Arquivo da Categoria: Dicas

Palestras e Workshops do Baú Hype

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje quero contar p/ vc sobre um trabalho que fazemos no Vale do Paraíba – SP, onde moramos. São palestras e workshops sobre Projeção Positiva da Imagem e Posicionamento Profissional.

Estudamos bastante sobre esses temas e gostamos de dividir o que aprendemos. Então preparamos um material base que é revisado a cada conversa extra-blog e adaptado ao grupo que estará com a gente.

Já conversamos, por exemplo, com clientes de loja de cosméticos e de lingerie, evento do Dia da Mulher organizado por uma clínica odontológica em Aparecida, adolescentes do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social de Lorena, evento de moda e beleza promovido pelo Buriti Shopping, alunos da ETEC – Escola Técnica Estadual de Lorena, FATEC de Guaratinguetá e Cruzeiro e Unifatea, em Lorena.

Workshop na Yes Cosmetics Guaratinguetá

Evento no Buriti Shopping Guara

Palestra p/ mulheres na Clinica Santa Clara Odontologia, em Aparecida

Palestra sobre Imagem e Estilo na Fatec Cruzeiro

Tivemos um programete na Inova FM com dicas de Marketing Pessoal e já falamos sobre o assunto em outras emissoras do Vale.

Nossa conversa se ajusta ao tempo disponivel e ao grupo interessado. Então temos workshops que duram de 3 a 4 horas e palestras de 40, 50 minutos. Falamos sobre a importância do cuidado com a imagem pessoal e profissional, como projetá-la de forma positiva e os passos para você se organizar e atingir seus objetivos.

E quanto custa esse nosso trabalho? Nada, é voluntário. Fazemos como uma missão. Já que o Universo nos concede a oportunidade de aprendermos sobre esses temas e exercemos outras atividades remuneradas, optamos por fazer as palestras e workshops de coração. O que a gente solicita, se possível, é auxílio combustível para cidades distantes de Guará e infraestrutura com computador e datashow. Cachê mesmo, não recebemos. =)

Gostou da proposta? Quer levar nossa palestra ou workshop p/ o seu grupo? Acha que podemos ajudar? Então entre em contato pelo mail contato@blogbauhype.com.br ou inbox da page do blog.

Se vc é de alguma cidade do Vale do Paraíba – SP, tem um grupo sério que possa achar nosso conteúdo interessante, fale com a gente.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Uma montanha russa chamada Troca de Melissa

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Quero registrar aqui um fato que aconteceu comigo e que já contei no IG do blog (@blogbauhype).

Tenho um relacionamento aberto com a marca Melissa. Fui Melisseira durante anos e deixei de ser por uma série de fatores, como contei nesse post.  Não sou mais uma grande consumidora mas gosto de ver os lançamentos e compro de vez em quando.

No Natal, ganhei uma Cosmopolitan. Achei maravilhosa! ♥

Sandália linda, moderna, estilosa e confortável. Plástico super molinho, palmilha acolchoada, ajuste com velcro que deixa o modelo mais confortável ainda. Enfim, adorei e passei a usá-la direto. Até que um dia, estava andando com ela em casa, me preparando p/ sair, quando senti que ela soltou do meu pé. Achei que fosse o velcro e quase caí dura quando olhei…

A tira rasgou, gente! Nossa, fiquei arrasada! Na hora postei no IG do Blog e p/ a minha surpresa, várias meninas comentaram que também tiveram problema com esse modelo e com outros, mas que eu poderia tentar trocar na loja ou diretamente com a marca.

Isso me deu um certo alívio. Não sabia que a Melissa dava garantia de 30 dias p/ trocar na loja ou 90 dias p/ enviar p/ a marca.

Optei por levar à loja, mesmo tendo passado um pouquinho dos 30 dias e fui atendida com excelência. Me falaram que iriam enviar p/ a perícia e que depois me dariam retorno. E assim foi. Uns 10 dias depois, me avisaram que a troca estava liberada.

Pensei Uau, Melissa não tá de brincadeira, hein? Aí sim! Resolveram rápido o meu problema e não vou ficar no prejuízo. Gostei!

