O envelhecimento dos esmaltes

Share Button

Outro dia organizei meus esmaltes e tirei p/ jogar fora todos os que estavam com a validade vencida. Postei no flickr a foto do que seria descartado e uma amiga esmaltólatra me falou que a data de validade não alterava a qualidade do produto. 

Como assim???

Ela me explicou e mesmo com sua explicação, resolvi por minha conta e risco, consultar profissionais que entendem do assunto, como da área de Biologia e Química. Até poderia ter feito uma pesquisa no Google, mas optei por falar diretamente com profissionais p/ não correr o risco de divulgar informação sem fundamento.

Resumindo as informações que coletei, é o seguinte:

Os esmaltes são polímeros a base de solventes orgânicos, ou seja, NÃO CONTÉM ÁGUA NA COMPOSIÇÃO. O que ‘estraga’ a maior parte dos produtos como um todo são as degradações físico químicas e microbiológicas. Como os microorganismos pecisam de água para viver, eles não sobrevivem ao ambiente de solventes orgânicos dos frasquinhos, logo não há risco de contaminação microbiana. Sem água = sem vida.

Sobra a degradação físico química, ela é caracterizada por alterações na cor, textura e cheiro e provocada geralmente pela incidência de luz e pelo contato com o ar . Se o frasco for bem fechado e armazenado em ambiente ao abrigo da luz, ela pode demorar até 10 ou 15 anos para acontecer. Muitas marcas internacionais não têm prazo de validade e a explicação técnica é essa.

Já na Brasil, a situação é diferente. A ANVISA libera o registro de todos os cosméticos por no máximo 2 anos. É um tipo de registro compulsório. Para aumentar esse prazo, a empresa precisa fazer uma série de estudos de estabilidade comprobatória. Como esses estudos custam dinheiro e o produto já está inserido no mercado (muitas vezes em coleções limitadas que NÃO serão produzidas por um período maior que dois anos), os fabricantes não tem interesse em gastar com isso. Aí o prazo fica como 2 anos para sempre.

O FDA (equivalente a Anvisa nos EUA) não tem essa exigência para produtos que não possuem água. Por isso os esmaltes de lá não têm validade obrigatória.

Agora você já sabe como acontece o envelhecimento do esmalte. Fica a seu critério o que fazer quando vencer o prazo de validade dos que vc tem.

No meu caso, jogarei fora as cores que não curtir mais e que jogaria de qualquer forma, independente do prazo.

UPTADE: A Amanda Sores escreveu nos comentários uma dica que vai ajudar todas nós que queremos guardar nossos vidrinhos por mais tempo: quando terminar de usar o esmalte, limpe a rosca do frasco antes de fechá-lo. Assim ele fica beem fechado e evita que o conteúdo estrague. Obrigada, Amanda! =D

Bjks 

Share Button

Comments

comentários

Comentários

  1. Karina Pereira diz:

    Muito boa a dica Giane, vou repassar pra minha mamy’s, ela é manicure e volta e meia faz limpeza nos esmaltes dela jogando fora os que já venceram, vou avisá-la sobre isso. Beeijo 😉

    1. giane diz:

      Que bom vc ter gostado, Karina. É um assunto polêmico e eu só divulguei pq tive suporte de profissionais. Bjoo

  2. Marcely diz:

    Oi Gi, tô sumida né?! rs
    Mas sempre passo por aqui, viu?!
    Bom, qto a validade dos esmaltes, acho q antigamente eles duravam mais até… Hj ficam super grossos logo, a cor muda, o holográfico SOME (como foi o caso do meu Hits), enfim, estão uma porcaria! Então ou vai p lixo antes da validade ou eu dou p alguém q queira com ou sem validade vencida. rs
    Eu lembro q tive um esmalte da Xuxa por ANOOOOOOOOOS e ele se manteve intacto! Anos mesmo, tipo uns 6, aí certa vez fui abrir p usar e estava super líquido!!! Joguei fora… rs
    Tb tenho um Beterraba da Impala vencido, qdo fui usá-lo demorou séculos pra secar, n sei pq ainda o deixei guardado, vai pro lixo!
    Mas enfim, se o esmalte tá bo,m n me importo se venceu ou n, mas se tiver com algum desses problemas, n uso mais, vai p lixo mesmo…
    Beijoooo

    1. giane diz:

      Oiee Marcely! Bom vê-la aqui, amiga! É, se estragou, tem q jogar fora mesmo. =( Bjoo

    2. cinthia diz:

      ahhhhhhhhhhhh eu joguei esses dias uma tulha de esmaltes cheinhos \o/ tô passada com um negócio desses 🙁

      1. Giane diz:

        Poxa vida, Cinthia! Q pena! =(

  3. Angélica diz:

    Gostei muito, super interessante, não sabia disso. Eu sempre guardei muito meus esmaltes, agora então…. Bjs!

