Arquivo de etiquetas: acessório

Mule, o sapato coringa da vez

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje vamos falar sobre um modelo de calçado mega confortável e democrático, adequado para todas as ocasiões. Vale a pena ficar de olho e investir em um Mule.

Mule da marca Vizzano

O modelo foi sucesso nos anos 90 por seu formato peculiar e fora dos padrões para a época. Chegou às lojas em uma versão mais fechada que deixava o calcanhar à mostra e ostentava um salto plataforma de madeira.

Fonte: https://www.bustle.com/articles/154316-11-shoes-you-were-obsessed-with-in-the-90s-still-kind-of-adore-photos

Em 2017 ele voltou com design e texturas mais arrojados como aplicações de bordados, glitter, fivelas e até versões metalizadas que são acompanhadas de variações de saltos flatforms, flats, quadrados e também os charmosos kitten heel.

Fonte: Aliexpress

Modelo Kitten Heel. Fonte: http://stealthelook.com.br/kitten-heels/

Mule da marca Capodarte

Mule da marca Azaleia

Mule com salto Flatform da marca Cecconello

Para que esta seja uma peça chave em qualquer ocasião é necessário ficar atenta. “Hoje encontrarmos vários modelos nas vitrines, o que torna difícil a tarefa de manter o foco na hora de comprar uma peça que seja versátil e que possa combinar com diversas ocasiões. Para não errar opte pelo mule de bico fino em cor neutra, como nude ou preto. Isso irá ampliar as opções de combinação, além de ajudar a alongar a silhueta”, diz a consultora de moda Thais Moretzsohn. Vale também a dica de ouro, ou seja, sempre imagine a peça com ao menos três opções de looks que você já tenha em casa. Esta é uma forma de garantir um maior proveito da nova aquisição, de acordo com Thais.

Mule da marca Vizzano

Algumas sugestões para looks com mule:
Casual: mule com saia jeans ou shorts e tshirt. A opção de calça jeans fica excelente com camisa social de tecido leve.

Bruna Marquezine usando Mule com looks casuais. Fonte: Portal Terra

Selena Gomez (Fonte: Pinterest)

Trabalho: jeans escuro ou calça alfaiataria, com blusinha de seda, ou também pode ser combinada por uma mule nude de salto

Fonte: Pop Sugar

Fonte: Pinterest

Festa: Vale coordenar vestido de material nobre com mule de salto alto.

Jessica Alba (Fonte: http://shoerazzi.com)

Espero que vc tenha gostado das sugestões. 😉

Bjks,

Giane Carvalho

Fonte: THAIS MORETZSOHN é Formada pela Faculdade Anhembi Morumbi em Negócios da Moda e fez especialização em consultoria de moda. Thais participou da conceituada semana da moda de São Paulo (SPFW) , além da Prêt-à-Porter e outros grandes desfiles. Hoje assina looks de mulheres que são referência no mercado, tal como o da modelo e apresentadora Gianne Albertoni e a apresentadora Rosana Jatobá.

Share Button

Conheça a Vista Verde Ecostore

Share Button

Olá queridos que passam pelo Baú, tudo bem?

Hoje temos uma novidade maravilhosa! Fizemos parceria com a Vista Verde Ecostore, loja de Guaratinguetá que tem tudo a ver com os valores de consumo consciente e sustentabilidade que divulgamos no blog.

Segundo a gerente e proprietária Cláudia Fernandes, a loja existe há 2 anos e trabalha com roupas e acessórios ecologicamente corretos. Todas as peças contam uma história, ou seja, trazem informações de como e por quem foram produzidas e com quais materiais, geralmente naturais como algodão ou reaproveitados, que iriam para o lixo mas tiveram um aumento da vida útil transformando-se em outra coisa.

Veja alguns exemplos de produtos que você encontra lá:

Carteiras Jullia Tedesco feitas com retalhos e lona de cama elástica

Bolsa Jullia Tedesco feita com fita de Slack Line e persiana

Colar Jullia Tedesco feito com corda ou alma de escalada

Bijus da Design Natural, feitas com fios de algodão

Peça da Tiê que durante o processo de fabricação, utilizou amaciante feito a base de casca de arroz

Mochila Cooperárvore feita de cinto de segurança e tecido de estofamento de carro doado pela Fiat

A malha da camiseta foi feita de fios de garrafa pet e algodão orgânico. É incrivelmente macio e confortável.

Lancheira térmica Maantiquira feita com tecido sustentável EcoSimple e couro vegano.

Carteiras feitas de fitas VHS e algodão, em tear manual

Blusas de malha de bambu que tem a textura mais gostosa de todas ♥

A loja tem também peças infantis feitas de algodão e coloridas com corantes naturais e peças masculinas.