Fui feliz realizar a troca na loja e… bom, não aconteceu como eu esperava. Não tinham mais a Cosmopolitan que eu tanto amei. Teria que trocar por outro modelo, só que os que estavam disponíveis na minha numeração ou eram mais caros ou mais baratos. Ou seja, teria que pagar a diferença ou perder uma grana. O modelo que custava o mesmo valor, eu não gostei. E a loja não poderia me dar um vale p/ eu trocar em outra ocasião, quando recebesse mais modelos. A troca tinha que ser imediata. Ahhhh, poxa! =(

Acabei pegando a Boemia Platform, que era a que se aproximava mais do preço da Cosmopolitan e que eu simpatizei.

Simpatizei mas não amei como a Cosmopolitan. Fazer o q …

Então a história ficou assim, a marca e a loja foram prestativas, não fiquei no prejuízo total mas também não fiquei 100% satisfeita porque tive que pegar um modelo de menor valor e diferente do que eu tinha gostado mais.

Fica a dica p/ vc que possa vir a ter uma Melissa com defeito. Procure a loja no prazo de 30 dias ou fale diretamente com a marca em 90 dias. Tomara que vc tenha mais sorte do que eu e consiga exatamente o modelo que deseja. =( 

E cuide bem da sua Cosmopolitan. Não use p/ bater perna pq ela é linda, parece resistente por causa da sola tratorada, mas é um papelzinho.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Sobre cabelo e empoderamento

Share Button

Olá Bauzete amiga/o, tudo bem?

Hoje quero contar p/ vc o que aconteceu comigo e com o meu cabelo nos últimos dois anos, o que me levou a deixá-lo cacheado e comprido. Adianto que não foi só por vaidade. Foi um processo de EMPODERAMENTO, palavra que está em alta e que é uma coisa linda quando incrusta na alma da gente. ♥

O que é Empoderamento?

Ok, e o que cabelo tem a ver com isso?

Tem a ver quando vc se conhece e percebe que ter o que cabelo, o corpo, o estilo que vc quer, à sua maneira, que te agrada, sem se preocupar com a moda e com as expectativas dos outros, você fica em paz, se fortalece, ganha autoconfiança e se posiciona melhor na vida. Você passa a se amar, a se respeitar e isso se reflete na sua forma de lidar com os outros e com as situações.

Fonte: Instagram dos nossos amigos da Alastra Comunicação.

Quando comecei a jornada da transição, como contei nesse post, queria me livrar da progressiva que me forçava a fazer escova no calor, a não encarar praia e piscina sossegada, a não um monte de coisas. Depois fui vendo que esse processo estava mexendo com o meu interior e com a minha postura. Entrei em grupos do Facebook e conheci moças maravilhosas, suas histórias e entendi que deixar o cabelo natural ou colorido, liso ou crespo, careca, curto ou comprido, do jeito que VOCÊ gosta, é importante para mostrar ao mundo que você se respeita, respeita o outro, tem segurança do seu potencial e  não sofre, não fica doente para entrar em fôrmas difíceis, às vezes cruéis, para agradar a platéia.

Depois que tirei a progressiva, mantive meu cabelo curto por anos. Adorava!

Até que há dois anos, mais ou menos, resolvi que não iria mais cortar o cabelo no salão. Já sabia cuidar e aprendi a cortar também. Peguei o jeito do bichinho, conquistei autonomia e fui cuidando dia após dia p/ que ele crescesse de forma saudável (sou adepta do low poo e do co-wash e faço botox ou alinhamento dos fios a cada 3 meses, única coisa que ainda me leva ao salão). Esse processo melhorou minha autoestima e me empoderou. Me senti muito melhor, mais forte, produtiva, criativa, equilibrada, etc.

Comprimento atual

Há quem ache bonito assim e há quem ache que eu devo cortar porque porque antes eu tinha uma imagem mais moderna (ou seja, fiquei Jeca com esse cabelão), que eu gasto muita energia cuidando dele e que poderia ser usada em outra coisa mais “produtiva”, que eu virei o meu cabelo.

Se eu passasse por um visagista, provavelmente ele também me falaria p/ cortar essa juba porque ela não combina com a minha idade nem com a minha imagem profissional. Amo visagismo, aliás ainda quero fazer cursos nessa área, mas acho também importante respeitar o momento e a alma da pessoa.

