Arquivo da Categoria: Estilo

Bolsas versáteis para o verão

Share Button

 

Olá amigue que passa pelo Baú, tudo bem?

Hoje vamos falar sobre a bolsa, acessório importante para os dias de verão, afinal ela é a salvadora para guardar o protetor solar, óculos, celular, batom e outros itens que precisamos em nosso dia a dia. Há algum tempo ela ganhou versões despojadas que a tornaram alvo das maiores grifes nacionais e internacionais durante este período.

Para escolher a bolsa mais adequada, além de estilosa é necessário que ela também seja versátil para ser utilizada em mais de uma ocasião e ir da praia ao asfalto. A consultora de moda Thais Morethzson nos traz algumas opções:

Bolsas de palha – Chegaram com tudo. Ao escolher um modelo moderno, você poderá utilizar tanto para a praia, como para um dia de trabalho, basta saber escolher uma opção de tamanho médio e de estrutura mais fechada.

Fonte: Aliexpress

Fonte: Renner

Fonte: Garotas Estúpidas

Bolsas de plástico – Foram sucesso em 2017 e continuam em alta neste verão. Verifique se ela não é muito transparente. Se for, convém usar alguma nécessaire para “esconder” alguns itens. Ela poder ser utilizada em almoços ou passeios ao ar livre .

 

Fonte: Blog Mundo da Jess

Fonte: Merat

 

Fonte: Store Latina

Fonte: Ebay

Bolsa de Crochê – Também pode ser uma opção criativa e fácil de combinar em qualquer ocasião. Porém ela é mais fácil de segurar a sujeira, então garanta que todos os itens internos estejam protegidos corretamente. Cai super bem para um dia no shopping ou um passeio com a família.

Dolce & Gabbana

 

Fonte: Catarina Mina

Fonte: Fashion Bubbles

Bolsa de corda – Muito funcional e pode ter diversas estampas. Ela é extremamente versátil para a praia e também para o dia a dia. Quem precisa de uma bolsa maior, principalmente mães que correm para todos os lados, esta é a versão que será mais utilizada em um pós-verão. Cabe tudo o que precisa e é só amarrar um lenço em uma das alças e já terá um ar mais urbano.

Fonte: Etsy

Fonte: Etsy

Bjks,

Gi

Fonte: Thais Morethzson é Formada pela Faculdade Anhembi Morumbi em Negócios da Moda e fez especialização em consultoria de moda. Thais participou da conceituada semana da moda de São Paulo (SPFW) , além da Prêt-à-Porter e outros grandes desfiles. Hoje assina looks de mulheres que são referência no mercado,tal como o da modelo e apresentadora Gianne Albertoni e a apresentadora Rosana Jatobá.

Share Button

Renner lança 130 peças com matérias-primas sustentáveis

Share Button

Olá pessoa antenada que passa pelo Baú, tudo bem?

Estamos gostando de ver as grandes redes entrando na onda da sustentabilidade. ♥

Já falamos sobre a coleção circular da C&A e hoje vamos falar sobre a Renner.

A varejista desenvolveu junto a fornecedores peças confeccionadas com componentes menos impactantes ao meio ambiente para incorporar às suas coleções.

Desde setembro as lojas recebem produtos femininos, masculinos e infantis com tags explicativas indicando o uso de duas matérias-primas sustentáveis: o fio reciclado e o liocel. As tags descrevem as características dessas matérias-primas.

“Queremos informar cada vez mais os clientes sobre o tema para incentivar o consumo de roupas que tenham apelo de moda, mas que sejam produzidas com componentes menos impactantes ao meio ambiente”, afirma o gerente sênior de Sustentabilidade da Lojas Renner, Vinicios Malfatti.

No total, são 130 modelos distribuídos nos departamentos feminino, masculino e infantil. Em volume, a quantidade de peças feitas com matérias-primas sustentáveis em 2017 chega a 500 mil. Os produtos estão disponíveis tanto nas lojas físicas como no e-commerce (www.lojasrenner.com.br).

No feminino há vestidos, blusas e calças, por exemplo.

No masculino, bermudas, camisetas e regatas. Já no infantil, as peças incluem vestidos, batas, camisas e shorts.

