Arquivo da Categoria: Uncategorized

Consumo compulsivo. Como se livrar desse hábito destrutivo.

Share Button

Olá Bauzetes e Bauzeiros! Simmmm temos garotos frequentando o blog!

Esse post foi escrito para quem QUER ajuda. Comprar em excesso é um erro banalizado, isso está mudando, mas ainda é para alguns status de “poder”, quem sofre as consequências da pseudo alegria do consumismo sabe o sofrimento que existe por trás desse péssimo hábito.

Aqui vão algumas dicas para conseguir driblar esse comportamento:

  1. Desative os e-mail marketing das lojas. Tire os sites de compras da aba de favoritos e saia dos grupos de compra e venda, essas ferramentas são pensadas para nos persuadir e apesar de deliciosas são sempre um convite ao consumo. Se possível bloqueie o acesso a esse tipo de conteúdo no computador e também no seu celular.
  2. Limite-se a ir apenas onde precisa, se tem que ir a papelaria, vá a papelaria. Seja objetivo, antes de sair de casa determine um trajeto e tenha sempre uma lista das coisas que realmente precisa comprar.
  3. Não deixe a loja vir até você. Sabe aquela “amiga” revendedora que se convida pra ir a sua casa toda vez que tem novidade? Já percebeu que sem a “sacola” ela não aparece pra te visitar? Você sempre acaba comprando algo que não precisa, comece a rever seus contatos e os interesses deles. Aprenda a dizer não.
  4. Mantenha seus pertences organizados, é sempre difícil achar algo bacana em meio a tanta bagunça. Tudo parece inútil quando está sujo ou amassado.
  5. Liste e explore o que você já tem. Pare de listar o que não tem. Se gasta muito com roupas por exemplo, prove cada uma e crie uma lista com as combinações que dão certo, experimente novas combinações, deixe essa lista ao alcance dos olhos e vá editando esse material de acordo com as experiências. Isso vale para cada tipo de consumo. É comida? Liste a geladeira. Itens para casa? Para o carro? Liste o que já tem e como pode valorizar aquilo.
  6. Faça trocas.  O que você não quer mais, pode ter utilidade para alguém certo? E de quebra essas pessoas podem estar desapegando de algo que você precisa ou quer muito. Uma alternativa bacana é vender e comprar desapegos em brechós e sites de usados.
  7. Faça uma dieta financeira, estabeleça prazos e quando bater aquela vontade de gastar, leia um livro, faça algo produtivo, de preferência que te faça ganhar dinheiro, não perder… Evite procrastinar. Ao final do prazo se presenteie.
  8. Não aceite cartões de lojas e evite compras longamente parceladas, os juros são abusivos e chegam a ter o valor integral da compra. Se for preciso cancele seu cartão de crédito. Sim, porque esconder não adianta mais, você já decorou o número e até o código de segurança.
  9. Não se sabote, liquidações são ótimas, mas você não é obrigado a participar. Não adianta se enganar comprando coisas baratas na tentativa de se isentar da culpa, você vai acumular uma quantidade de produtos sem valor financeiro ou de uso, isso irá se tornar um problema maior futuramente.
  10. Pense nas coisas que você perde com seu comportamento consumista, no quanto isso afeta suas relações, em quantos lugares bacanas você deixa de ir, no futuro que você deixa de planejar e no quanto o pós-compra te deprime. Isso se chama motivação pela dor.
  11. Faça mais programas caseiros, chamar os amigos e dividir as tarefas da noite é super justo, além de interativo, cada um pode levar um prato ou pagar metade da pizza.
  12. Explore os recursos, faça viagens curtas, conheça sua região, experimente coisas mais simples, você vai se surpreender com as emoções que um simples picnic pode proporcionar. Nos acostumamos erroneamente a procurar felicidade em luxos. Esse ano experimente algo diferente disso.
  13. Caia na real, seus hábitos de consumo são coerentes com o seu estilo de vida? Precisamos nos monitorar quanto a isso, muitas vezes a intenção é positiva, talvez demonstrar um certo poder aquisitivo (que não se tem) seja uma defesa à deficiências emocionais muito íntimas e nunca antes exploradas. Avalie isso de maneira sóbria e entre em ação contra esse sentimento, afinal de contas, máscaras desse tipo caem muito rapidamente e sempre nos expõem ao ridículo. Quase sempre no intuito de tapar um buraco acabamos caindo em outro maior. Lembre-se, você não precisa provar nada pra ninguém.