Se o cabelo curto ou comprido faz com que ela tenha vontade de se abraçar, de abraçar o mundo e dar o melhor de si em suas atividades e relações, então que use assim, né?  Se todos pudessem cultivar esse sentimento, imagina que revolução positiva nós teríamos? 😉

Desejo de coração que meu relato possa ser interessante p/ quem está passando pela transição, se autoconhecendo, buscando sua melhor imagem p/ se tornar uma pessoa melhor.

Se você já alcançou esse estágio, parabéns pela conquista! ♥

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Dicas de look para quem está emagrecendo

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje queremos dividir com vc as dicas da consultora de moda e estilo Marci Marciano p/ quem está passando pelo processo do emagrecimento.

Não achamos que todo mundo tem que emagrecer, tem que engordar, tem que ser fitness, etc. Somos a favor da saúde, do empoderamento e da boa autoestima. Se vc se gosta, sente-se bem, feliz, está saudável e autoconfiante com a sua imagem, é o que importa. 😉

Mas existem sim aquelas pessoas que estão querendo ou precisando emagrecer. A fase leva à perda das peças e nem sempre dá p/ comprar roupas novas. Então, como otimizar o que você já tem?

roupas para quem está emagrecendo

  1. Transformar calça normal em calça boyfriend

Um bom recurso é utilizar um cinto e deixar a calça, que antes era usada como modelo mais justo, ser usada na modelagem boyfriend, mais larga e dobrar a barra para deixar o look atualizado.

  1. Usar broche para ajustar blusas

Para as blusas que já estão largas, uma boa alternativa é colocar um broche na parte de trás deixando-a com aspecto acinturado. Outra maneira é usar um alfinete de segurança por dentro da peça.

  1. Abusar de cintos

O uso por cima das blusas só tem a favorecer. Para as pessoas que tem mais volume na parte superior é interessante posicionar o cinto mais próximo do quadril.

Reaproveitando o vestido de Reveillon

Reaproveitando o vestido de Reveillon

 

Para quem tem mais peso visual nos quadris, a recomendação é posicionar o cinto na cintura, sempre evidenciando a parte mais fina do corpo.

cinto cintura marcada vestido

  1. Linhas verticais são boas aliadas

Focar em linhas verticais é uma boa opção. Como no exemplo do vestido branco que ganhou linhas verticais com o cardigan.

Na foto acima, usei também um cardigan e um colar p/ marcar as linhas verticais e alongar a imagem. 😉

  1. Looks monocromáticos

Eles alongam, retraem e transmitem a sensação de elegância.

Girl With Curves look monocromático

Tanesha Awasthi, do blog Girl ith Curves

  1. Lenços

Devem ser usados sempre com as pontas para fora, nunca muito grudados ao pescoço, pois dessa forma tem o efeito contrário. Para parecer mais esbelta e alongada, use sempre aberto e criando linhas verticais, deixando o colo à mostra. Além de acrescentar personalidade ao look, traz informação de moda, criatividade e elegância.

  1. Colares longos

Eles alongam a silhueta e retraem o olhar. São ótimos aliados no verão pois tornam o look leve, trazendo informação de moda e gerando um up em qualquer combinação.

a1d9a47b682f13d6b12864a28c431ff7 26a5bbb93ca750919281883a1355aad5

Espero que tenha gostado e faça bom uso das dicas.

Um beijo,

Giane Carvalho

 

  • Sobre a Marci Marciano : Com canais no Instagram e Youtube e autora do blog Marci Marciano, ela mostra que a moda é para todos e está em todos os lugares. Apresenta posts de filmes e séries falando sobre seus figurinos, de dicas de estilo e uma pitada de lifestyle. Defende a ideia de como otimizar o guarda roupa e o consumo consciente, de uma forma leve e didática mesclando com tendências com moda do dia a dia.
Share Button

Dicas para ser fashion blogger

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje queremos conversar com vc que tem vontade de ser blogger de moda.

A moda faz parte da nossa vida, nos ajuda a imprimir uma personalidade e abre diversas oportunidades para quem gosta do assunto. O faturamento das vendas online no segmento foi de R$ 5 bilhões no Brasil no último ano, segundo dados do Google, valor que justifica a categoria estar no top dos segmentos mais vendidos no e-commerce, de acordo com o último relatório divulgado pelo e-Bit.