    1. giane diz:

      Isso mesmo, amiga! Bjoo

  4. Bom saber mesmo!! Eu adoro comprar esmaltes novos, lançamentos e tal, mas mesmo assim não tenho muito, porque mesmo sem saber disso da validade não costumo ficar muito tempo com os mesmos esmaltes, amo comprar esmalte novo, mesmo sendo uma cor “parecida”com a que eu já tenha….kkkkk.. Daí eu enjoo dos que já tenho e acabo doando pra cunhadas, amigas, mãe, etc… sou muito a favor de versões de vidros menores, assim a gente consegue usar antes de vencer e também antes de enjoar.

    beijos!!

    1. giane diz:

      Minha coleção tb é rotativa, Kelly. De tempos em tempos faço uma faxina e tiro os que já enjoei ou comprei e não gostei. =) Vidro menor seria uma boa, hein? Outro dia vi uma proposta de esmaltes em cápsulas, p/ usar uma ou duas vezes só. Bjoo

  5. Amanda Soares diz:

    Oi Gi! Sou super a favor de continuar usando os esmaltes não não sofreram alterações.
    Hoje mesmo estou usando um Tecno da AH que venceu no meio do ano passado e está absolutamente NORMAL. =)
    Uma dica para ajudar na conservação é sempre manter a ‘rosca’ do frasquinho limpa. Sempre que uso o esmalte, ao final da ‘manicure’ limpo a rosca antes de fechar o frasco. Assim ele vai fechar melhor e o solvente não vai evaporar (ai demora mais para engrossar).
    Beijos!!!

    1. giane diz:

      Amandinha, muito obrigada pela dica! Adorei! Até atualizei o post com ela, caso alguém não leia seu coment. =D Bjoo

  6. Ana Paula diz:

    Nossa Giane, adorei o post, juro que nunca me interessei por isso, e quando o esmalte já começava a ficar com aquele aspecto meio “quebrado” ou com algumas faixas brancas eu já jogava fora kkkkkk Mas é bom saber isso, que vou começar a melhorar as condições de onde eu guardo eles, pra proteger da luz e do calor! Pq sempre tem aqueles esmaltes que a gente gosta muito e usa até acabar mas tem outros em compensação que ficam um tempão encalhados e a gente joga fora sem nem usar ou estar vencido. Muito bom o post!

    Bjs

    1. giane diz:

      Então Ana Paula, qdo estraga, não tem jeito. Só jogando fora mesmo. =( Agora, é judiação jogar fora um q esteja perfeito e só com a validade vencida, né? Eu acho. To cuidando bem aqui dos que são importantes p/ mim, p/ que ele durem bastante. Bjoo

  7. Nomeu caso tenho um montão de esmaltes vencidos tbm ..
    .. mas nãos os jogo fora por nada #ciúmes hahaha’
    O que eu faço, é o seguinte(dependendo do tempo do vencimento),
    antes de passa-los na unha, passo uma mão de base incolor, depois passo o esmalte por cima.
    Agora isso, so para aqueles esmaltes que tem muuuuuuuito tempo que estão vencidos.
    🙂

    1. giane diz:

      Olá Mércia! Obrigada pela visita e pelo coment. =D Humm, boa dica essa da base. Bjoo

  8. Jéssica Luz diz:

    Tenho muuuuitos esmaltes e vários estão vencidos. Algumas pessoas dizem que esmalte vencido pode causar alergia, mas em mim nunca causou nada demais. Uma dica que adotei foi guardar os vidrinhos em pé, além de limpar a boca do vidrinho antes de fechá-lo, como a Amanda Soares disse. E para dissolvê-los uso óleo de banana, nunca acetona. Acho que assim eles duram mais e ficam com um apecto mais bonito no vidro, mesmo depois de vencidos!
    Amei o post Gi, tirou muitas duvidas! :**

    1. giane diz:

      Sabe tudo, hein Jéssica? =D Legal vc aproveitar bem seus vidrinhos. É isso aí, nada de desperdício! Bjoo

  9. Muito boa a Matéria!! Nós que colecionamos sempre ficamos muito tristes ao ver os vidrinhos com data de validade expirada! Jogo no lixo aqueles que tiveram alterações perceptíveis. Os Vencidos eu reutilizava em artesanato. Mas tem uns descontinuados que confesso que guardo Bom saber que posso usá-los. Beijso e Obrigada!