Uma coisa importante é que as peças da Vista Verde não são de modinha. São peças clássicas, atemporais e com tecidos que duram anos. São para quem respeita o planeta e o seu bolso, que conhece as consequências do lixo gerado pelo consumismo e por isso prefere algo de qualidade que demore para ser descartado. Quando for, causará o minimo ou nenhum dano para o meio ambiente. ♥

A Cláudia traz pouca quantidade de cada peça, então pode ser que quando você for visitar a loja, as que mostramos no post não estejam mais disponíveis. Mas sempre tem novidade! Acompanhe pelo instagram @vista_verde_eco e page no Facebook. 

Não é mesmo um amorzinho de loja? 😉 Fica na Avenida João Pessoa, 1189, loja 14, Best Center (aquele centro de compras no Pedregulho, perto da Sabap), Guaratinguetá- SP.

Quem não for de Guará e gostar de alguma peça, é só falar com a Cláudia que ela envia pelos Correios.

Ah, e logo faremos um sorteio lindo para celebrar essa parceria e envolver você que nos acompanha. Siga o insta do blog @blogbauhype e o da Vista Verde @vista_verde_eco que logo postaremos as regrinhas para você tentar levar esse duo de acessórios da Design Natural:

Logo faremos sorteio desse duo da Design Natural. Fique de olho no insta do Blog e da Vista Verde Ecostore. 😉

Gostaram?

Nós adoramos e estamos felizes em trazer essa novidade para vocês. Agradecemos à Vista Verde Escostore por estar conosco.

Bjks,

Giane Carvalho

 

Share Button

Girlboss: Como investir em um e-commerce de moda?

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje vamos falar sobre negócios, especificamente lojas online de roupas e acessórios.,

A série norte-americana Girlboss da Netflix, baseada no livro homônimo de Sophia Amoruso, mostra de forma bem humorada as dificuldades que ela enfrentou para criar e organizar uma loja online de roupas.

De acordo com a edição mais mais recente do Webshoppers, principal relatório sobre e-commerce no Brasil, moda é o primeiro segmento no ranking do comércio eletrônico.

Assim como Sophia Amoruso, que foi do lixo ao luxo, o brasileiro está interessado em se tornar empreendedor na área da moda e ter uma vida financeira melhor. Mas ainda existem algumas dúvidas se abrir um e-commerce neste segmento é realmente vantajoso.

“Pode-se ter o conhecimento em moda (desenhar ou vestir), porém se não tiver noções básicas de administração e marketing será difícil desenvolver um e-commerce lucrativo”, explica o CEO da consultoria especializada em e-commerce, Dr.e-commerce, Thiago Sarraf. Ele e o CEO da agência de Marketing Digital ABlab, Paulo Fernandes, nos contam o que é importante observar na hora de investir em uma loja online de moda.

1. Devo sair na frente dos concorrentes no primeiro ano do meu e-commerce!

“Isso é um mito. O empreendedor do e-commerce deve monitorar os concorrentes e se possível à margem de lucro deles, porém investir em demasia as finanças para ficar à frente de outros e-commerces já consolidados é dar um tiro no pé”, esclarece Paulo Fernandes.

Para o especialista, o gestor do e-commerce deve destinar no início cerca de 30% do seu investimento para marketing digital, mas não deve fazer um aporte excessivo sem um planejamento de longo prazo.

“No segmento de moda, as mídias sociais (Facebook e Instagram) fazem toda a diferença para captar clientes, mas o valor investido para esse fim deve ser pensado e calculado muito bem. Faça a captação de clientes aos poucos, use campanhas bem estratégicas, pois isso irá consolidar o nome da marca”, completa.

2. Cuidado na escolha da plataforma do e-commerce.

Esse ponto é um dos mais importantes para quem deseja montar uma loja online. “Muitos empreendedores acabam falindo, pois acreditam que montar um e-commerce é mais fácil comparado a loja física”, afirma Sarraf.

“Para que o novo empreendedor não passe por uma situação complicada é importante destinar uma parte da verba para o planejamento do site antes do funcionamento”. Ele precisa aprender a vender online e estabelecer metas de curto, médio e longo prazo tangíveis.

3. Devo ter de tudo no meu e-commerce, assim agrado a todos os gostos.

“Esse é um dos piores erros no segmento de vestuário. Para ter sucesso neste nicho é necessário estabelecer o público-alvo. Além disso, é essencial criar a proposta de valor a marca, a linguagem que será utilizada, identificar a imagem que o comércio quer passar ao consumidor, etc”, evidencia Sarraf.

Em vez de colocar inúmeros produtos no seu e-commerce, opte por uma única linha de trabalho e invista nas ações pontuais, como, por exemplo, o “Shop the look” que consiste em dar dicas de combinações para os clientes, além de conceder desconto no pacote completo adquirido. “O mais importante é optar por um estilo, monitorar as tendências e acompanhar a evolução do mundo virtual para manter a marca atualizada”, finaliza.

4. Fidelizar e captar clientes é o maior desafio do negócio

“No segmento de moda trabalha-se muito com mídias sociais e influenciadores, que são os novos formadores de opinião. Segmentos como moda, beleza e estética, necessitam de ações mais direcionadas. O Facebook e o Instagram dominam em termos de conversão de novos internautas para o perfil, site ou blog de determinadas marcas”, esclarece Fernandes, da ABlab.