Um fator que vem sendo positivo para impulsionar o mercado são os blogs e fóruns na internet. Segundo levantamento realizado pela Zanox, maior rede europeia de afiliação, 49% dos usuários buscam informações nessas mídias antes de efetuar uma compra, enquanto apenas 36% vão direto para o site oficial da marca.

O papel do blogger é, portanto, muito importante neste segmento e aí está uma ótima oportunidade de carreira. Se você pretende desenvolver suas contas nas redes sociais ou o seu blog com foco no mundo da moda e se tornar um(a) influenciador(a) capaz de chamar a atenção das marcas, com as dicas da Zanox ficará mais fácil.

1. Defina seu estilo

Os fashionistas do Instagram oferecem uma ótima fonte de inspiração para seus próprios negócios, e pode ser tentador seguir o exemplo do estilo da sua blogueira favorita. Porém, a cópia não vai te levar ao sucesso. Encontre seu próprio estilo e imprima nele a sua personalidade. Se, de repente, você não tiver interesse em moda do dia a dia, pode investir em algo mais singular, como moda dos anos 50 ou gótica, por exemplo.

2. Seja positivo

Como blogger fashion, você está retratando um estilo de vida. Você passa a ser uma referência e fonte de inspiração, por isso é muito importante adotar uma atitude positiva ao interagir com os seu público. Isso não significa que tópicos sérios sejam evitados, mas abordar esses temas com confiança e firmeza fará com que o seu canal seja mais atrativo.

3. Defina objetivos

Para celebrar o sucesso, é importante saber que você está trabalhando com um objetivo. Defina metas, alcançá-las o deixará orgulhoso de si mesmo. Além de satisfação pessoal, definir seus próprios objetivos o ajudará a manter-se focado. Principalmente quando se inicia um blog, existem muitas oportunidades a serem aproveitadas. Seguir um plano que te ajuda a se organizar pode ser o caminho do sucesso.

4. Ouça seus leitores

Se você já tem uma comunidade engajada nos seus canais, parabéns, você está no caminho certo! Lembre-se que seus leitores são a conquista mais importante. Eles dão vida ao seus posts ao comentar e compartilhar opiniões. Eles curtem, compartilham e interagem com seus canais assim como têm um importante papel em trazer anunciantes, com os quais você pode formar uma parceria no futuro. Leve sua audiência a sério. Ouça com atenção, responda e mostre sua apreciação por eles, além do respeito por seus feedbacks.

5. Use hashtags relacionadas à moda

Instagram é uma ótima rede para se descobrir bons conteúdos. Assim como as palavras-chave do Google, as hashtags são ferramentas perfeitas para encontrar imagens novas e interessantes. Desse modo, para ajudar os usuários a encontrar seus posts, não esqueça de adicionar hashtags relevantes. Tente algumas mais gerais de moda, e adicione algumas mais específicas que descrevem seu estilo ou imagem, para que elas sejam encontradas por quem está procurando este estilo. Existem muitas ferramentas, sites e aplicativos que te auxiliam a encontrar hashtags. Adicionalmente, existem hashtags trending que você pode descobrir nas fotos dos seus Instagrammers preferidos.

Uma das receitas para o sucesso é fazer o que você gosta e se divertir. Tentar ser alguém que você não é não vai segurar essa paixão a longo prazo. Encontre seu estilo e trabalhe com marcas que você gosta, isso vai passar autenticidade e gerar engajamento do seu público.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Cuidados de beleza para quem vai viajar

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Hoje temos um post para quem gosta de viajar e não abre mão dos cuidados com a pele.

Viajar bastante, especialmente a passeio, é uma delicia, mas a pele acaba sofrendo por conta de variações de temperatura.

A dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da American Academy of Dermatology (AAD), dá dicas de como proteger a pele na praia e na piscina ou em viagens de carro, navio ou avião.

A primeira delas (e a mais importante), que serve para todas as situações, é a proteção solar. Sem ela, não há pele que resista às altas e baixas temperaturas, ar seco e muito sol.

