ato ilícito, não viola os Direitos Autorais do produto, mas o comprador poderá responder por Receptação, que segundo o artigo 180 do Código Penal, prevê pena de reclusão de até quatro anos.

Mas existe a possibilidade do produto ser parecido e não ser copiado, ser de natureza lícita. Estamos falando dos famosos Inspired’s.

Os produtos que são chamados de Inspired usam as marcas famosas como fonte de inspiração, não são CTRL+C/CTRL+V da peça. É possível notar as semelhanças e as diferenças entre o modelo original e o inspirado, não só pelo material usado na fabricação, mas também pelas cartelas de cores, pelos pequenos detalhes, pela estrutura da peça, etc. Podemos fazer a diferenciação dos produtos usando como exemplo um sapato. A marca Valentino possui um scarpin que é um dos seus modelos mais falsificados, existe a versão pirata desse sapato que tenta se passar por original e a sua versão Inspired, que pode ser vista em modelos de marcas nacionais semelhante ao da marca Valentino. É parecido, mas não é uma cópia.

Valentino original

Valentino original

http://referenciafashion.com/2013/07/15/valentino-inspired/

http://referenciafashion.com/2013/07/15/valentino-inspired/

Por trás de um produto Inspired não há ilegalidade, pois não há cópia. Ela respeita todas as regras de qualidade, movimenta a economia do país, é fiscalizada e paga todos os tributos devidos. E ainda é bem mais barata que um produto “original”. É uma ótima opção pra quem não quer ou não pode gastar tanto com produtos tão caros, mas ainda sim quer abusar no estilo. Tudo isso sem recorrer à pirataria.

Fonte: https://theopeningnight.com.br/2014/11/01/dupe-do-batom-da-kylie-jenner-velvet-teddy-m-a-c-x-131-o-boticario/

Fonte: https://theopeningnight.com.br/2014/11/01/dupe-do-batom-da-kylie-jenner-velvet-teddy-m-a-c-x-131-o-boticario/

Às vezes queremos tanto ter um produto que optamos pela sua versão pirata, por ela ter um preço mais baixo, e esquecemos que por trás da falsificação existe uma rede de ilegalidade. O consumismo nos faz querer tanto um produto que por vezes não valorizamos o seu criador e nem respeitamos a nossas leis.

A ideia é ter um olhar mais cauteloso e atento aos produtos que vamos adquirir, não só para respeitar a marca como também para respeitar nosso suado dinheiro na hora de efetuar uma compra.

Existe sempre uma opção legal que não é aquela da pirataria.

Um abraço a até o próximo post,

Camila Melo
Assessoria e Consultoria Jurídica
melocamilac@gmail.com

Share Button

Que estilo é esse? Conheça o Minimalismo

Share Button

Olá Bauzetes!

Me descobri minimalista depois de quase 30 anos me vestindo e consumindo o estilo que hoje está entre os mais citados pelas fashionistas. Já conhece? Não? Então vem comigo 😉

Primeiro, o que é Minimalismo? É um conceito muito próximo do slow fashion/consumo consciente, quase um estilo de vida, o objetivo é otimizar o consumo, com poucas e boas peças que sejam atemporais, também gostamos de otimizar tempo, então nossas roupas precisam ser práticas e versáteis, geralmente nós minimalistas fugimos das tendências passageiras e complicadas.

As combinações mais presentes nos looks minimalistas são: Muito all black, cinza, muuuuito cinza, azul-marinho e marrom.

17df9225d7954a964ca16a1c07a183c3 8b64ba715b91a46c12581ae3438e52482fc46bf80401316e9c0bf2366843de17b6915f8eda7a45c1a673fee5a73e0281b19661ab6a50742777854d24a31ef4e479990e1d0b8499c1c461df9c94f2f038ebb61a7beeb560fa01a614b649acd475316b4479c54af0a5c3d6fefa986ff2a5novoc9e4aa05bd2b42d27f9178433feb38ad54a3bd7ba8f9a15d0337c6ad044b98ec

As estampas, quase sempre são listras ou escritas…

ab36dd89ec604c259045b35e6a5187873c06a79e57275c6ee8fd6da0adfa833dfad9ba0b863885a04e4f5729f4517ff5ootd

Os acessórios são pontuais, relógio, colar finíssimo ou pesadão, tênis branco, botas curtas e maxi bolsas, são suficientes.

027d6dc7be3dad74b9197404fe214886 811693ec004f269f9cd645be1161d6acteniscolar1670d56dd89c70e457874ca5ec0f28eea3ea1d9e9142c66087d3fa3bdb12920a

Qual a diferença entre Minimalismo, Básico e Normcore? Visualmente quase nada, apenas algumas exigências. O Minimalista faz questão de estilo, o Básico de ser discreto e o Normcore de estar confortável.