Paulo afirma que captar clientes é mais difícil do que fidelizar. “É importante criar mecanismos para o cliente ficar fiel ao seu e-commerce, por isso o blog é sempre uma boa alternativa para o compartilhamento de novidades da marca, tendências de moda e promoções. É necessário manter os consumidores atualizados e confortáveis dentro do site, além do mesmo ser funcional”, complementa.

Seja empreendedor mas antes de colocar o comércio no ar, cerque-se de todos os cuidados para minimizar os riscos e ampliar as chances de sucesso. Boa sorte!

Giane Carvalho

Fontes:
Dr.e-commerce: Criada em 2013 pelo empreendedor Thiago Sarraf, a Dr. e-commerce é uma consultoria que ajuda a traçar estratégias de curto, médio e longo prazo para e-commerces pequenos, médios e grandes. Sem restrição de nichos.

ABlab – Marketing de Performance: Fundada em 2015, a ABlab é uma startup focada em performance no ambiente digital, inovação e soluções disruptivas. Fornece serviços de SEO (Search Engine Optimization), Assessoria de Imprensa 2.0, Social Media, Otimização de Conversão, Links Patrocinados e E-mail Marketing. Como principais clientes atende as contas de Citroën, Sodexo, Ultragaz, Granberg, Eucatex e BASF, além de marcas dos segmentos de vestuário, automotivo, tecnologia, saúde, entre outros.

Share Button

Fantasia Inspirada em Daenerys Targaryen

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

E o carnaval, curtindo muito ou aproveitando p/ relaxar?

Bom, eu que não sou nada carnavalesca, esse ano fiquei animada para participar de um bailinho de carnaval que teve no trabalho. Fiquei sabendo em cima da hora, apenas três dias antes, então tive que correr.

Não gosto de carnaval mas gosto de fantasia. E comigo não tem essa de só colocar um acessório, como óculos, tiara ou chapéu e ir. Gosto de fantasia com tudo o que tem direito, acessórios mil, peruca, máscara, maquiagem, etc.

Queria uma que não fosse convencional, que tivesse a ver com televisão e que eu não precisasse gastar.

Me lembrei da Daenerys Targaryen , a Mãe de Dragões de Game Of Thrones. Adoro a personagem por ser uma mulher forte, poderosa e também pelos dragões, que eu gosto e coleciono antes das matryoshkas.

Fonte da ilustração: http://www.gloriapm.com/portfolio/daenerys-drogon/

Comecei então a saga para montar em 3 dias uma fantasia inspirada nessa foto, com o que eu tinha em casa ou comprando o mínimo possível:

Como não moro em São Paulo, ou seja, não tenho uma 25 de março p/ me ajudar, tive que me virar com o que estava disponível nas lojinhas daqui.

Não achei peruca loira platinada, só branca, que deve ser da Elsa ou da Tempestade ahaha mas tudo bem, quebrou o galho. Fiz umas trancinhas para aproximar da Daenerys.

Na mesma loja que comprei a peruca, achei um colar com um dente que lembrava o da foto original.

Fiz uma mani com esmalte preto + cobertura flocada da La Femme + base fosca que eu achei que lembrava couro de dragão e coloquei um anel de dragão que eu tenho faz tempo, presente de uma amiga.

Catei um vestido azul da Mercatto que estava no guarda-roupas, preguei uns aviamentos dourados e na falta de um Drogon ou outro dragão medieval, costurei no vestido um dragãozinho chinês que tenho também há muitos anos, feito artesanalmente. Ficou parecendo o Mushu da Mulan, mas dragão é dragão, né? Tá valendo.

Vi que a maquiagem é neutra, então usei sobra coral e marrom. O batom é o Colan Marsalla da Dailus.

Nos pés, usei uma rasteirinha metalizada para combinar com os acessórios dourados.

O look pronto ficou assim:

Foto clássica no espelho do WC porque não rolou outra profissional bem blogueirinha, sorry.

Me diverti idealizado essa fantasia e fiquei feliz com o resultado, mesmo não sendo o Cosplay de Daenerys que você mais respeita rsrs Quando a gente quer, a gente dá um jeito, não é mesmo? E assim aconteceu comigo nesse carnaval. =)

Fica a dica para quem quiser um dia usar um look inspirado na Daenerys Targaryen, Mãe de Dragões, Khaleesi dos Dothraki, Quebradora de Correntes,  Filha da Tormenta, a Não Queimada, Rainha de Mereen, Rainha dos Ândalos e dos Primeiros Homens, Senhora dos Sete Reinos, a Primeira de Seu Nome. ♥

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Compre de quem faz: Artesanato

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Vamos para mais um post da série Compre de quem faz, para divulgar nossos amigos e amigas que são pequenos produtores e confeccionam peças belíssimas, com muito capricho e criatividade.

Fonte: Instagram @consumo.mais.consciente

A Mariana Motta mora em Guaratinguetá e faz costura criativa em seu Atelie Chubby Chubby. Ela costura de tudo um pouco, sempre procurando personalizar seus produtos.