  • Viagens de avião: Muitas pessoas não sabem, mas é essencial hidratar a pele para as viagens de avião. Antes de decolar, o recomendável é aplicar uma boa camada de hidratante no rosto e nas mãos, além de creme para a região dos olhos, para evitar o ressecamento. “Quanto a viagens longas (mais de 6 horas), borrife água termal no rosto, por várias vezes, isso ajuda a manter a pele hidratada contra o ar seco dentro da aeronave. Não se esqueça de retirar a maquiagem durante o voo, antes de dormir e procure descansar o máximo possível, para evitar a aparência do jet lag, tão comum em percursos longos. Quando estiver a uma hora do seu destino, higienize novamente a pele, hidrate e aí sim os BB creams e maquiagens são bem-vindos. E é importante lembrar de beber muita água. O ideal é tomar uma garrafinha por hora no avião”, recomenda Dra. Claudia. Os lábios também precisam de proteção, é importante utilizar protetor labial”, afirma a dermatologista. Para não chegar ao seu destino com bolsas nos olhos, evite ingerir alimentos salgados e os gordurosos também. Mas, caso eles inchem, aplique um creme específico para a área com ingredientes contra a inflamação.
  • Viagens de navio:  A pele precisa de cuidados redobrados durante as viagens de navio. “No caso de maquiagem, o ideal é optar por base que contenha proteção solar. O protetor solar precisa ser de alta cobertura, com FPS acima de 60, além de cor para maior proteção contra a luz visível”, destaca a dermatologista. Para usar maquiagem durante o dia, é preciso preparar a pele, com o uso de sabonete ou gel de limpeza, hidratante e por fim o filtro solar. À noite, antes de dormir, a maquiagem e resíduos devem ser removidos.

  • Viagens de carro: Quanto ao ar-condicionado, de modo geral, tanto no carro ou ambientes, em função da redução da umidade do ar, a pele e os cabelos ficam mais ressecados e expostos ao envelhecimento. “É importante utilizar produtos antioxidantes, com ativos que agem profundamente na pele e neutralizam os radicais livres, como o OTZ 10 e Vitaminas C e E”, afirma a médica. Na hora de se alimentar, prefira lanches leves e frutas, evite muito café, mas exagere na água.

  • Banhos de piscina: Segundo a Dra. Claudia Marçal, antes de entrar na piscina, é necessário evitar o uso de esfoliantes e sabonetes abrasivos, o que pode tirar a proteção natural da pele. “Recomendamos a escolha também de antioxidantes orais como a Vitamina C, Vitamina E, licopeno e luteína que ajudam a fortalecer a função de barreira da pele e a proteger do sol, evitando as queimaduras – tudo isso não substitui o filtro solar de uso tópico. Após o banho, é recomendável limpar a pele, para remover as impurezas, utilizar tônico ou demaquilante”, afirma. A Dra. Claudia ainda destaca a importância de usar hidratantes pós-sol, com efeitos calmantes e cicatrizantes. É essencial também ingerir muita água, antes e durante o banho de piscina, o que mantém a hidratação do corpo. Não se esqueça de proteger os cabelos também com produtos que neutralizam os efeitos do sol e do cloro da piscina.

  • Exposição solar na praia: A exposição solar é importante para a produção de vitamina D, mas sem exagero. O ideal é se expor ao sol antes das 9h e após as 16h, sempre com filtro solar, mesmo na sombra. “O indicado é utilizar filtro com FPS a partir de 60 e reaplicar o produto a cada duas horas, inclusive um específico para os lábios. Pessoas com pele clara devem ter cuidado extra, em relação à proteção, mas quem tem pele mulata e afrodescendente também não pode deixar de usar o filtro solar”, afirma a médica. “Além disso, a pele pode sofrer com queimaduras, eritema [vermelhidão], coceiras, irritações e melanoses [manchas]. O excesso de calor pode favorecer a produção de sebo e, de certa forma, contribuir para o surgimento de acne”. Por esse motivo, a Dra. Claudia indica o uso do filtro solar especialmente sem óleo, para as peles oleosas.