FIO RECICLADO: Matéria-prima originada da reciclagem de material têxtil e/ou PET para a criação de um novo tecido. Segue o princípio de economia circular, em que os resíduos têxteis são desfibrados e recolocados no processo produtivo.

LIOCEL: Fibra celulósica, de origem renovável, extraída da polpa de madeiras certificadas, adotando processos mais eficientes na utilização de recursos naturais e menos impactantes.

A iniciativa da varejista de desenvolver roupas com matérias-primas menos impactantes ao meio ambiente está ligada ao plano estratégico de sustentabilidade da Lojas Renner e envolve uma série de outras ações.

Dentro do conceito de fechamento de ciclo da economia circular, as cortinas dos provadores convencionais e as sacolas que auxiliam os clientes durante sua experiência de compra na Renner passam a ser substituídas por modelos fabricados com fio reciclado, reaproveitando resíduos têxteis gerados por fornecedores.

Além disso, a companhia está associada à Better Cotton Initiative (BCI), organização internacional que promove melhores práticas na produção de algodão, certificando as propriedades rurais e a cadeia de fornecimento nos requisitos de responsabilidade socioambiental. A previsão é de que este ano pelo menos 5% do total do algodão usado nas peças da Renner será certificado pela BCI. Em 2018, este número aumentará para 15%.

Os avanços da Lojas Renner no campo da sustentabilidade representam um processo de transição para a economia circular, que é regenerativa, restaurativa e pretende manter constantemente produtos e materiais em seu mais alto nível de utilidade e valor. As ações nesse sentido são desenvolvidas em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e também com a Ellen MacArthur Foundation, com o propósito de construir soluções sustentáveis dentro do setor de vestuário.

Renner arrasou!

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

App te ajuda a escolher o look ideal

Share Button

Olá pessoa amiga que passa pelo Baú! Tudo bem?

Hoje temos uma dica de app que vai te ajudar a montar um look.  É o Help To Dress – Vista-se feliz.

Foi criado pela consultora de imagem e fashion stylisting Gabriela Saldanha.  Ela é ex-sócia da famosa pop-up Misturinha e habitué do cenário nacional da moda.

O app promete ajudar as mulheres a “fazerem as pazes com a moda”. Por meio de um mecanismo intuitivo, simples e personalizado, a usuária gera um perfil que atende as suas necessidades de tipo de corpo, estilo pessoal, estilo de vida e até neuras. Através de uma cuidadosa curadoria, o aplicativo ajuda a mulher a encontrar a roupa ideal para ocasiões específicas dentro de suas particularidades, indicando peças que podem ser compradas online ou nas lojas físicas de marcas renomadas como Mixed, Animale, Arezzo, Riachuelo, TVZ. Tudo muito fácil e bem-humorado.

O lançamento oficial será feito no evento blastU – o primeiro Festival de Empreendedorismo e Tecnologia do Brasil, que acontece no Pavilhão da Bienal, nos dias 16 e 17 de outubro. Na ocasião, Gabriela e seu sócio Fred Saldanha, que atualmente moram em Nova York, estarão presentes para apresentar a nova empreitada.

A aplicativo é gratuito e já está disponível para download nos sistemas Android e IOS.

Vamos testá-lo? 😉

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Conheça a Vista Verde Ecostore

Share Button

Olá queridos que passam pelo Baú, tudo bem?

Hoje temos uma novidade maravilhosa! Fizemos parceria com a Vista Verde Ecostore, loja de Guaratinguetá que tem tudo a ver com os valores de consumo consciente e sustentabilidade que divulgamos no blog.

Segundo a gerente e proprietária Cláudia Fernandes, a loja existe há 2 anos e trabalha com roupas e acessórios ecologicamente corretos. Todas as peças contam uma história, ou seja, trazem informações de como e por quem foram produzidas e com quais materiais, geralmente naturais como algodão ou reaproveitados, que iriam para o lixo mas tiveram um aumento da vida útil transformando-se em outra coisa.