“Faz mais de 10 anos que estou no ramo do artesanato. Comecei fazendo bijuterias, parei e fiquei encantada com o mundo e as possibilidades do feltro. Sem querer, caí no mundo dos bebês!”

Os contatos e redes sociais da Mari são: marianammotta@gmail.com, WhatsApp 12 997381831, Page www.facebook.com/ateliechubbychubby e IG @ateliechubbychubby

A D’Amora Produtos Artesanais é a marca da nossa amiga Fernanda Silva. Ela nasceu em Taubaté/SP, formou-se em Ciências Contábeis e Artes Visuais. Trabalhou como maquiadora profissional, contadora de estórias, mestre de cerimônias, produtora de eventos, e sempre teve vontade de aprender a costurar. Até que em 2013 ela teve a chance de fazer um curso de corte e costura, e de lá pra cá a paixão pelos tecidos só aumentou.

“Comecei fazendo peças de roupas e aos poucos fui para o artesanato, área que me encanta a cada dia. Em 2014, morando em Guaratinguetá/SP criei minha marca D’Amora Produtos Artesanais por Fernanda Silva, e desde então trabalho com artesanato, e muitas das peças que faço são de autoria própria, como os produtos da Coleção “Fridoca” em homenagem a grande artista plástica Frida Kahlo, e a Coleção Religiosidade.”

A D’Amora tem uma grande diversidade de produtos como Almofadinhas Decorativas, Penduricalhos, Porta Óculos, Porta Documentos, Máscaras de Dormir, Divinos, e muito mais. Atualmente, foi lançada a linha D’Amora Baby & Kids, que são produtos voltados para bebês e crianças, como sapatinhos, babadores e naninhas.

O atendimento aos clientes é feitos através do Facebook https://www.facebook.com/damorafe/?fref=ts , Instagram @damorafe, e pessoalmente na Feira de Artesanato da Praça Conselheiro Rodrigues Alves em Guaratinguetá/SP, aos sábados.

A Andreza Muniz mora em Lorena-SP e é a proprietária da marca Asasbelas que surgiu em 2012 com costuras criativas p/ quem gosta do diferente. No começo, tinha uma variedade de produtos desde bolsa até itens para cozinha. Atualmente está focada somente em bolsas e acessórios.

“A essência da marca hoje é oferecer acessórios femininos exclusivos com atenção a detalhes delicados para mulheres fortes, cosmopolitas que ainda prezam pela feminilidade sem deixar deixar de lado o estilo próprio. Penso que elas devem investir o seu dinheiro em algo exclusivo e não em algo que se encontra em qualquer esquina.”

Você pode encontrar os produtos na loja virtual , instagram @asasbelas e Facebook www.faceboook.com/asasbelas.

A Camila Shiraiva mora em Guarulhos -SP. Tem formação em arquitetura e urbanismo, mas se considera arquiteta, artesã, artista e arteira. Gosta de cultura pop, bichinhos, ficção e manifestações populares como Carnaval, Festa Junina e festivais de música.

“Sempre pratiquei as artes manuais, por ter crescido rodeada de pais, tios e avós que “construíram” desde a casa onde moravam até suas próprias roupas. Por isso, desenho, pinto, bordo, faço crochet, origami, cadernos artesanais e pulseira de miçanga também! A única técnica que precisei de umas aulas foi a costura.
Em 2013, o artesanato se tornou minha fonte de renda alternativa. Trabalhei com origami em tecido e comecei a criar minhas próprias peças em tecido. Hoje trabalho com duas frentes principais. Em um trabalho solo, confeccionando bolsas e acessórios para bicicletas e ciclistas e, em parceria com duas amigas, com produtos infantis e aí o céu é o limite. Já montamos uma festa completa, decoração, lembrancinhas e comidinhas, entre outros.

Para conhecer o trabalho da Camila e das Crafteiras, dá para seguir no instagram em @_purpura_ e @crafteirass e acompanhar também as páginas do facebook: https://www.facebook.com/ikawaiicraft/ e https://www.facebook.com/ascrafteiras/

Bolsa transversal com alças para prender na bicicleta

Decoração de aniversário criada pelas Crafteiras

Decoração para chá de bebê com origami em tecido

Livro sensorial para bebês

A Ana Paula mora em Cruzeiro-SP e trabalha desde 2013 com artesanato em feltro, mdf e também cartonagem. Seu principal foco na Arteirices Handmade é o desenvolvimento de peças para quartos de bebê.

“Aproximei-me do artesanato por uma imensa frustração na minha vida profissional. Eu era repórter de TV e estava desiludida com a empresa em que trabalhava e também com o jornalismo. Por esse motivo resolvi que precisava fazer alguma coisa que me trouxesse satisfação, usando as minhas mãos para a transformação da matéria prima em algo belo. Acabou sendo a minha tábua de salvação. Minha mãe estava com câncer e começamos juntas um curso. Dois meses depois eu fui mandada embora e o tratamento dela mudou no dia seguinte. Das quimioterapias mensais ela passou pras semanais. Acabei optando por dar um tempo na carreira e cuidar dela. Foi aí que o artesanato se tornou uma parte bem importante da minha vida. Depois da morte dela acabei me afastando um pouco. Tive um bebê recentemente, o que me fez retomar o desejo por trabalhos manuais para poder fazer a decoração do quartinho dele. Mas na verdade é o que eu amo fazer.”