  • Areia e banhos de mar: A água do mar e areia relaxam e revigoram o corpo, mas é importante prestar atenção à alguns detalhes. “Existe a possibilidade de contrair infecções, provocadas por fungos e bactérias presentes na areia. A pele pode sofrer com micoses, que se alimentam da queratina na epiderme”, afirma. A médica destaca que as virilhas e pés são as regiões mais afetadas, mas não são as únicas a serem atingidas. Por isso, priorize a higiene e não fque muito tempo com os trajes de banho molhados.

Fonte: Dra. Claudia Marçal, Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.

Share Button

O modelo de beachwear que valoriza seu tipo físico

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

A busca por modelos de biquínis e maiôs que valorizem o corpo da mulher é um dos primeiros itens na wishlist das amantes do verão.

Vamos às dicas da marca Salinas

  • Mulheres que desejam destacar a parte inferior do corpo, as calcinhas com laterais finas e as de lacinhos são uma boa opção por deixar o quadril mais exposto.

Calcinha com lacinhos nas laterais para valorizar o quadril com delicadeza

  • Aquelas que preferem disfarçar a parte inferior, podem investir em modelos de cintura alta como as hot pants, ou com laterais alargadas e sem detalhes, para chamar menos atenção.

Calcinha cintura alta para disfarçar barriga e top para valorizar o colo

  • Para valorizar o bumbum, tem os cortes cheeky ou o ripple, com costura e recortes que dão um up no derriere. Tem post sobre o modelo aqui.

Calcinha com recorte ripple para valorizar o bumbum

  • O top estilo nadador, fechado e com as alças grossas, cobre o colo com conforto e discrição.

  • O maiô, peça coringa do beachwear, além de chic, ajuda a esconder o que incomoda.
Maiô engana mamãe para realçar a cintura e as costas

Maiô engana mamãe para realçar a cintura

A praia sempre foi a grande fonte inspiradora da carioca Salinas, ícone nacional no segmento de moda praia, criada em 1982. Ao longo desses anos, sob o comando da diretora criativa e fundadora da marca, Jacqueline De Biase, a marca conquistou o Brasil inteiro e vai levando o seu estilo para o mundo.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Consumo compulsivo. Como se livrar desse hábito destrutivo.

Share Button

Olá Bauzetes e Bauzeiros! Simmmm temos garotos frequentando o blog!

Esse post foi escrito para quem QUER ajuda. Comprar em excesso é um erro banalizado, isso está mudando, mas ainda é para alguns status de “poder”, quem sofre as consequências da pseudo alegria do consumismo sabe o sofrimento que existe por trás desse péssimo hábito.

Aqui vão algumas dicas para conseguir driblar esse comportamento:

  1. Desative os e-mail marketing das lojas. Tire os sites de compras da aba de favoritos e saia dos grupos de compra e venda, essas ferramentas são pensadas para nos persuadir e apesar de deliciosas são sempre um convite ao consumo. Se possível bloqueie o acesso a esse tipo de conteúdo no computador e também no seu celular.
  2. Limite-se a ir apenas onde precisa, se tem que ir a papelaria, vá a papelaria. Seja objetivo, antes de sair de casa determine um trajeto e tenha sempre uma lista das coisas que realmente precisa comprar.
  3. Não deixe a loja vir até você. Sabe aquela “amiga” revendedora que se convida pra ir a sua casa toda vez que tem novidade? Já percebeu que sem a “sacola” ela não aparece pra te visitar? Você sempre acaba comprando algo que não precisa, comece a rever seus contatos e os interesses deles. Aprenda a dizer não.
  4. Mantenha seus pertences organizados, é sempre difícil achar algo bacana em meio a tanta bagunça. Tudo parece inútil quando está sujo ou amassado.
  5. Liste e explore o que você já tem. Pare de listar o que não tem. Se gasta muito com roupas por exemplo, prove cada uma e crie uma lista com as combinações que dão certo, experimente novas combinações, deixe essa lista ao alcance dos olhos e vá editando esse material de acordo com as experiências. Isso vale para cada tipo de consumo. É comida? Liste a geladeira. Itens para casa? Para o carro? Liste o que já tem e como pode valorizar aquilo.
  6. Faça trocas.  O que você não quer mais, pode ter utilidade para alguém certo? E de quebra essas pessoas podem estar desapegando de algo que você precisa ou quer muito. Uma alternativa bacana é vender e comprar desapegos em brechós e sites de usados.
  7. Faça uma dieta financeira, estabeleça prazos e quando bater aquela vontade de gastar, leia um livro, faça algo produtivo, de preferência que te faça ganhar dinheiro, não perder… Evite procrastinar. Ao final do prazo se presenteie.
  8. Não aceite cartões de lojas e evite compras longamente parceladas, os juros são abusivos e chegam a ter o valor integral da compra. Se for preciso cancele seu cartão de crédito. Sim, porque esconder não adianta mais, você já decorou o número e até o código de segurança.
  9. Não se sabote, liquidações são ótimas, mas você não é obrigado a participar. Não adianta se enganar comprando coisas baratas na tentativa de se isentar da culpa, você vai acumular uma quantidade de produtos sem valor financeiro ou de uso, isso irá se tornar um problema maior futuramente.
  10. Pense nas coisas que você perde com seu comportamento consumista, no quanto isso afeta suas relações, em quantos lugares bacanas você deixa de ir, no futuro que você deixa de planejar e no quanto o pós-compra te deprime. Isso se chama motivação pela dor.
  11. Faça mais programas caseiros, chamar os amigos e dividir as tarefas da noite é super justo, além de interativo, cada um pode levar um prato ou pagar metade da pizza.
  12. Explore os recursos, faça viagens curtas, conheça sua região, experimente coisas mais simples, você vai se surpreender com as emoções que um simples picnic pode proporcionar. Nos acostumamos erroneamente a procurar felicidade em luxos. Esse ano experimente algo diferente disso.
  13. Caia na real, seus hábitos de consumo são coerentes com o seu estilo de vida? Precisamos nos monitorar quanto a isso, muitas vezes a intenção é positiva, talvez demonstrar um certo poder aquisitivo (que não se tem) seja uma defesa à deficiências emocionais muito íntimas e nunca antes exploradas. Avalie isso de maneira sóbria e entre em ação contra esse sentimento, afinal de contas, máscaras desse tipo caem muito rapidamente e sempre nos expõem ao ridículo. Quase sempre no intuito de tapar um buraco acabamos caindo em outro maior. Lembre-se, você não precisa provar nada pra ninguém.

Experimente esses passos e caso não consiga sozinho peça ajuda profissional. Terapia e técnicas alternativas não são motivo de vergonha, vergonha é cair e ficar beijando o chão.

Abraços apertados! Se cuidem.

Bel Ramalho – Coach Executivo e de Vida.

Share Button

Prosperidade. 10 Passos para um 2017 poderoso!

Share Button

Olá Bauzetes e Bauzeiros!

Começamos 2016 falando sobre as 4 Leis Indianas e os benefícios de sua prática, quem leu leu, quem não leu pode clicar aqui e conferir.

Esse ano vamos começar falando novamente sobre PROSPERIDADE. Dessa vez com uma abordagem diferente. Então já sabe, papel e caneta na mão, anote tudo que fizer sentido pra você e crie oportunidade para praticar o quanto antes.

Prosperidade é um estado de progresso que promove sensação de contentamento e ao contrário do que geralmente pensamos, não está ligada somente ao dinheiro, este estado de contentamento e satisfação pode ser tanto físico, financeiro, emocional ou ambos.

Prosperidade está intimamente ligada ao otimismo e eu não vejo maneira mais prática de se tornar uma pessoa positiva do que tendo experiências maravilhosas na vida. Como podemos nos proporcionar isso? É simples, experimentando coisas novas, quando você ousa fazer diferente o resultado sempre muda e mudança pra quem está estagnado é sabor de prosperidade. Pense nisso.

Alguns passos práticos para se tornar uma pessoa próspera:

1. Experimentar novas escolhas. Comece com novas combinações de roupas, novos lugares, novos hábitos de consumo.

2. Seja menos resistente ao otimismo. Se tiver dificuldades com isso leia esse artigo aqui.

3. Abandone o que é velho, velhos objetos, velhos hábitos, velhos padrões de pensamento, velhas companhias, velhas zonas de conforto desconfortáveis. Isso vai ajudar com os dois passos anteriores.