Experimente esses passos e caso não consiga sozinho peça ajuda profissional. Terapia e técnicas alternativas não são motivo de vergonha, vergonha é cair e ficar beijando o chão.

Abraços apertados! Se cuidem.

Bel Ramalho – Coach Executivo e de Vida.

Share Button

Prosperidade. 10 Passos para um 2017 poderoso!

Share Button

Olá Bauzetes e Bauzeiros!

Começamos 2016 falando sobre as 4 Leis Indianas e os benefícios de sua prática, quem leu leu, quem não leu pode clicar aqui.

Esse ano vamos falar novamente sobre PROSPERIDADE. Dessa vez com uma abordagem diferente. Então já sabe, papel e caneta na mão, anote tudo que fizer sentido pra você e crie oportunidade para praticar o quanto antes.

Prosperidade é um estado de progresso, que promove sensação de contentamento e ao contrário do que geralmente pensamos, não está ligada somente ao dinheiro, este estado de contentamento e satisfação pode ser físico, financeiro, emocional ou ambos.

Prosperidade está intimamente ligada ao otimismo e eu não vejo maneira mais prática de se tornar uma pessoa positiva do que tendo experiências maravilhosas na vida.

Como podemos nos proporcionar isso? É simples, experimentando coisas novas. Quando você ousa fazer diferente o resultado muda e a mudança em si, pra quem está estagnado, já tem sabor de prosperidade. Pense nisso.

Alguns passos práticos para se tornar uma pessoa próspera:

1. Experimentar novas escolhas. Comece com novas combinações de roupas, novos lugares, novos hábitos de consumo.

2. Seja menos resistente ao otimismo. Se tiver dificuldades com isso leia esse artigo aqui.

3. Abandone o que é velho, velhos objetos, velhos hábitos, velhos padrões de pensamento, velhas companhias, velhas zonas de conforto desconfortáveis. Isso vai ajudar com os dois passos anteriores.

4. Olho do dono engorda o gado, onde você colocar seu foco, você vai prosperar, então se quer muito uma coisa pense naquilo, leia sobre aquilo, imagine aquilo acontecendo o tempo todo (tela mental positiva), faça esforços e sacrifícios.

5. Você não precisa esperar até que vença os medos, você pode começar  enfrentando-os, ser positivo ou agir como se fosse durante um tempo vai te ajudar com isso.

6. Ter prioridades. O que é mais importante para você nesse momento? Quanto tempo ou energia você tem dispensado nisso?

7. Aceite que não há nada de egoísmo em protagonizar, talvez para isso você precise deixar coisas e pessoas pelo caminho, mas como recompensa alcançará muito mais do que o esperado.

8. Diga não aos seus controles rígidos. Muitas vezes a melhor solução ou o caminho certo está em algo que jamais imaginamos. Já pensou que você pode estar impedindo o seu próprio progresso?

9. Escolha palavras para seu novo ano, por exemplo: CONQUISTA. Agora crie uma crença positiva para ela, por exemplo: EU TENHO UMA CRENÇA, EU NÃO PARO NO CAMINHO! ou ainda FELICIDADE, EU TENHO UMA CRENÇA, 2017 VAI SER MELHOR QUE 2016. Essas crenças funcionarão como um combustível para seguir caminho e como antídoto quando maus pensamentos vierem a tona, além de energeticamente serem decretos de prosperidade.

Lembre- se sempre do poder das palavras, eu crio enquanto falo. Abracadabra!

10. Escreva sobre isso, mantenha um diário de auto monitoramento, escreva as coisas ruins e boas que sente, procure manter o foco no positivo, escreva sobre o que quer e não duvide disso. Tudo que é escrito ganha performance, pensamentos e ideias são etéreos, vai ser bom você trazer as coisas para o plano físico, para aqui e agora.