Para conhecer o trabalho da Ana Paula, visite a page https://www.facebook.com/arteiriceshandmade/, o IG @arteirices_handmade ou entre em contato pelo WhatsApp (12) 98119-6834

A Amanda Motta mora em Guaratinguetá e é proprietária da marca Amandita Ateliê. Ela é bióloga e mãe da Laura e do Rafael. Trabalha com papelaria artesanal e cartonagem, ou seja, faz agendas, planners, cadernos personalizados, porta documentos, capa para caderneta de vacinação, etc.
“Desde pequena adoro tudo o que envolve trabalho manual e artesanal. Comecei com biscuit e no começo fazia noivinhos topo de bolo, mas foi na minha paixão por papelaria que encontrei o meu caminho.”
Para entrar em contato e conhecer o trabalho da Amanda, visite a fanpage https://www.facebook.com/amanditaatelie/?fref=ts, , IG @amanditaatelie ou entre em contato pelo WhatsApp 12 991921472. Ela também expõe na feira de artesanato que acontece todos os sábados na praça Conselheiro Rodrigues Alves, centro de Guaratinguetá.

No próximo post tem mais trabalhos das amigas que arrasam no corte e costura. 😉

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Uma montanha russa chamada Troca de Melissa

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Quero registrar aqui um fato que aconteceu comigo e que já contei no IG do blog (@blogbauhype).

Tenho um relacionamento aberto com a marca Melissa. Fui Melisseira durante anos e deixei de ser por uma série de fatores, como contei nesse post.  Não sou mais uma grande consumidora mas gosto de ver os lançamentos e compro de vez em quando.

No Natal, ganhei uma Cosmopolitan. Achei maravilhosa! ♥

Sandália linda, moderna, estilosa e confortável. Plástico super molinho, palmilha acolchoada, ajuste com velcro que deixa o modelo mais confortável ainda. Enfim, adorei e passei a usá-la direto. Até que um dia, estava andando com ela em casa, me preparando p/ sair, quando senti que ela soltou do meu pé. Achei que fosse o velcro e quase caí dura quando olhei…

A tira rasgou, gente! Nossa, fiquei arrasada! Na hora postei no IG do Blog e p/ a minha surpresa, várias meninas comentaram que também tiveram problema com esse modelo e com outros, mas que eu poderia tentar trocar na loja ou diretamente com a marca.

Isso me deu um certo alívio. Não sabia que a Melissa dava garantia de 30 dias p/ trocar na loja ou 90 dias p/ enviar p/ a marca.

Optei por levar à loja, mesmo tendo passado um pouquinho dos 30 dias e fui atendida com excelência. Me falaram que iriam enviar p/ a perícia e que depois me dariam retorno. E assim foi. Uns 10 dias depois, me avisaram que a troca estava liberada.

Pensei Uau, Melissa não tá de brincadeira, hein? Aí sim! Resolveram rápido o meu problema e não vou ficar no prejuízo. Gostei!

Fui feliz realizar a troca na loja e… bom, não aconteceu como eu esperava. Não tinham mais a Cosmopolitan que eu tanto amei. Teria que trocar por outro modelo, só que os que estavam disponíveis na minha numeração ou eram mais caros ou mais baratos. Ou seja, teria que pagar a diferença ou perder uma grana. O modelo que custava o mesmo valor, eu não gostei. E a loja não poderia me dar um vale p/ eu trocar em outra ocasião, quando recebesse mais modelos. A troca tinha que ser imediata. Ahhhh, poxa! =(

Acabei pegando a Boemia Platform, que era a que se aproximava mais do preço da Cosmopolitan e que eu simpatizei.

Simpatizei mas não amei como a Cosmopolitan. Fazer o que …

A marca e a loja foram prestativas, não fiquei no prejuízo total mas também não fiquei 100% satisfeita porque tive que pegar um modelo de menor valor e diferente do que eu tinha gostado mais.

Após uns dias usando a Boemia, adivinha? Sim, ela também rasgou. Ó céus, ó vida! =(

Lá fui eu de novo, mas dessa vez fiz diferente. Em vez de ir à loja, falei com o SAC da Grendene e foi até que rápido e simples. Logo me enviaram um mail com as informações para eu mandar a Melissa para a empresa com porte pago por ela e depois outro com os modelos que estavam disponíveis para a troca. Escolhi a Melissa Be, um tênis bem fofo que eu adorei.

Foto que poste no Stories do IG do Blog no dia que a usei

Tomara que não dê mais problema porque trocar pela terceira vez é triste e também porque já acabou a garantia.