4. Olho do dono engorda o gado, onde você colocar seu foco, você prosperará, então se quer muito uma coisa pense naquilo, leia sobre aquilo, imagine aquilo acontecendo o tempo todo (tela mental positiva), faça esforços e sacrifícios.

5. Você não precisa esperar até que vença os medos, você pode começar  enfrentando-os, ser positivo ou agir como se fosse durante um tempo vai te ajudar com isso.

6. Ter prioridades. O que é mais importante para você nesse momento? Quanto tempo ou energia você tem dispensado nisso?

7. Aceite que não há nada de egoísmo em protagonizar, talvez para isso você precise deixar coisas e pessoas pelo caminho, mas como recompensa alcançará muito mais do que o esperado.

8. Diga não aos seus controles rígidos. Muitas vezes a melhor solução ou o caminho certo está em algo que jamais imaginamos. Já pensou que você mesmo pode estar impedindo o seu progresso?

9. Escolha palavras para seu novo ano, por exemplo: CONQUISTA. Agora crie uma crença positiva para ela, por exemplo: EU TENHO UMA CRENÇA, EU NÃO PARO NO CAMINHO! ou ainda FELICIDADE, EU TENHO UMA CRENÇA, 2017 VAI SER MELHOR QUE 2016. Essas crenças funcionarão como um combustível para seguir caminho e como antídoto quando maus pensamentos vierem a tona, além de energeticamente serem decretos de prosperidade. Lembre- se sempre do poder das palavras, eu crio enquanto falo. Abracadabra!

10. Escreva sobre isso, mantenha um diário de auto monitoramento, escreva as coisas ruins e boas que sente, procure manter o foco no positivo, escreva metas e não duvide delas. Tudo que é escrito ganha performance, pensamentos e ideias são etéreos, vai ser bom você trazer as coisas para o plano físico, para aqui e agora.

Faixa bônus: Não superestime as dificuldades. Talvez você já tenha feito isso d+.

Pronto. Você está apto para um 2017 de muita luz!

Um montão de beijos e abraços apertados! Se cuidem e Feliz Ano Novo!

Bel Ramalho – Comunicóloga / Coach Executivo e de Vida

 

Share Button

Dicas para garantir o bronzeado perfeito

Share Button

Olá Bauzete, tudo bem?

Verãozão tá quase aí e é hora de aproveitar a piscina, o sol e o mar. Os próximos meses são ideais para pegar um bronze e ficar com a pele dourada. Mas atenção: é preciso se bronzear com segurança, tomando os devidos cuidados para não danificar a pele e colocar a saúde em risco.

como garantir o bronzeado pele bronzeada

O mantra é antigo, mas vale repetir: o primeiro ingrediente do bronzeado perfeito é tomar sol nas horas corretas e comprotetor solar. Segundo Dr. Daniel Dziabas, dermatologista consultor da Netfarma, os melhores horários para se expor aos raios solares são até às 10 horas e após às 16 horas. “E nunca o uso do protetor solar é dispensável. É um erro pensar que não se deve usá-lo nesses períodos em que o sol é mais brando”, alerta o especialista.

Mesmo com o bloqueador solar é possível ficar com a pele bronzeada e, de quebra, fazer com que a cor se mantenha por mais tempo, já que essa proteção evita a descamação que normalmente ocorre quando a pele é agredida pelos raios ultravioletas.

Outra forma de preparar a pele para que o bronzeado seja mais bonito e duradouro mais é tomar cuidado com a alimentação e hidratação. “Sem esses cuidados, a pele vai desbotando, ficando opaca e, o bronzeado, que poderia durar até um mês, vai embora rapidinho”, conta Dziabas. Portanto, água, água de coco e sucos nutritivos são as melhores companhias para uma manhã dedicada ao sol.

A alimentação também tem influência direta na manutenção da cor. Alimentos ricos em betacaroteno ajudam a dar uma corzinha a mais, já que essa substância “se fixa” na pele, e junto com a melanina, dá um tom mais dourado.

Os cuidados pós-sol também são importantes: beber muita água e hidratar a pele com cremes específicos fazem com que o bronze se prolongue e deixa a pele aveludada e saudável.

Bjks,

Equipe Blog Baú Hype

Share Button