Veja alguns exemplos de produtos que você encontra lá:

Carteiras Jullia Tedesco feitas com retalhos e lona de cama elástica

Bolsa Jullia Tedesco feita com fita de Slack Line e persiana

Colar Jullia Tedesco feito com corda ou alma de escalada

Bijus da Design Natural, feitas com fios de algodão

Peça da Tiê que durante o processo de fabricação, utilizou amaciante feito a base de casca de arroz

Mochila Cooperárvore feita de cinto de segurança e tecido de estofamento de carro doado pela Fiat

A malha da camiseta foi feita de fios de garrafa pet e algodão orgânico. É incrivelmente macio e confortável.

Lancheira térmica Maantiquira feita com tecido sustentável EcoSimple e couro vegano.

Carteiras feitas de fitas VHS e algodão, em tear manual

Blusas de malha de bambu que tem a textura mais gostosa de todas ♥

A loja tem também peças infantis feitas de algodão e coloridas com corantes naturais e peças masculinas.

Uma coisa importante é que as peças da Vista Verde não são de modinha. São peças clássicas, atemporais e com tecidos que duram anos. São para quem respeita o planeta e o seu bolso, que conhece as consequências do lixo gerado pelo consumismo e por isso prefere algo de qualidade que demore para ser descartado. Quando for, causará o minimo ou nenhum dano para o meio ambiente. ♥

A Cláudia traz pouca quantidade de cada peça, então pode ser que quando você for visitar a loja, as que mostramos no post não estejam mais disponíveis. Mas sempre tem novidade! Acompanhe pelo instagram @vista_verde_eco e page no Facebook. 

Não é mesmo um amorzinho de loja? 😉 Fica na Avenida João Pessoa, 1189, loja 14, Best Center (aquele centro de compras no Pedregulho, perto da Sabap), Guaratinguetá- SP.

Quem não for de Guará e gostar de alguma peça, é só falar com a Cláudia que ela envia pelos Correios.

Ah, e logo faremos um sorteio lindo para celebrar essa parceria e envolver você que nos acompanha. Siga o insta do blog @blogbauhype e o da Vista Verde @vista_verde_eco que logo postaremos as regrinhas para você tentar levar esse duo de acessórios da Design Natural:

Logo faremos sorteio desse duo da Design Natural. Fique de olho no insta do Blog e da Vista Verde Ecostore. 😉

Gostaram?

Nós adoramos e estamos felizes em trazer essa novidade para vocês. Agradecemos à Vista Verde Escostore por estar conosco.

Bjks,

Giane Carvalho

 

Share Button

Armário Cápsula – Etapa 1 na prática!

Share Button

Olá Bauzetes e Bauzeiros! Muitos se animaram a fazer o Armário Cápsula depois desse post aqui ó… Então eu voltei para compartilhar como está sendo minha transição de um armário normal bastante econômico para um que é minimalista de verdade.

Recapitulando: O seu armário tem que ter a sua cara, atender as suas necessidades e fazer sentido pra você. O número de peças é uma escolha sua, os itens que entram ou não, são uma escolha sua, sazonal ou definitivo também é uma escolha sua.

Para as pessoas que são consumistas, acumuladoras ou tem armários lotados e nem sabem por que, fazer o armário cápsula será mais desafiador. Pra mim está sendo um pouco natural, mas essa naturalidade não é obrigatória.

Eu dividi esse desafio em etapas e a primeira delas é subdividida em:

  1. Analise: Defina seu número de peças ideal pensando no seu dia a dia e necessidades.

Escolha seu estilo por paleta de cores ou conceito. Uma consultoria de imagem pode ajudar, se ainda não tiver recurso para isso, garimpe, tem muita informação gratuita e bacana por aí. Nós do Baú não somos consultoras, orientamos sobre projeção, afinal todo profissional de propaganda e rádio/tv é produtor por tabela, são profissionais como nós que (além de redigir, criar e/ou dirigir) vestem as pessoas nos comerciais e programas, com o intuito de passar uma imagem ou vender uma ideia, assim como na vida todos estamos “vendendo” nossas ideias. Por isso entendemos o suficiente sobre moda, estilo, projeção e mkt pessoal pra tocar o nosso Bauzinho com certa propriedade.

  1. Desapegue: De tudo que não te representa ou não te projeta como gostaria.

Também de tudo que está em mau estado de conservação, prejudica suas formas ou não te serve mais.