Faixa bônus: Não superestime as dificuldades. Talvez você já tenha feito isso d+.

Pronto. Você está apto para um 2017 de muita luz!

Um montão de beijos e abraços apertados! Se cuidem e Feliz Ano Novo!

Bel Ramalho – Comunicóloga / Coach Executivo e de Vida

 

Share Button

TAG Meus Pincéis

Share Button

Olá Bauzete, tudo jóia?

Vamos dar continuidade à série de TAGs que rolaram no Instagram @blogbauhype e que trouxemos p/ cá. Hoje vamos falar sobre pincéis de maquiagem. 😉  Essa TAG foi elaborada pelo grupo Unidas Blogueiras:

TAG Meus Pincéis

1 – Esfumar e Sombra: Gostou muito de esfumar com o da Vult, o da Pausa para Feminices e um pequenininho da O Boticário. Para aplicar, gosto do Panvel Isabela Capeto, o da Belliz e mais um da coleção do Boticário, que tem o tamanho perfeito p/ carregar na bolsa.

pinceis de maquiagem esfumar e sombra

2 – Pó, Blush e Contorno: não tenho para contorno pq não sei fazer rsrs Vou recomendar esses da Panvel Make Up Gold. Têm preço acessível, são lindos e de ótima qualidade. Adoro!

pinceis maquiagem po blush panvel make up

3 – Base e corretivo: Gosto de aplicar base levinha ou BB Cream com o Duo Fiber nº11 da Vult que conheci em um workshop de automaquiagem com os produtos da marca. Para uma base mais densa, uso o kabuki chanfrado nº08 e para o corretivo uso o lingua de gato nº05 tb da Vult.

pinceis de maquiagem base corretivo vult kabuk chanfrado lingua de gato duo fiber

4 – Delinear: Não tem melhor que o nosso amigo chanfrado. Uso na pálpebra, linha d´água e p/ preencher as sobrancelhas. Tenho vários mas esses são os queridinhos: Vult nº2, Panvel Make Up Gold e Yes Cosmetics.

meus pinceis maquiagem delinear chanfrado

5 – Acessórios e acabamento: Vassourinha p/ tirar a sombra extra que cai sem querer no rosto, escovinha para deixar cilios sem pelotes de máscara e sobrancelhas no lugar, pincel para batom para deixar o contorno mais certinho, kabuki p/ aquela finalização com pó e esponjinha para aplicar melhor a base.

meus pinceis maquiagem acessórios acabamento

6 e 7 – Como higieniza e onde guarda: Guardo todos em um baldinho e higienizo com esse produto da Dailus Pro ou lavo com sabonete antibacteriano, esfregando nessa escovinha especial. Sempre nessa hora ouço a voz da Paola Gavazzi dizendo Bee, não faz a porca! ahaha Não faço, Paola! Se te uma coisa que eu adoro é lavar pincel, juro! P/ mim é uma terapia. =)

meus pinceis porta-pinceis maquiagem dailus pro higienizador pinceis

Espero que tenha gostado das sugestões de pincéis p/ maquiagem!

Vc tem algum p/ recomendar? Me avisa nos comentários. Vou gostar de saber!

Bjks,

Giane Carvalho

 

 

Share Button

Você é a média das cinco pessoas com as quais mais se relaciona.

Share Button

Olá Bauzetes!

“Diga com quem tu andas que eu te direi quem és…”

A frase é um ditado popular bastante antigo e muitas vezes é interpretada como preconceituosa. Alguns podem insistir em argumentar que mesmo em más companhias jamais se perderam e outros ainda que bem relacionados nunca obtiveram sucesso… A minha resposta vai ser sempre a mesma:

De fato é a sua mente e suas escolhas que vão determinar seu caminho, mas repare, no mínimo um gestual ou vocabulário você vai herdar das companhias…

Isso é um movimento natural e parte inconsciente, por isso muitas pessoas não conseguem notar quando acontece. Ir contra essa natureza é como tentar tapar o Sol com a peneira.

“Você é a média das cinco pessoas com as quais passa mais tempo.” – Jim Rohn

As cinco pessoas com quem você mais se relaciona irão determinar a forma como você pensa, a forma como você se comporta e a forma como você se prepara para seus resultados de vida.

