Cabelo original

Share Button

Há muito tempo existe um problema na minha vida e ele se chama Cabelo.

Quando eu era criança, meu cabelo era imenso e armado. Não existia produto nem técnica p/ reduzir o volume. Mesmo se tivesse, provavelmente não poderia usar porque, como citei, eu era criança.

Cresci usando cabelo preso e chorando após cada corte. Parecia que ficava pior, mais armado ainda. Acho que nem existia corte especializado p/ cabelo crespo.

No final da adolescência a situação começou a melhorar. Surgiram os primeiros produtos específicos para cabelos crespos e cacheados.

O meu se ajeitou com o relaxamento.

O problema é que a química do relaxamento ressecava demais e não dava p/ fazer sempre pq era forte.

Cansei e acabei caindo na progressiva.

Ah, que beleza acordar com o cabelo liso e arrumado!

Durante um tempo fiquei apaixonada pelo meu cabelo. Fizemos as pazes e vivemos felizes.

Mas qdo chegava o verão, tinha que fazer escova p/ poder sair. Se eu não fizesse, ficava aquela coisa nem cá nem lá, sem forma e com cara de nada. O calor era tenso.

Um dia me enchi, mandei tosar e tirar toda a química porque queria ser livre. Queria lavar o cabelo, passar leave-in e sair, sem a chatice da escova. Ficou assim:

Passei um tempo fazendo relaxamento e cortando as pontas. Só que um dia, não sei o que houve, o produto que eu costumava usar p/ o relaxamento não deu certo. Destruiu meu cabelo. Ficou esturricado e espichado, como se eu tivesse passado um alisante da pior qualidade.

Cortei uma vez p/ ver se dava jeito e nada. Cortei a segunda e nada. Que desespero e desgosto!

Até que uma cabeleireira me indicou um tal de alinhamento dos fios, uma técnica que não alisa, só solta um pouco os cachos e dura uns 2 meses no máximo.

Fiz e gostei.

Fiquei um ano fazendo o alinhamento e cortando p/ tirar a química do demo. Nessa época, fui obrigada a voltar a fazer escova pq se eu lavasse e saísse…

Foi triste.

Até que consegui tirar a bendita. Fiquei com o cabelo curto mas saudável, só com o produto do alinhamento que é fraco.

Tenho feito isso desde então: corto as pontas e faço o alinhamento a cada 2, 3 meses. Quando dá vontade ou está frio, faço escova. Quando não dá, lavo, passo o leave-in, amasso, às vezes seco com o difusor e pronto.

De acordo com o visagismo, cabelo liso e reto é mais indicado p/ mulheres que estão em posição de liderança, que precisam inspirar credibilidade. Olha as apresentadoras de telejornal ou as chefes de Estado. A maioria tem cabelo liso ou curto, nada de ondas.

As ondas tem a ver com romantismo, sensibilidade e feminilidade. São mais recomendadas p/ quem trabalha no ramo das artes, por exemplo.

As vezes acho que meu cabelo cacheado me atrapalha na imagem que tenho que passar em sala de aula, mas por outro lado, me sinto mais eu. A sensação de ter o meu cabelo, meu mesmo, sem mudanças radicais na cor e na estrutura, me faz muito bem.

Tem mulher que nasce morena e só se encontra depois de ficar loira ou vice-versa. Olha a Dita Von Tesse, que aliás tem cabelo com volume e ondas.

Há quem nasça com cabelo crespo e só se encontre depois de alisá-lo. Como sempre digo aqui no blog, use o que te faça feliz e te projete positivamente. Se der vontade de mudar, mude.

Agora, fique a vontade p/ ser feliz tb com seu cabelo original, qualquer que seja a estrutura e a cor dele.

O começo da transformação é uma barra. Parece que a gente não vai conseguir. Tem que ter paciência. Mas depois que vc consegue, dá uma sensação ótima de independência e isso, com certeza, faz muito bem p/ a autoestima.