É o tipo apegada ou apegado? Sugiro um exercício: Coloque essas peças numa caixa fora do G.R, é a última chance delas, defina um tempo, usou bem, não usou? Amém.

Separe as peças com potencial de venda e envie para um brechó, é uma maneira bacana e sustentável de capitalizar para as próximas compras.

Troque ou doe aquilo que sentir vontade.

  1. Organize: Já enxuto é hora de organizar seu armário, com mais espaço vai ficar fácil ter peças sempre lisinhas e cheirosas, ao alcance dos olhos e prontas para usar. Além de conservadas por mais tempo.

Seguir alguns perfis de profissionais em organização pode te ajudar sugiro a Helen Organizer.

Mantenha limpo e arrumado, acredite é uma prática super construtiva que você vai levar do closet para a vida.

  1. Otimize: Ficou alguma coisa que precisa de reforma? Aquele vestido tem uma estampa linda, mas está curto d+? Vira camiseta, a saia vira top, aperta daqui, estica de lá e voilá, peças novas! Ouse fazer diferente!

Experimente novas combinações e vá anotando tudo para consultar na hora da pressa ou da dúvida.

  1. Expanda: Que tal experimentar esse conceito na caixinha maquiagem e esmaltes, será que você também precisa de tantos cremes e shampoos? Usar um único perfume ajuda a definir uma identidade própria, já pensou nisso? Ouse ir além!

Faça isso o quanto antes, não se preocupe com a perfeição, o armário é seu e vai estar ali pra você mexer e remexer quantas vezes quiser. O importante é começar!

É mais do que um estilo de vida é um exercício de assertividade, por exemplo, desapegar de uma jaqueta velha pode te ajudar a se desprender das coisas que, assim como ela, ficam jogadas lá no fundo do seu íntimo, as vezes lembradas, as vezes esquecidas, mas sempre ocupando o espaço daquilo que é novo.

Pense a respeito e se fizer sentido pra você, encontre a sua maneira de encapsular o que é material e expandir o que é livre, belo, nobre e gratuito: O poder pessoal, que nunca sai de moda e fica lindo em você.

Beijos e abraços apertados!

Iluminem-se!

Bel Ramalho – Comunicóloga e Coach Executivo e de Vida

 

Share Button

Armário Cápsula – O que é e como montar o seu.

Share Button

Olá Bauzetes e Bauzeiros. Vamos conversar sobre estilo de vida? O papo hoje é sobre slow fashion, consumo consciente, Armário Cápsula.

Armário-cápsula é um termo criado pela britânica Susie Faux nos anos 70, consiste em ter uma pequena coleção de itens essenciais e atemporais.

Atualmente o termo também se refere a um grupo de peças que quando combinadas entre si, maximizam o número de looks. O objetivo de ambos os conceitos é ter looks ideais para todas as ocasiões mas sem gerar acumulo de peças.

O desafio raiz é viver com apenas 37 peças de roupas que são atualizadas a cada três meses – sem comprar nada nesse período.

Montagem:

Existem diversas formas de organizar um armário-cápsula, o que eu defendo é colocar sua personalidade e necessidades nele, a sugestão é uma coleção a cada estação. A ideia é não comprar nada, nada, nada durante esse período, exceto necessidades extremas. E as peças de cada estação serão guardadas para a volta da temporada.

A quantidade de roupas é uma escolha pessoal 15, 30, 45… E nesse número, incluem-se também os acessórios como bolsas, lenços e sapatos.

Eu decidi viver essa experiência e comecei a movimentar a transição.Por que? Porque eu sempre mantive um número mínimo de roupas, mas descobri que posso viver e me sentir melhor com bem menos. Isso tem muita coerência com meu estilo de vida e minhas escolhas atuais.

Como eu vou fazer: Montar meu armário com no máximo 45 peças de base, não farei a troca entre estações, exceto das peças extremamente sazonais como lãs e biquínis.