Quando falo sobre sermos a média dessas pessoas eu estou falando sobre hábito, mais do que uma simples inclinação ou disposição para agir de uma determinada maneira, é um comportamento adquirido, quase sempre pela frequência de repetição de um ato.

Logo se você se relaciona a maior parte do tempo com pessoas de hábitos e emoções nocivas ou simplesmente fracos, você tende a repetir aquilo ou parte do que tão constantemente vê e vive junto com seu ente. Entretanto se você se unir aos prósperos, mais chances de ser próspero você também terá.

11053392_995080700511195_425261007241765793_nBasta pensarmos em quantas vezes algum amigo influenciou uma escolha, nos estimulou ou desestimulou, drenou ou nos colocou energia. Quando isso acontece é o sistema de crenças dele interferindo nos nossos resultados, seria muito bom se nos cercássemos sempre de pessoas com crenças positivas ao invés de limitadoras.

Não estamos falando sem selecionar suas companhias por padrões financeiros, estereótipos físicos ou coisas do tipo. Prosperidade e plenitude vão muito além disso.

Você pode escolher estar perto de alguém pelo simples fato de que ele é uma pessoa de emoções sadias e você se inspira com isso, um outro eleito pode ser bastante esforçado em construir riquezas, esse pode te ensinar os caminhos, ainda outro amigo pode ser muito simples mas viver em plenitude, ou é cheio de estilo, nós espelharemos isso… Pessoas vibram todas as energias que experimentam e nós fazemos a correspondência delas.

Ser parte de um grupo é uma necessidade básica do ser humano, o senso de pertencimento é empoderador. As nossas relações sociais podem ser construtivas ou destrutivas, pense a respeito…

13432236_1199779993374597_8620798757345077254_n

Seus relacionamentos estão te promovendo ou te adoecendo? Você se sente preso a eles de alguma maneira? Saiba que isso está acabando com a sua história…

Te convido a fazer um exercício:

Seus amigos tem sido boas âncoras para você? E você, que impacto tem sobre a história deles?

  1. Liste suas cinco mais frequentes companhias.
  2. Liste quais hábitos você adquiriu dos mesmos e depois novamente liste se gosta desse saldo ou não.
  3. No final de tudo mantendo o foco no positivo, pense no que de bom essa pessoa pode te inspirar e se esse sentimento é forte suficiente para vencer possíveis pontos negativos listados anteriormente.
  4. Se sim pense em como pode retribuir este bem e se não, reveja a presença desse ente na sua rotina, você pode escolher deixa-lo entre os seus, mas talvez não com tanta proximidade e frequência, pode ainda decidir oferecer-lhe ajuda, lembrando que você só consegue êxito em ajudar alguém que queira ser ajudado.

Torço para que algo nisso tudo faça sentido para vocês em algum momento de suas vidas e vocês possam construir relações cada vez mais sadias e empoderadoras.

Fiquem com Deus e se cuidem!

Beijos!

Bel Ramalho – Comunicóloga / Executive & Life Coach

 

Share Button

Que estilo é esse? Conheça o Minimalismo

Share Button

Olá Bauzetes!

Me descobri minimalista depois de quase 30 anos me vestindo e consumindo o estilo que hoje está entre os mais citados pelas fashionistas. Já conhece? Não? Então vem comigo 😉

Primeiro, o que é Minimalismo? É um conceito muito próximo do slow fashion/consumo consciente, quase um estilo de vida, o objetivo é otimizar o consumo, com poucas e boas peças que sejam atemporais, também gostamos de otimizar tempo, então nossas roupas precisam ser práticas e versáteis, geralmente nós minimalistas fugimos das tendências passageiras e complicadas.

As combinações mais presentes nos looks minimalistas são: Muito all black, cinza, muuuuito cinza, azul-marinho e marrom.