Fica a dica p/ vc caso tenha uma Melissa com defeito. Procure a loja no prazo de 30 dias ou fale diretamente com a marca em 90 dias. Pode ser que vc vão consiga o mesmo modelo mas tem grandes chances de troca. 

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Dicas de look para quem está emagrecendo

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje queremos dividir com vc as dicas da consultora de moda e estilo Marci Marciano p/ quem está passando pelo processo do emagrecimento.

Não achamos que todo mundo tem que emagrecer, tem que engordar, tem que ser fitness, etc. Somos a favor da saúde, do empoderamento e da boa autoestima. Se vc se gosta, sente-se bem, feliz, está saudável e autoconfiante com a sua imagem, é o que importa. 😉

Mas existem sim aquelas pessoas que estão querendo ou precisando emagrecer. A fase leva à perda das peças e nem sempre dá p/ comprar roupas novas. Então, como otimizar o que você já tem?

roupas para quem está emagrecendo

  1. Transformar calça normal em calça boyfriend

Um bom recurso é utilizar um cinto e deixar a calça, que antes era usada como modelo mais justo, ser usada na modelagem boyfriend, mais larga e dobrar a barra para deixar o look atualizado.

  1. Usar broche para ajustar blusas

Para as blusas que já estão largas, uma boa alternativa é colocar um broche na parte de trás deixando-a com aspecto acinturado. Outra maneira é usar um alfinete de segurança por dentro da peça.

  1. Abusar de cintos

O uso por cima das blusas só tem a favorecer. Para as pessoas que tem mais volume na parte superior é interessante posicionar o cinto mais próximo do quadril.

Reaproveitando o vestido de Reveillon

Reaproveitando o vestido de Reveillon

 

Para quem tem mais peso visual nos quadris, a recomendação é posicionar o cinto na cintura, sempre evidenciando a parte mais fina do corpo.

cinto cintura marcada vestido

  1. Linhas verticais são boas aliadas

Focar em linhas verticais é uma boa opção. Como no exemplo do vestido branco que ganhou linhas verticais com o cardigan.

Na foto acima, usei também um cardigan e um colar p/ marcar as linhas verticais e alongar a imagem. 😉

  1. Looks monocromáticos

Eles alongam, retraem e transmitem a sensação de elegância.

Girl With Curves look monocromático

Tanesha Awasthi, do blog Girl ith Curves

  1. Lenços

Devem ser usados sempre com as pontas para fora, nunca muito grudados ao pescoço, pois dessa forma tem o efeito contrário. Para parecer mais esbelta e alongada, use sempre aberto e criando linhas verticais, deixando o colo à mostra. Além de acrescentar personalidade ao look, traz informação de moda, criatividade e elegância.

  1. Colares longos

Eles alongam a silhueta e retraem o olhar. São ótimos aliados no verão pois tornam o look leve, trazendo informação de moda e gerando um up em qualquer combinação.

a1d9a47b682f13d6b12864a28c431ff7 26a5bbb93ca750919281883a1355aad5

Espero que tenha gostado e faça bom uso das dicas.

Um beijo,

Giane Carvalho

 

  • Sobre a Marci Marciano : Com canais no Instagram e Youtube e autora do blog Marci Marciano, ela mostra que a moda é para todos e está em todos os lugares. Apresenta posts de filmes e séries falando sobre seus figurinos, de dicas de estilo e uma pitada de lifestyle. Defende a ideia de como otimizar o guarda roupa e o consumo consciente, de uma forma leve e didática mesclando com tendências com moda do dia a dia.
Share Button

Calça Branca: amor ou pavor?

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Vamos direto ao assunto: Calça branca, sim ou não?

Siiim! A peça é daquelas que exigem atenção para não ficar “over the rainbow” mas com cuidado dá sim p/ fazer uma produção diferente e cheia de estilo.

Trouxemos algumas dicas para você usar o seu denim branco com elegância.

Lingerie adequada – É bem constrangedor usar uma peça que deixe a lingerie praticamente a mostra e a calça branca faz isso. Usar lingerie da mesma cor da calça não é uma boa, vai aparecer. O ideal é usar lingerie nas cores chocolate ou nude, sem bordados ou estampa. Essas sim ficarão imperceptíveis. calça branca lingerie

Combinações claras – Looks sofisticados e discretos podem ser criados com a junção calça branca+combinações claras e delicadas, como os tons pastel, nude, cinza e caramelo.

calça branca como usar d39780f48ecab90fd0cc2eaf642fdf0c

6987227bf590baa71bf77c503508e1b6 d82ce3dca2d56cbad54120ae779c56c3

Estampa Floral – para os dias quentes, abusar do floral é uma boa. Escolha camisas floridas de tecidos fluidos e leves. Nos pé, saltos ou sapatilhas coloridas.

calça branca com blusa floral

Acessórios – são aliados para uma produção incrível. Cintos, colares, brincos e bolsas chamativos são ótimas apostas.

ebe7116342a0edbe9be52ea1ac81033f b3312ba948e83d90753e17ef7f7395f8 54d62e41dfd0e4ddce31b6e34a2020c7 9b94e4e06df22a4e0d7cfbae10f700e7

Com listras – Close certo. Pode juntar a calça branca com um top de listras que vai ficar bonito!