Como começar:

  1. Autoconhecimento: Defina seu estilo. Sugiro as perguntas: Como gosto de me sentir? / Como quero parecer?
  2. Qual meu esquema de cores: Você não precisa usar somente cores básicas se não gosta delas, armário cápsula não é privilegio dos básicos, mas busque dar preferência para cores neutras para as peças base. Olhe com carinho para atemporais, evite as “cores do ano”.
  3. Escolha seus padrões: Assim como as cores dê preferência aos atemporais.
  4. Opte por qualidade: A ideia é ter poucas roupas certo? Então elas precisam durar para ser usadas várias vezes. Qualidade e preço nem sempre estão atrelados, mas se em alguns casos estiver, pense nisso como investimento. Mais uma vez sugiro que as peças bases recebam maior recurso.

Na prática:
1. Faça uma boa faxina, desapegue, doe, venda ou troque as peças que não te representam mais. Mandar pra um Brechó é bacana, você capitaliza para as próximas compras.

2. Crie uma pasta de armário cápsula ideal no seu celular, isso ajuda na hora das compras. é tipo aquela lista que levamos ao super pra não comprar aleatoriamente.

3. Busque na internet aqueles quotes de itens básicos para um guarda roupa estiloso, pode te ajudar a não esquecer de nada.

Quais são os benefícios de limitar o guarda roupa:

  • Otimização de recursos:  Nada de desperdícios de peças, peças esquecidas quase sempre são compradas em duplicata.
  • Otimizar o espaço no seu guarda-roupa:  O que faz você enxergar tudo que tem e não comprar peças em duplicata rsrsrs… Sim tá tudo muito ligado!
  • Otimiza tempo: Pois facilita a escolha das roupas, são poucas opções, você realmente ama tudo que escolheu e tá tudo ao alcance dos olhos.
  • Reforço na identidade e auto estima: Afinal de contas vai vestir apenas o que você é, o que te projeta bem e o que realmente faz sentido pra você. A auto estima vem por tabela, coerentes com nossa identidade concentramos nossa intenção e modificamos nossas realidades (já falamos disso aqui)
  • Mais poder pessoal: Menos compras impulsivas exigem mais assertividade, a pratica de ser assertivo se torna um hábito, essa habilidade é somado a sua personalidade, aquela que fica contigo a vida inteira, não sai de moda e não é descartada quando rasga.
  • Otimização do dinheiro: Você não comprará roupas novas por pelo menos três meses ou mais como no meu caso. Nesse período terá tempo para organizar suas finanças.
  • Dar mais valor a você se tornar mais criativa: Pois será a principal peça base e  terá que desenvolver muitas combinações com pouco, esse despertar da criatividade exercita em nós a habilidade de gerenciar recursos e solucionar crises.
  • Vai cuidar da saúde: As roupas precisam servir por mais tempo.

Economicamente, ecologicamente e socialmente saudável, essa é a minha escolha pro momento, vou adorar saber o que vocês estão aprontando por ai. Vamos cocriar!

Talvez esses outros artigos te interessem: Consumo compulsivo e Minimalismo.

Beijos e Iluminem-se!

Bel Ramalho – Comunicóloga / Coach Executivo e d Vida.

Share Button

Dicas de look para quem está emagrecendo

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje queremos dividir com vc as dicas da consultora de moda e estilo Marci Marciano p/ quem está passando pelo processo do emagrecimento.

Não achamos que todo mundo tem que emagrecer, tem que engordar, tem que ser fitness, etc. Somos a favor da saúde, do empoderamento e da boa autoestima. Se vc se gosta, sente-se bem, feliz, está saudável e autoconfiante com a sua imagem, é o que importa. 😉

Mas existem sim aquelas pessoas que estão querendo ou precisando emagrecer. A fase leva à perda das peças e nem sempre dá p/ comprar roupas novas. Então, como otimizar o que você já tem?

roupas para quem está emagrecendo

  1. Transformar calça normal em calça boyfriend

Um bom recurso é utilizar um cinto e deixar a calça, que antes era usada como modelo mais justo, ser usada na modelagem boyfriend, mais larga e dobrar a barra para deixar o look atualizado.

  1. Usar broche para ajustar blusas

Para as blusas que já estão largas, uma boa alternativa é colocar um broche na parte de trás deixando-a com aspecto acinturado. Outra maneira é usar um alfinete de segurança por dentro da peça.