17df9225d7954a964ca16a1c07a183c3 8b64ba715b91a46c12581ae3438e52482fc46bf80401316e9c0bf2366843de17b6915f8eda7a45c1a673fee5a73e0281b19661ab6a50742777854d24a31ef4e479990e1d0b8499c1c461df9c94f2f038ebb61a7beeb560fa01a614b649acd475316b4479c54af0a5c3d6fefa986ff2a5novoc9e4aa05bd2b42d27f9178433feb38ad54a3bd7ba8f9a15d0337c6ad044b98ec

As estampas, quase sempre são listras ou escritas…

ab36dd89ec604c259045b35e6a5187873c06a79e57275c6ee8fd6da0adfa833dfad9ba0b863885a04e4f5729f4517ff5ootd

Os acessórios são pontuais, relógio, colar finíssimo ou pesadão, tênis branco, botas curtas e maxi bolsas, são suficientes.

027d6dc7be3dad74b9197404fe214886 811693ec004f269f9cd645be1161d6acteniscolar1670d56dd89c70e457874ca5ec0f28eea3ea1d9e9142c66087d3fa3bdb12920a

Qual a diferença entre Minimalismo, Básico e Normcore? Visualmente quase nada, apenas algumas exigências. O Minimalista faz questão de estilo, o Básico de ser discreto e o Normcore de estar confortável.

Abaixo, em ordem, looks de inverno Básico / Normcore / Minimalista.

58f339ca5d19ca35c0462e4557792ff2e094a313db95d31b729ea72317a2f6e9  8cbdb96b59abcf6fe4848195806050a5

Novamente: Básico / Normcore / Minimalista.

minimalistajeansf077665997702a0591a743a332379500ffaa80d001097804fd266a67c0262bfd

Na prática, a diferença entre eles pode estar na modelagem, oversize e cortes geométricos marcam presença.

 

1e2143c1c72b8ff37d2ddddb6f6182a7e9873e819104e2b391b67fc727ddd0ab minimcd0fe48bef14ace988097c34c655532d3d6d58a81e5fd65fb76627cf199a763b

Um cabelo estiloso, tatuagens bacanas, a make ou ausência dela, também conferem ares minimalistas a produção antes básica.

46a3ee6782d1d4f1f8a7e24fe846cf62 6c8e6dd4603dc76dd75b1b460fe38784 298a26ff198d8c892c74ed39bd9e620fcdd5e5aeef2e163aadee6f5593f05ec9f79484ab6bb45d649c3230051397b0de

Dá pra ser minimalista no escritório…

aca3c2b38d38242418b098079ab0c2d6ce6a52612c10a6fcaceb1bc887ac71efb1dee92364d182bea611b988abf864c891daae23d0d9c3755c129417294d998c

Na academia…

de6e89cdb19f56991d0ea98cc2e7196afit

E até num tapete vermelho…

red

Eu uso, eu gosto, eu incentivo!  Quero saber de vocês, deixem seus comentários, uma dica… Sei lá, um oi…

Beijo! Fica com Deus e se cuida Bauzete!

Bel Ramalho

Share Button

Testei: Demaquilante e Batom Essenze de Pozzi!

Share Button

Olá Bauzete!

Passando rapidinho só pra contar pra vocês sobre essas duas belezinhas. Chegou um super Press Kit da Essenze pra gente e cada bauzete ficou com dois ou três presentinhos, eu escolhi o demaquilante e esse batom, então bora lá que é jogo rápido mesmo 😉

Sobre o demaquilante: Muito bom, remove imediatamente, necessita não mais que duas passadas pra remover uma sombra poderosa, não me deu alergia, não resseca a pele e embora pareça oleoso não é. Super recomendo.

IMG_20150816_224102859O batom: Geeeente, é o batom S.O.S, ele fica na minha bolsa, transita facilmente da balada para o trabalho e sempre me socorre naquela hora do ” Vamos tirar uma foto?” Fazia muito tempo que estava procurando uma cor educada e elegante para usar no trabalho que não fosse nude. Ele me da aquela cor de boca saudável, aquela que as pessoas ficam tentando adivinhar se é batom ou não. Aplicação super fácil, textura hidratante embora não prometa, durabilidade nota 10. Já ta no toco e vou comprar mais um. A cor é a nº 23 levemente shimmer.

IMG_20150816_224525694Hoje é isso! Fiquem com Deus e se cuidem!

Bjos!!