130820833abce6c446df0e304c19ee8f 48d4bef3a5530ae0b880976df52064d5 d9661fd4b5b3660c06438281795bc457

4590ed4a4c4e8da8a8674310a8e4a31f

Com top jeans –  Combinação clássica e amorzinho.

3fd969edaf5f165f523deb055a9362a1 ed68f21abbced530a721a6ae117dcdc0 dc131eac8bc8699a7f3690feae287b2b blusa-ombro-a-ombro 9054474784ebe6f766e70adeb7ab25a0 9775ca7b1e301cb7da754ea1a9bc4bf7 f550905729a57bcfa7f441865b7453f1

Espero que vc tenha gostado das inspirações, se anime p/ ter uma calça branca e usá-la além do Reveillon. 😉

Bjks,

Equipe Blog Baú Hype

Share Button

Visita aos Estúdios Globo

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Recentemente tive a oportunidade de visitar os Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, juntamente com os alunos de RTVI e Jornalismo da Unifatea, em Lorena.

Quero mostrar p/ vc o que nós vimos e aprendemos por lá. 😀

Em primeiro lugar, fomos informados que o local não se chama mais Projac, abreviatura de Projeto Jacarepaguá. O nome atual é Estúdios Globo. 😉

Lá são produzidos os cenários, figurinos e efeitos especiais que vemos nas produções da emissora.

Começamos a visita na área de cenários, um galpão enorme com madeira, portas e janelas para todos lado.

producao cenarios estudios globo

Os cenários têm vida útil limitada por causa do monta/desmonta. Então há uma marcenaria onde eles são restaurados e quando não dá mais p/ fazer isso, o material vai para a reciclagem.

estudios globo cenarios

De lá, fomos conhecer a produção e acervo de figurino.

Na recepção, estão alguns bonecos caracterizados como personagens do Chico Anísio

personagens chico anisio estudios globo

E o figurino da Dona Redonda, da novela Saramandaia.

figurino novela saramandaia dona redonda globo

Figurino rede globo

Conhecemos a área de trabalho dos figurinistas. Eles elaboram o croqui com as medidas dos atores que ficam cadastradas em um arquivo no computador. Aí confeccionam a peça e na maioria das vezes o ator ou a atriz só vai experimentá-la no dia da gravação.

Por isso, quando o ator ou a atriz começa a trabalhar em uma novela, por exemplo, não pode emagrecer nem engordar. Tem que manter as mesmas medidas que estão nesse arquivo dos figurinistas.

croqui figurino rede globo

figurinistas rede globo

Quando a novela, série ou programa se passa nos dias atuais, a emissora faz parceria com marcas e lojas que fornecem o figurino. Nesse espaço de costura são feitas, por exemplo, as peças de época, fantasias, etc.

Em seguida passamos pelo acervo de figurino e eu quase tive um treco! Gente do céu, que lugar mais lindo do mundo! ♥ Que vontade de morar ali! Fiquei em estado de euforia, contemplação, taquicardia, nem sei.

Quem gosta MUITO de roupas como eu, vai me entender.

São cerca de 300 mil peças catalogadas e separadas por tipo, cor e tamanho.

acervo figurino rede globo

Como não nos lembrarmos do Agostinho Carrara?

Como não nos lembrarmos do Agostinho Carrara?

Há um corredor só com as peças de época. Então é como se vc entrasse no Túnel do Tempo da moda. Vai passando pelas peças atuais até chegar as dos séculos passados.

acervo figurino rede globo

figurino epoca rede globo

figurino epoca rede globo

figurino Rede Globo

Há também uma coleção gigantesca de acessórios que nos deixou com olhos de Gato de Botas e vontade de dizer Moço, por favor, me dá um chapéu? Um só, nunca te pedimos nada! rsrs

chapeus acervo figurino rede globo DSC06543 DSC06546

Sapatos de todas as cores, modelos e tamanhos.

sapato vermelho acervo figurino rede globo

vestidos de noiva rede globo

Figurino da Viuva Porcina

Figurino da Viuva Porcina

Depois passamos pelo setor de efeitos especiais, onde nos explicaram como eles são criados e nos mostraram o vidro cenográfico que é feito com resina ou silicone. Então quebra fácil e não machuca ninguém.

efeitos especiais rede globo

Passamos também pelo estúdio da novela Sol Nascente que, por não ter estreado ainda quando fomos, não pôde ser fotografado.

E por fim visitamos a cidade cenográfica da novela Haja Coração.

cidade cenografica novela Haja Coração DSC06578 DSC06577 Shopping Abdalla novela Haja Coração

Essa foi a nossa visita técnica aos Estúdios Globo. Ficamos cerca de 2h lá e gostamos de conhecer esses detalhes das produções da emissora.

Espero que vc tenha gostado de ver também o que nós vimos. 😀

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Cópia, Inspired e Pirataria

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Você já percebeu como aumentou o número de produtos piratas e falsificados? Aumentou também o interesse do consumidor por esse tipo de mercadoria por ela ser mais barata que a original.