Abaixo, em ordem, looks de inverno Básico / Normcore / Minimalista.

58f339ca5d19ca35c0462e4557792ff2e094a313db95d31b729ea72317a2f6e9  8cbdb96b59abcf6fe4848195806050a5

Novamente: Básico / Normcore / Minimalista.

minimalistajeansf077665997702a0591a743a332379500ffaa80d001097804fd266a67c0262bfd

Na prática, a diferença entre eles pode estar na modelagem, oversize e cortes geométricos marcam presença.

 

1e2143c1c72b8ff37d2ddddb6f6182a7e9873e819104e2b391b67fc727ddd0ab minimcd0fe48bef14ace988097c34c655532d3d6d58a81e5fd65fb76627cf199a763b

Um cabelo estiloso, tatuagens bacanas, a make ou ausência dela, também conferem ares minimalistas a produção antes básica.

46a3ee6782d1d4f1f8a7e24fe846cf62 6c8e6dd4603dc76dd75b1b460fe38784 298a26ff198d8c892c74ed39bd9e620fcdd5e5aeef2e163aadee6f5593f05ec9f79484ab6bb45d649c3230051397b0de

Dá pra ser minimalista no escritório…

aca3c2b38d38242418b098079ab0c2d6ce6a52612c10a6fcaceb1bc887ac71efb1dee92364d182bea611b988abf864c891daae23d0d9c3755c129417294d998c

Na academia…

de6e89cdb19f56991d0ea98cc2e7196afit

E até num tapete vermelho…

red

Eu uso, eu gosto, eu incentivo!  Quero saber de vocês, deixem seus comentários, uma dica… Sei lá, um oi…

Beijo! Fica com Deus e se cuida Bauzete!

Bel Ramalho

Share Button

Como usar vestidos no inverno

Share Button

Olá Bauzete, tudo certinho?

Esse post foi sugestão da minha amiga e leitora Soraya Sato (@sorayasato), de São Paulo. Ela leu nosso post sobre vestidismo e me disse que está tentando fazer parte do movimento, mas que está encontrando dificuldades para usar saias e vestidos em dias frios.

É Soraya, calças em dias frios são perfeitas mas olha, dá p/ sair aquecida com vestido sim, viu? A solução é usá-lo com legging ou meia-calça e botas.

Contei com a ajuda de algumas amigas para ilustrar o post. Olha só como elas adaptam os vestidos aos dias frios:

A Fábia Santana mora no RJ e adora o mundo fashion. Ela usou o vestido com tênis e meia-calça da mesma cor, que ajuda a alongar a silhueta. Quem quiser conferir outros looks da Fábia e saber tudo sobre batom líquido (sério gente, ela testa todos e faz resenhas ótimas), segue lá no Insta @fabia_santana.

Fábia Santana

Fábia Santana

A jornalista Patricia Siqueira do blog Cupcake Encantado usou um vestido de listras com jaqueta e meia-calça (de novo ela). Como temos várias opções de meias, das mais finas e delicadas às mais grossas e quentinhas, dá p/ aproveitar os vestidos com a ideal para cada temperatura.

Patricia Siqueira do blog Cupcake Encantado

Patricia Siqueira do blog Cupcake Encantado

A Mari Tedesco é do Paraná e é uma das minhas amigas que reaproveita com estilo e elegância os vestidos de calor no inverno. Ela também usa com meia-calça, botas e capricha na segunda peça que pode ser um colete, um blazer, uma jaqueta, um casaco, um tricô, etc.

Mari Tedesco

Mari Tedesco

A nossa Bauzete e Coaching favorita Bel Ramalho foi assim em um dia mais fresquinho: vestido de manga comprida, tênis e uma pashmina lindona na bolsa que poderia ir p/ o pescoço caso esfriasse mais.

Bel Ramalho

Bel Ramalho

Esse é um look meio antiguinho meu mas que eu amo e uso mais ou menos assim até hoje. Jaqueta jeans (segunda ou terceira peça que quebra um galhão), lenço e saia ou vestido preto mais bota e meia-calça ou legging da mesma cor.

Look de frio com vestido e meia calçaOu seja, dá p/ ser adepta do vestidismo no frio? Dá sim! Manda ver nas botas e meias que fica ótimo e vc reaproveita as peças que só usaria em dias quentes.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

5 motivos para ser a favor do Vestidismo

Share Button

Olá Bauzete, tudo jóia?