Bel Ramalho.

Share Button

Testei: Shampoo e Máscara Coiffer Indiano – Manutenção de Progressivas.

Share Button

Fala Bauzete!

Press Kit bacaninha que até já acabou e só agora criei vergonha na cara para resenhar.

Produto realmente muito bom, com textura e cheiros bem diferentes dos nossos brasileiríssimos, cheguei a estranhar no início.

P_20151129_225315

Sobre a Máscara: Textura de pomada, lembra vaselina, bem firme e rende muuuuuuito, bastam dois dedinhos para uma hidratação poderosa, costumo hidratar no banho, então não passo mais que 5 minutos com o produto no cabelo, acredito que seguindo a orientação de deixar agir por 15 minutos o resultado seja ainda mais fantástico.

Hidrata, sela e parece proteger o fio, quem como eu tem raiz oleosa não se preocupe, se exagerar claro, ela mela, mas já abusei passando próximo a raiz e não tive problema. Realmente cumpre o que promete, minha progressiva manteve-se firme e forte por mais tempo, deixou os fios mais alinhados sem pesar e com aquela carinha de cabelo saudável. O cheiro é uma delicia, parece incenso.

P_20151129_225416_BF

Shampoo: Não é assim um suprassumo…  Tanto a textura quanto o cheiro dão a impressão de algo bem aguado, limpa os fios, não resseca masssss você fica com a sensação de ter que lavar novamente com outro shampoo, é algo apenas sensorial, ele limpa sim. Esse tom de azul não me apetece, mas em suma achei a melhor dupla para a máscara que também funciona muito bem se usada em conjunto com outros shampoos. P_20151129_225509_BFResumo da ópera: Senti meus cabelos mais alinhados e com os fios bem soltinhos e saudáveis, parecia até que tinha mais cabelo e que os fios estavam mais obedientes.

Por hoje é só. Beijão e se cuidem!

Bel Ramalho.

 

Share Button

6 toques de estilo que você pode dar no seu look usando aquilo que já tem em casa!

Share Button

Olá Bauzete!

Inicio de ano, muitos gastos novos e velhos, com isso é bom dar uma segurada nas compras.

Vão ai algumas dicas para você dar um toque de estilo no seu look, gastando pouco ou nada.

1. Vire seu colar. Sim, use seu colar longo, médio ou em Y virado para trás, o ideal é que seja daquele modelo sem fecho, mas se tiver um simples e delicado sem problemas, se sobrar um restinho de corrente nele, você pode colocar um pingentinho e enfeitar o fechamento. Esses colares triplos também são legais para isso, deixe a primeira volta no lugar e jogue as outras duas para trás. Use com decotes traseiros e blusinha basicona. Onde encontramos? Na Moon Chic e na Loja Ponto Rosa tem vários e lindos.

f0aa953ed432d1d3fba3c226c4fab7a2 colar 3b69060fa7cb10752c8723d82e39f688

2. Dê um nó na sua camiseta velha. Na nova, na saia, em tudo… Amo nó, me amarro nas amarrações.

2fe924d9c858c1b91a17468c2986d447 04a8bd958cf83fbf1845aa6844850e79 81ff8f7b474cc153dd96c148d2f95ef1 No-na-barra-thumb

3. Dobre a barra da sua calça, esqueça a assimetria, pode enrolar dobrar, virar… Vale pra jeans, mas vale tbm para outros tecidos.

d9fb3ac38eacaa78a48d5cf1c1579873 e2867900587b63a9370ec464cc8f226d ffc3aa3ba7c950172229c45fcea92eb4 1369fffff853574e7854771634a9cb73 calça

4. Use tênis. Pra mim isso está sendo diferente e proveitoso. Conforto e estilo na medida. Sugiro ousar na combinação, pega um look nada esportivo e mete o pé.