Quando falamos sobre pirataria, a informação que temos ainda não é muito clara. As pessoas possuem essa dúvida na hora de adquirir um produto por se tratar de produtos parecidos.

Existe uma diferença entre produtos que se parecem muito e produtos que são copiados, essa diferença irá classificar se um produto tem ou não natureza ilícita. Quando adquirimos um produto, uma bolsa, por exemplo, estamos comprando não apenas a visibilidade que a marca da bolsa possui no mercado, mas também o registro da Marca, a sua regularização, o design da bolsa, o material diferenciado, funcionários, tudo. Por isso o produto possui um valor salgado, porque existe toda uma rede de profissionais e de burocracia para que o produto chegue à prateleira, o que não acontece com um produto pirata.

Fonte: http://gq.globo.com/Prazeres/Poder/noticia/2015/07/pirataria-causa-prejuizo-de-u-28-bilhoes-industria-fashion-na-europa.html

Fonte: http://gq.globo.com/Prazeres/Poder/noticia/2015/07/pirataria-causa-prejuizo-de-u-28-bilhoes-industria-fashion-na-europa.html

Quando um produto é pirata, ou seja, é reproduzido, vendido e distribuído sem autorização e pagamento dos direitos, ele não é fiscalizado. Os produtos ilícitos não possuem um controle de qualidade, o que pode trazer riscos a saúde. Também não geram empregos como muitos acreditam, e sim desemprego. A mão de obra usada para fabricação desses produtos são, em sua maioria, oriunda de trabalho infantil e/ou trabalho com jornadas altíssimas, o que desencadeia uma concorrência desleal. Como são ilícitos, não são amparados pelas nossas leis, e em caso de uma eventualidade com o produto não haverá o amparo do Código de Defesa do Consumidor. E como se não bastasse, pode trazer graves danos à economia do país.

Fonte: http://www.mulheresdivando.com.br/2015/05/maquiagem-falsificada-cai-fora-dessa-roubada.html

Fonte: http://www.mulheresdivando.com.br/2015/05/maquiagem-falsificada-cai-fora-dessa-roubada.html

O consumidor que adquiri a cópia de um produtos, não está só contribuindo com a pirataria, mas também está praticando um ato ilegal. Adquirir produto pirata configura ato ilícito, não viola os Direitos Autorais do produto, mas o comprador poderá responder por Receptação, que segundo o artigo 180 do Código Penal, prevê pena de reclusão de até quatro anos.

Mas existe a possibilidade do produto ser parecido e não ser copiado, ser de natureza lícita. Estamos falando dos famosos Inspired’s.

Os produtos que são chamados de Inspired usam as marcas famosas como fonte de inspiração, não são CTRL+C/CTRL+V da peça. É possível notar as semelhanças e as diferenças entre o modelo original e o inspirado, não só pelo material usado na fabricação, mas também pelas cartelas de cores, pelos pequenos detalhes, pela estrutura da peça, etc. Podemos fazer a diferenciação dos produtos usando como exemplo um sapato. A marca Valentino possui um scarpin que é um dos seus modelos mais falsificados, existe a versão pirata desse sapato que tenta se passar por original e a sua versão Inspired, que pode ser vista em modelos de marcas nacionais semelhante ao da marca Valentino. É parecido, mas não é uma cópia.

Valentino original

Valentino original

http://referenciafashion.com/2013/07/15/valentino-inspired/

http://referenciafashion.com/2013/07/15/valentino-inspired/

Por trás de um produto Inspired não há ilegalidade, pois não há cópia. Ela respeita todas as regras de qualidade, movimenta a economia do país, é fiscalizada e paga todos os tributos devidos. E ainda é bem mais barata que um produto “original”. É uma ótima opção pra quem não quer ou não pode gastar tanto com produtos tão caros, mas ainda sim quer abusar no estilo. Tudo isso sem recorrer à pirataria.

Fonte: https://theopeningnight.com.br/2014/11/01/dupe-do-batom-da-kylie-jenner-velvet-teddy-m-a-c-x-131-o-boticario/

Fonte: https://theopeningnight.com.br/2014/11/01/dupe-do-batom-da-kylie-jenner-velvet-teddy-m-a-c-x-131-o-boticario/

Às vezes queremos tanto ter um produto que optamos pela sua versão pirata, por ela ter um preço mais baixo, e esquecemos que por trás da falsificação existe uma rede de ilegalidade. O consumismo nos faz querer tanto um produto que por vezes não valorizamos o seu criador e nem respeitamos a nossas leis.

A ideia é ter um olhar mais cauteloso e atento aos produtos que vamos adquirir, não só para respeitar a marca como também para respeitar nosso suado dinheiro na hora de efetuar uma compra.

Existe sempre uma opção legal que não é aquela da pirataria.

Um abraço a até o próximo post,

Camila Melo
Assessoria e Consultoria Jurídica
melocamilac@gmail.com

Share Button