  1. Abusar de cintos

O uso por cima das blusas só tem a favorecer. Para as pessoas que tem mais volume na parte superior é interessante posicionar o cinto mais próximo do quadril.

Reaproveitando o vestido de Reveillon

Reaproveitando o vestido de Reveillon

 

Para quem tem mais peso visual nos quadris, a recomendação é posicionar o cinto na cintura, sempre evidenciando a parte mais fina do corpo.

cinto cintura marcada vestido

  1. Linhas verticais são boas aliadas

Focar em linhas verticais é uma boa opção. Como no exemplo do vestido branco que ganhou linhas verticais com o cardigan.

Na foto acima, usei também um cardigan e um colar p/ marcar as linhas verticais e alongar a imagem. 😉

  1. Looks monocromáticos

Eles alongam, retraem e transmitem a sensação de elegância.

Girl With Curves look monocromático

Tanesha Awasthi, do blog Girl ith Curves

  1. Lenços

Devem ser usados sempre com as pontas para fora, nunca muito grudados ao pescoço, pois dessa forma tem o efeito contrário. Para parecer mais esbelta e alongada, use sempre aberto e criando linhas verticais, deixando o colo à mostra. Além de acrescentar personalidade ao look, traz informação de moda, criatividade e elegância.

  1. Colares longos

Eles alongam a silhueta e retraem o olhar. São ótimos aliados no verão pois tornam o look leve, trazendo informação de moda e gerando um up em qualquer combinação.

a1d9a47b682f13d6b12864a28c431ff7 26a5bbb93ca750919281883a1355aad5

Espero que tenha gostado e faça bom uso das dicas.

Um beijo,

Giane Carvalho

 

  • Sobre a Marci Marciano : Com canais no Instagram e Youtube e autora do blog Marci Marciano, ela mostra que a moda é para todos e está em todos os lugares. Apresenta posts de filmes e séries falando sobre seus figurinos, de dicas de estilo e uma pitada de lifestyle. Defende a ideia de como otimizar o guarda roupa e o consumo consciente, de uma forma leve e didática mesclando com tendências com moda do dia a dia.
Share Button

Tendência: Mix de Anéis

Share Button

Olá Bauzete, td bem?

Depois do pulseirismo e dos maxi colares a tendência da vez é o do anelismo ou mix de anéis que está super em alta!

mix

Essa mistura de formas e estilos permite usar vários anéis em um dedo só ou em todos, podendo criar vários estilos mesclando peças mais tradicionais com outras mais estilosas.

O mix de anéis dá um charme a mais às mãos e ajuda a construir um look poderoso!!!

Confira algumas inspirações que vai desde os anéis mais delicados até aos mais ousados:

anéis-delicados

anel

tendencia-mix-de-aneis-rings

anel-strass

anéis

tendenciamix

como-usar-mix-de-aneis

tendencia

2-copy

rings

anel-cristal

mix-aneis

spfw-aneis

Eu super adoroooo usar anéis ♡
Gosto dos modelos mais ousados… Grandes, com pedraria e um pouco de brilho!!!

aneis-pedras

cristal

aneis-diversos

acessoriosaneis

E vocês gostaram desta tendência?

Até a próxima.

Bjos,

Francine Rodrigues

Share Button

Calça Branca: amor ou pavor?

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Vamos direto ao assunto: Calça branca, sim ou não?

Siiim! A peça é daquelas que exigem atenção para não ficar “over the rainbow” mas com cuidado dá sim p/ fazer uma produção diferente e cheia de estilo.

Trouxemos algumas dicas para você usar o seu denim branco com elegância.