9b98a7a4d1605cba28bc16ec8acf44d9 ba16da7e7269bcaee4f0087daae770a5c9d2c396a62bac733f78421ed11d4aacc9e4aa05bd2b42d27f9178433feb38ad

5.  Use dois cintos, três colares… Essas coisinhas fazem diferença no visual, sou super adepta.

1917139_767514456725301_8922081791974535834_n

Essa dos cintos sou eu hehehhe

11162440_868411073218269_6059656818540962685_n

6 . Use suas blusas de trás pra frente, as suas, do papai, do marido, do irmão…  Não precisa abandonar o soutien, pode usar um modelo de Invisible desses que você encontra baratésimo na loja do Chinesinho da praça. Ai mete o colar jogado pra trás, já era! Confesso que essa eu ainda não usei, não me adapto com a frente sufocante…

camisa-virada-street-style paris-str-s14-391-681x1024 vivienne-westwood-shirt-stella-mccartney-skirt-outfit-paris-oracle-fox-6

Por hoje é isso. Fiquem com Deus e se cuidem!

Beijos!

Bel Ramalho

Share Button

As 4 Leis Indianas para um 2016 de realizações!

Share Button

Olá Bauzetes!

Um novo ano começou e é um excelente momento para dar aquele start e sair da procrastinação. Para ter um ano produtivo, sem sombra de dúvida nossa primeira necessidade é termos dias tranquilos.

Os indianos têm ensinamentos que são aplicados em processos de Coaching, um deles são as 4 Leis Indianas, algumas máximas que envolvem grande aceitação, um sentimento primordial para viver em paz e se empoderar.

elefante-2

A primeira lei diz: A pessoa que vem, é a pessoa certa: Isso significa que qualquer pessoa que chega cruza nossa jornada, é a pessoa certa para aquele momento e por mais estranho que isso pareça é a mais pura verdade, até mesmo aquelas presenças que consideramos indiferentes ou nocivas, surgem ou ressurgem em determinado momento para algum novo aprendizado ou experiência.
Se elas ficam ou passam e o quanto nos permitimos acessar por elas, é nossa tarefa de sobriedade. O importante é saber que aquela vida não cruzou a sua por acaso. Gratidão por isso, seja como for, a pessoa certa chega na hora certa.

Segunda lei: Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido:  Ainda mais intrigante a segunda lei fala sobre sorte ou azar? Negativo!

Segundo a visão indiana tudo o que se passa no universo acontece da maneira certa, na hora devida, em perfeita sincronia, parece difícil pensar sobre isso quando estamos vivendo uma grande perda ou um outro momento doloroso. Mas veja, diante de uma tragédia por exemplo, algo saiu fora do esperado, por negligência, por fatos naturais, enfim, naquelas condições aquilo era o que poderia ter acontecido… Ai mora a ressignificação e a anulação de culpas, acabam-se os “e se…” que são tremendos bloqueadores de futuro.

Terceira lei: Toda vez que algo se iniciar é o momento certo: Sempre que se começa alguma coisa, está na hora certa. Nada ou ninguém começa algo atrasado, nem adiantado. Quando estamos verdadeiramente prontos para iniciar algo novo em nossas vidas é que as coisas vão acontecer, pode não parecer a hora perfeita, propícia, mas algo há de especial nesse momento.

Quarta lei: A história acaba quando termina: Quando algo terminou, ele realmente acabou. A cultura indiana ensina que não é auspicioso levar aquilo em mente, fomentando emoções desnecessárias. Não se deve preocupar ou pós ocupar, com uma coisa que já teve seu fim, seria dispensar energia vital com algo morto, essa energia que realiza e que constrói.

De fato nada na vida é definitivo, tudo pode acontecer ou ser novamente, mas de maneira nova, até mesmo porque nem nós, nem o mundo ao nosso redor somos os mesmos. Diariamente somos diferente do que fomos. Então por hoje, desapego, amanhã é um outro dia.

Sendo capazes de compreender essas lições, aprenderemos a confiar na inteligência do universo e termos uma boa relação com ela.

Independente dos fatos, pessoas e situações, o que importa realmente é como nos relacionamos com todas esses fatores e o quanto assumimos o nosso 100% de responsabilidade sobre isso.

Para mim, todas essas leis falam sobre vivermos no tempo presente…

Gosto da idéia de que o futuro é a nossa verdade imaginária, quando enfim o possuirmos ele vai se chamar hoje, portanto viva no tempo presente. Ressignifique, empodere-se e você viverá novas e melhores experiências em 2016.