Várias vezes já me perguntaram se eu só uso vestido. Praticamente sim.

Não me lembro como o vestidismo entrou na minha vida, só sei que um dia me dei conta que não tinha mais nenhuma calça jeans no armário. E não sinto falta. Eventualmente uso saias e uma ou outra legging. A única calça que tenho no momento é uma de brim azul bic, essa que usei no lançamento do Coletivo Blogs do VP, do qual o Baú faz parte.

Coletivo Blogs do VP

Coletivo Blogs do VP

Agora, em defesa do vestidismo, vou listar 5 vantagens que o movimento apresenta:

1 – É mais barato. O preço que você paga em uma camiseta, por exemplo, paga em um vestido e ele vale por duas peças.

 

Fotos antigas de um vestido que eu ainda tenho e amo

Foto antiga de um vestido que eu ainda tenho e amo

2 – É mais simples p/ combinar, vestir e passar, uma benção p/ quem tá na vida bandida, ops, corrida.

Até a Princesa Leia sabia disso ahaha

Até a Princesa Leia sabia disso ahaha

3 – É ecológico. Em vez de duas peças, você lava e passa só uma. Ou seja, economiza água e luz (mentira, nem sei se faz tanta diferença assim. Só acho que sim e quis escrever aqui p/ aumentar um item na lista).

Jéssica Queiroz, eu e Francine Rodrigues no coffee de 2 anos do Baú

Jéssica Queiroz, eu e Francine Rodrigues no coffee de 2 anos do Baú

4 – É a mais feminina das peças. Eu SEI que esse negócio de peça p/ homem e peça p/ mulher está em baixa, que cada um usa o que quiser e que as peças estão cada vez mais unissex. Acho lindo, ótimo, excelente! Mas ainda não existe vestido na ala masculina das lojas e por isso a peça é vista como feminina. P/ mim é um aspecto interessante porque gosto de me sentir feminina. Mais uma vez, respeito quem não se importe com isso, tá? Eu gosto mas quem não gosta, tudo bem. 😉 Seja feliz do seu jeito.

Vestido Hering e Melissa Barbie

Vestido Hering e Melissa Barbie

5 – É confortável. Há modelos justos, agarrados, curtos, de tecidos piniquentos que não oferecem conforto mas há outros que são larguinhos e vão super bem naqueles dias q a gente tá se sentindo chata e inchada, também conhecido como TPM.

look vestido jeans bota inverno

Alguém também é fã de vestidismo? Comenta aí e vamos ser amigas! =D

Bjks,

Giane Carvalho

*Todas as fotos são autorais e a reprodução sem autorização é proibida.

Share Button

Tô sem removedor de maquiagem! E agora?

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

O post de hoje traz umas dicas que são até que bem conhecidas mas né… podem ser úteis p/ quem ainda não tenha esbarrado com elas por aí. ^.^

A gente sabe que dormir de maquiagem é uó. Entope os poros, enfraquece os cílios, irrita os olhos, suja fronha, enfim, é uma desgraceira.

Apesar de todo cansaço, sono ou preguiça que vc possa estar sentindo naquele dia que caprichou na make, TIRE A BENDITA, pelamordedeus!

Fonte da foto: http://atrevida.uol.com.br/beleza/make-it/como-tirar-a-maquiagem-dos-cilios/601

Fonte da foto: http://atrevida.uol.com.br/beleza/make-it/como-tirar-a-maquiagem-dos-cilios/601

Vamos pensar na seguinte situação: você fez uma make bapho e quando foi tirá-la… tcharam, viu que não tinha demaquilante. Daí você pensa “Vish, lascou-se o mundo! Terei que dormir rebocada.”

Calma, more! Antes de sentir a derrota, dê uma fuçada nos produtos que estão no banheiro.

Tem óleo de amêndoas ou de coco e algodão? Opa, quebra o galho! Fica meio melecado, mas não irrita os olhos nem a pele e sai tudinho. ♥ Minha amiga Babi Borbofly me disse que óleo de rícino tb é bom, não fica tão melecado. Não sei, ainda não testei mas se ela disse, pode confiar porque ela tem um ótimo senso crítico.

oleos vegetais amendoas coco maquiagem olhos

Não tem óleo mas tem condicionador? Opa, quebra o galho também! Coloque uma gota do produto na ponta dos dedos e massageie sobre os olhos, com cuidado. Pode passar no rosto também para tirar a base. Depois enxague bem e seque. Se tiver um hidratante, é bom passar em seguida.

Esses são os que eu uso mas pode ser qualquer um

Esses são os que eu uso mas pode ser qualquer um

Pronto! Pele e olhos livres de make!