Lingerie adequada – É bem constrangedor usar uma peça que deixe a lingerie praticamente a mostra e a calça branca faz isso. Usar lingerie da mesma cor da calça não é uma boa, vai aparecer. O ideal é usar lingerie nas cores chocolate ou nude, sem bordados ou estampa. Essas sim ficarão imperceptíveis. calça branca lingerie

Combinações claras – Looks sofisticados e discretos podem ser criados com a junção calça branca+combinações claras e delicadas, como os tons pastel, nude, cinza e caramelo.

calça branca como usar d39780f48ecab90fd0cc2eaf642fdf0c

6987227bf590baa71bf77c503508e1b6 d82ce3dca2d56cbad54120ae779c56c3

Estampa Floral – para os dias quentes, abusar do floral é uma boa. Escolha camisas floridas de tecidos fluidos e leves. Nos pé, saltos ou sapatilhas coloridas.

calça branca com blusa floral

Acessórios – são aliados para uma produção incrível. Cintos, colares, brincos e bolsas chamativos são ótimas apostas.

ebe7116342a0edbe9be52ea1ac81033f b3312ba948e83d90753e17ef7f7395f8 54d62e41dfd0e4ddce31b6e34a2020c7 9b94e4e06df22a4e0d7cfbae10f700e7

Com listras – Close certo. Pode juntar a calça branca com um top de listras que vai ficar bonito!

130820833abce6c446df0e304c19ee8f 48d4bef3a5530ae0b880976df52064d5 d9661fd4b5b3660c06438281795bc457

4590ed4a4c4e8da8a8674310a8e4a31f

Com top jeans –  Combinação clássica e amorzinho.

3fd969edaf5f165f523deb055a9362a1 ed68f21abbced530a721a6ae117dcdc0 dc131eac8bc8699a7f3690feae287b2b blusa-ombro-a-ombro 9054474784ebe6f766e70adeb7ab25a0 9775ca7b1e301cb7da754ea1a9bc4bf7 f550905729a57bcfa7f441865b7453f1

Espero que vc tenha gostado das inspirações, se anime p/ ter uma calça branca e usá-la além do Reveillon. 😉

Bjks,

Equipe Blog Baú Hype

Share Button

Como usar vestidos no inverno

Share Button

Olá Bauzete, tudo certinho?

Esse post foi sugestão da minha amiga e leitora Soraya Sato (@sorayasato), de São Paulo. Ela leu nosso post sobre vestidismo e me disse que está tentando fazer parte do movimento, mas que está encontrando dificuldades para usar saias e vestidos em dias frios.

É Soraya, calças em dias frios são perfeitas mas olha, dá p/ sair aquecida com vestido sim, viu? A solução é usá-lo com legging ou meia-calça e botas.

Contei com a ajuda de algumas amigas para ilustrar o post. Olha só como elas adaptam os vestidos aos dias frios:

A Fábia Santana mora no RJ e adora o mundo fashion. Ela usou o vestido com tênis e meia-calça da mesma cor, que ajuda a alongar a silhueta. Quem quiser conferir outros looks da Fábia e saber tudo sobre batom líquido (sério gente, ela testa todos e faz resenhas ótimas), segue lá no Insta @fabia_santana.

Fábia Santana

Fábia Santana

A jornalista Patricia Siqueira do blog Cupcake Encantado usou um vestido de listras com jaqueta e meia-calça (de novo ela). Como temos várias opções de meias, das mais finas e delicadas às mais grossas e quentinhas, dá p/ aproveitar os vestidos com a ideal para cada temperatura.

Patricia Siqueira do blog Cupcake Encantado

Patricia Siqueira do blog Cupcake Encantado

A Mari Tedesco é do Paraná e é uma das minhas amigas que reaproveita com estilo e elegância os vestidos de calor no inverno. Ela também usa com meia-calça, botas e capricha na segunda peça que pode ser um colete, um blazer, uma jaqueta, um casaco, um tricô, etc.

Mari Tedesco

Mari Tedesco

A nossa Bauzete e Coaching favorita Bel Ramalho foi assim em um dia mais fresquinho: vestido de manga comprida, tênis e uma pashmina lindona na bolsa que poderia ir p/ o pescoço caso esfriasse mais.

Bel Ramalho

Bel Ramalho

Esse é um look meio antiguinho meu mas que eu amo e uso mais ou menos assim até hoje. Jaqueta jeans (segunda ou terceira peça que quebra um galhão), lenço e saia ou vestido preto mais bota e meia-calça ou legging da mesma cor.

Look de frio com vestido e meia calçaOu seja, dá p/ ser adepta do vestidismo no frio? Dá sim! Manda ver nas botas e meias que fica ótimo e vc reaproveita as peças que só usaria em dias quentes.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button