Feliz Novo Ano!

Beijos! Fiquem com Deus e se cuidem!

Bel Ramalho – Comunicóloga / Executive and Life Coach.

 

Share Button

Como não se tornar influenciável.

Share Button

Olá Bauzete!

Hoje o nosso papo é sobre Influência.

índice

É muito importante termos uma personalidade bem definida e comportamentos pautados em nossos valores.

Acontece que muito frequentemente alguns de nós começam a agir de maneira diferente, influenciados ainda que inconscientemente por outras pessoas ou situações.

5hho7l588tme9bg7jzwvyel07Algumas vezes essa influência é positiva, isso se chama inspiração. Maravilhoso, ok! Mas em grade parte é negativa ou simplesmente des-ne-ces-sá-ria.

demonioPequenas atitudes que geralmente passam despercebidas por nós,  deixam claro para o resto do mundo como somos ou nos tornamos frágeis e manipuláveis e isso não é nada bom, pois nosso comportamento vai determinar a forma como nos projetamos socialmente.

Os famosos “Maria vai com as outras” geralmente são pessoas com baixa autoestima. Tendem a mudar de opinião, gosto ou comportamento frequentemente de acordo com o momento, ambiente ou roda social em que se inserem. É fundamental que saibamos nos adaptar, mas esses fatores não têm poder e não podemos permitir que tenham força suficiente para movimentarem atitudes contrárias à nossa personalidade, quando não agimos de acordo com o nosso verdadeiro eu, ao contrário do esperado, a convivência se torna incomoda, sem graça e artificial…

Em alguns casos o que parece inocente toma proporções muito prejudiciais, alguns indivíduos chegam a fazer escolhas importantes de vida, como por exemplo, escolher uma carreira, pautados na vida profissional de um conhecido ou opiniões de terceiros.

Mudanças são sempre bem vindas, elas são o acelerador e o freio da vida, contudo não se pode trair a própria essência. Quando você se pegar deixando de lado suas opiniões e gostos é hora de pensar:

  • Estou querendo agradar a alguém mais do que a mim mesmo e faço isso modificando meu corpo, ações e opiniões?
  • Frequentemente me comparo com outras pessoas e sinto necessidade de ser como elas ou ter o que elas têm?
  • Minhas opiniões diferentes fazem com que eu me sinta menos parte, ameaçado ou inferior?
  • Minha mudança é verdadeiramente uma escolha somente minha?

Podemos estar sendo influenciáveis em vários aspectos:

Acontece muito nos relacionamentos: Meninas E meninos, por favor, não se preocupem tanto em se apaixonar pelas preferências dos seus parceiros, acreditem, quando verdadeiramente eles se apaixonam, é justamente por aquilo que, diferente deles, encontram em vocês. Sua parte na relação é apenas respeitar e conviver tolerante e pacificamente com os gostos do outro, claro, quando saudáveis.

Não percam tempo tentando fazer o tipo de alguém, seus atributos se autênticos e originais serão o suficiente.

Nas amizades: Vocês não precisam agir de maneira inconsequente e fora dos seus padrões de valores para se sentirem iguais ou melhores que os demais.

No trabalho: Para conquistar a confiança de um chefe você não precisa parecer um gêmeo univitelino dele.

Entre nós e nós mesmos: Policie-se contra sentimentos como a comparação e a inveja.

Não se cobre tanto.

Honre e respeite a sua historia.

Honre e respeite a história do outro.

Reconheça e acredite nas suas virtudes

Reconheça e trabalhe as suas limitações.

Que nós saibamos conservar sempre o dom de honrar a nossa historia. Quando queremos apenas ser quem o outro é, fazer o que o outro faz ou ter o que o outro tem, não estamos respeitando a nossa essência.

Quando somos fiéis a tudo que VERDADEIRAMENTE somos é que obtemos os nossos melhores resultados.

Pense a respeito. Em que aspectos da sua vida você está se permitindo influenciar?

Por hoje é só! Fiquem com Deus e se cuidem.

Bjos! Bel Ramalho – Comunicóloga/ Executive & Life Coach

Share Button