A Chell comentou que shampoos de bebês também são bons. São sim, já testei mas achei o condicionador melhor. 😉

Lembrando que essas opções são paliativas, tá? Se você tiver produtos específicos para a remoção de maquiagem do rosto e área dos olhos, melhor. 😉 Só não vale dormir maquiada por falta de vontade de tirar ou falta de cosméticos.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Direito de Imagem

Share Button

Olá Bauzetes, tudo bem?

Hoje temos uma novidade! Post escrito pela Advogada Camila Melo, Pós Graduanda em Direito Civil e Processual Civil pelo Centro Salesiano de São Paulo – UNISAL.  Ela adora tudo que é artístico: música, arte, e claro, moda!

A Camila vai nos falar sobre o Direito de Imagem e os cuidados que devemos ter com isso.

Esperamos que vcs que gostem da leitura!

Camila Advogada Guaratinguetá Direito de Imagem

“Compartilhar fotos na internet pode dar uma dor de cabeça danada. Digo isso porque acredito que muitas de nós compartilham fotos pessoais ou aquelas inspirações nas redes sociais, ou até mesmo já viu alguém reproduzindo uma foto que não era sua. Dizem por aí que não há problema em reproduzir as fotos, que uma vez que está na internet vira domínio de todos, mas não é bem por aí. Vai depender de como essa foto for usada.

Tudo começa com uma simples imagem. Todo mundo, ou pelo menos quase todo mundo, tira uma foto bacana e compartilha com os amigos nas redes sociais e pode correr o risco de ter sua foto reproduzida sem autorização. Ou o inverso, nós reproduzimos uma foto de outrem, sem autorização, mas com um intuito bacana. Das duas maneiras, sendo você ou o outro o atingindo, temos que observar certos requisitos para que não haja problemas na esfera jurídica.

Estamos falando de Direito de Imagem.

A nossa Constituição protege o que chamamos de direito da personalidade de uma forma efetiva, garantindo indenização moral e/ou material caso esse direito for violado. A imagem é uma projeção da nossa personalidade, podendo ser física ou moral, que merece atenção, principalmente em tempos da Era Digital.

Ocorre que a reprodução de uma foto pode se dar de maneira abusiva, ferindo a personalidade da pessoa por trás daquela imagem e em alguns casos pode trazer consequências mais graves na vida da mesma, pois fere a esfera moral do ser humano.

Foi-se o tempo que uma foto podia navegar pelos sites de moda. Na verdade ela pode, mas dependerá de certas regrinhas, pois existe uma proteção jurídica. Primeiro é preciso que haja uma autorização. A pessoa por trás da foto deverá concordar com a sua reprodução. E se não houver essa autorização? Se a foto for reproduzida com fins lucrativos ou com um teor pejorativo, daí não pode não! Você poderá pleitear na justiça seus direitos. Mas, caso contrário, se tiver tudo bem, é vida que segue.

Antes de utilizar uma imagem de outra pessoa, vale a pena procurar a fonte, saber a quem pertence àquela foto, colocar a fonte de onde ela foi retirada, não usar a foto como se sua fosse … não é uma atitude bacana. Se possível, sempre peça a permissão para a sua utilização. Caso isso seja muito difícil tome aquele cuidado extra para não a ferir honra e a boa fama de ninguém.

Ah!  Vale fazer uma ressalva sobre a diferença entre Direito de Imagem e Direito Autoral. O Direito Autoral irá fazer referencia a um rol de direitos dos autores de obras intelectuais, tais como as imagens. Para compartilhar imagens ou fotos de um fotógrafo, por exemplo, é preciso que haja a autorização do mesmo. Caso contrário esse ato será considerado crime e o autor da obra devera ser indenizado.

Existem várias páginas onde podemos encontrar inspirações, sendo um exemplo bem comum o Flickr, que além de servir como fonte de inspiração, permite o uso da imagem através de uma licença. Lá você poderá encontrar diversos tipos de licença que permitem a utilização do uso devido da imagem. Existem as obras que já caíram em domínio publico que podem ser utilizadas tranquilamente.  E ainda, existem muitos autores que permitem a reprodução de suas obras com certas limitações.

Tais apontamentos são necessários para tomarmos cuidado quando reproduzirmos uma foto ou uma imagem, garantir que a pessoa ou o autor sejam respeitados, sabe?! A ideia é ter esse olhar mais cauteloso e respeitoso, que nos evita dores de cabeça e de quebra continua nos inspirando com lindas fotos.

Um abraço,

Camila Melo
Assessoria e Consultoria Jurídica
melocamilac@gmail.com

Share Button