    1. giane diz:

      Olá Myriam, td bem? Obrigada pela visita e pelo coment. Não tinha pensado em aproveitar p/ artesanato os que seriam descartados. Boa dica! Bjoo

  10. Nossa, esclareceu uma dúvida cruel! Rsrs..
    Tenho alguns esmaltes que passaram da validade, mas fiquei com dó de jogar fora, mas com este post sei quando realmente o esmalte não está bom!
    Adorei msm!

    Bjão Giane! 🙂

    1. giane diz:

      Que bom ter te ajudado, Daniela! Bjoo

  11. Gabriela diz:

    hummmmmmm. que demais!

    1. giane diz:

      Informação importante p/ a gente não sair jogando tudo fora, né Gabriela? Bjoo

  12. Fulvia diz:

    que felicidade ler esse post…. ameiiiiiiiiiiiiii kkkkk não jogo mais nenhum deles fora!! uhuuu

    1. giane diz:

      ahahaha isso aí, amiga! É só guardá-los direitinho q eles duram bastante. Bjoo

  13. Gisele Souza diz:

    Muito boa essa dica Giane ! Não sabia …
    Mesmo assim, quando os esmaltes vão ficando durinho ou com aparencia estranha eu já jogo fora, rs.

    Espero a sua visita no: Legião Fashion

    1. Giane diz:

      É Gisele, se mudar a textura, infelizmente tem q jogar fora ou guardar só por motivo de coleção. Que bom q vc gostou do post! 😉 Bjoo

  14. Cósima Mól diz:

    Adorei as dicas e saber que posso manter meus esmaltes que tanto amo por mais tempo.

    1. Giane diz:

      Que bom vc ter gostado! =D Obrigada pela visita e comentário. Bjoo

  15. Cássia diz:

    Adorei!!! Muito bom saber mesmo. Parabéns pelo post. Bjos!

    1. Giane diz:

      Q bom vc ter gostado, Cássia! Obrigada pela visita e pelo comentário. Bjoo

  16. Eu sempre usei esmalte que já tinha passado da validade, não ligo pra isso! Mas tendo uma explicação feita por quem entende do assunto é muito melhor né?
    Adorei a postagem!!
    beijoos

    http://www.esmaltadasdealice.com

    1. Giane diz:

      Que bom vc ter gostado, Alice! =D Obrigada pela visita e pelo comentário. Bjoo

  17. Regininha diz:

    Adorei o post e pra falar a verdade eu sempre fui muito teimosinha e sempre mantive os vencidos,pois sempre usei e nunca tive problema com eles rsrs. Uma dica que eu li uma vez é que melhor que o óleo de banana para diluir o esmalte que ficou grosso é o acetato de etila , (costumo encontrar na Sumirê) porque o acetato faz parte da composição do esmalte e o óleo de banana não. Antigamente usava o óleo mas não gostava do cheiro que o esmalte ficava e do tempo de secagem depois da mistura, ele demorava mais para secar. Agora quando preciso uso o acetato de etila e não tenho problemas . Parabéns pela iniciativa de consultar profissionais , o post ficou mara 🙂

    1. Giane diz:

      Regininha, obrigada pela visita, pelo comentário e pela dica do acetato de etila. Bom saber! Vou procurar por ela qdo precisar diluir um esmalte. 😉 Bjoo

  18. manubegh diz:

    Simplesmente amei saber isso, eu tenho vários esmaltes vencidos, nunca joguei eles fora por não achar que estava estragados e também porque nunca me fizeram mal.. agora mesmo que não vou mais jogar nenhum! hahaahhaa

    1. Giane diz:

      ahahaha que bom ter te ajudado a manter sua decisão, Manu! =D Bjo e obrigada pela visita!

  19. michelle diz:

    muito boa essa dica, eu deixo os meus vencidos em uma caixa separada, pq qdo eu quero usar uma cor q já saiu de linha eu pego de lá. só não pode usar nas clientes neh, aqui na minha cidade, a Vigilância Sanitária fica em cima da gente, se pega produto vencido no salão dá bronca rsrs.

    1. Giane diz:

      Ah, ótima essa dica de separar os vencidos, Michelle. Imagino como seja a fiscalização. Melhor evitar aborrecimento, né? Bjo

  20. Aline diz:

    É bem legal este tipo de post! Eu acabo jogando fora os vencidos para liberar espaço pros novos!! hahahah
    Bjos
    Line
    http://www.viciodemenina.com.br/

    1. Giane diz:

      rsrsrs que bom vc ter gostado, Aline! Obrigada pela visita! Bjoo