Bjks,

Giane Carvalho

Share Button

Comments

comentários

Comentários

  1. Oi Gi!!! AMEI o vídeo, simplesmente incrível =D
    É até emocionante pois tem um caráter político e cultural imbutido… Eu sou a favor do cabelo natural!! Depois da adolescência, meu cabelo não era nem enrolado e nem liso… Felizmente chegaram os leave-ins pra ajudar a dar uma forma mais definida. Só sei que nunca pintei e nunca alisei quimicamente na minha vida!
    Eu escolhi os cachos =D

    Eu concordo que cada um escolhe o que quer pra fazer no cabelo, mas na minha opinião, essa parada de visagismo, que tal cabelo combina com tal posição, a maior BESTEIRA! Seus alunos não deveriam se preocupar se seu cabelo é cortado tipo moicano ou pintado de azul. Pra mim isso não tem nada a ver com o conteúdo que vc está ensinado!! Eu não tenho cabelo liso e sou conhecida por liderar muitos projetos. Não acredito que só pq tenho cachos, sou romântica. Não sou NADA romântica HAHAHA e acredito que quem me conhece também sabe das minhas características, que elas não tem a ver com o jeito do meu cabelo =P

    Sei lá, cabelo pra mim é vivo, ele decide se quer ficar bom, se não quer rs é quase uma relação de simbiose em que ele que tá no comando. Quantas vezes acordei com o cabelo de novela e tô de pijama estudando ¬¬ ou quero sair e ele fica sem graça >_< enfim... Cabelos são incríveis em toda sua complexidade! Beijão Gi!

    1. Adorei, Rebeca! =D Tem que gente que ganha personalidade qdo muda o cabelo e tem gente que se mudar, perde a personalidade. O negócio é seguir a sua vontade e ser feliz, com ele modificado ou não.
      Seus cabelo cacheado é lindão. Tá certa em conservá-lo assim.
      Bjoo

  2. Taby diz:

    Gi, eu fiquei super inspirada depois que vc compartilhou esse video no twitter!
    To tentando deixar meus cachos um pouco. Eu nunca usei nada muito forte então é só parar com a progressiva. Mas olha que luta haha. Nao sei porque mas amo ele liso. Acho que fiquei com aquela coisa de que nao existe nada pra cabelo enrolado sabe? Na minha infancia tbm nao tinha e eu odiava aquele cabelo a la maria betania.

    1. Que bom vc ter gostado, Taby! Trocar informações positivas é a minha meta com esse blog.
      Eu ri com o cabelo a la Maria Betânia ahaha igual ao meu, ow tristeza.
      Agora tá mais fácil, tem tudo p/ cabelo infantil, né?
      Força aí se quiser mudar, amiga. Vale a pena encarar a fase crítica pq depois dá o maior alívio.
      Bjoo

  3. Eu sempre fui fã de cabelo cacheado Gi, tanto que uma época era doida pra fazer permanente, mas hoje eu aprendi a gostar do meu cabelo! Só preciso cuidar mais dele pq não faço nada, mas né por pura preguiça mesmo! :~
    Seu cabelo tá lindão agora, amoo esses cachinhos!

    1. Obrigada, Leeh! Vc sempre tão atenciosa comigo. ^.^
      Como não cuida? Poxa, então agradeça à sua genética, amiga. Seu cabelo é muito lindo!
      Bjks

  4. Andy A. diz:

    Mudar o cabelo pode virar um caso tenso rsrsrs comigo ja aconteceu de estragar totalmente o cabelo com idéias mirabolantes que com certeza não dariam certo , mas não adianta a gente nunca ta satisfeito com o nosso cabelo , principalmente depois de ver uns maravilhosos por ai , mas se esquecemos que fica bem nelas e não em nós rsrsrs …. seu blog é muito bom , ja estou seguindo segue o meu ae
    http://andyantunes.blogspot.com.br/

    1. Isso mesmo, Andy. A gente vê cabelo de novela e propaganda de xampu e quer ter igual, mas não dá né? rsrs
      Obrigada pela visita! Vou seguir seu blog, pode deixar!
      Bjoo

  5. Hally diz:

    Muito, muito, mas muito bacana. Mulheres de cabelo cacheado não sabem a mina de ouro que carregam sobre suas cabeças. Digo isso porque alisar, muitos produto fazem, mas, vocês se dão conta da infinidade de cachos diferentes que existem no mundo? Não existe aparelho nenhum que consiga essa gama de possibilidades, e, “milnovescentoseoitentamente” falando, o permanente e o volume conseguiam uma variedade de 5 ou 6 cachos diferentes, se a profissional fosse competente (minha mãe ganhou horrores nessa época).

    Meu cabelo é castanho escuro e ondulado (aquele que não sabe se alisa ou cacheia), mas o sonho de consumo da pessoa aqui é um cabela a lá Julia Roberts em Uma Linda Mulher (ruivo mais para o laranja com cachos graudos). Sei que tem muita gente que inveja o cabelo que tenho, mas isso é pelo simples fato de nós nunca estarmos satisfeitas com o que temos. Afinal, qual de nós não precisa emagrecer no mínimo 2 kilos? =)

    1. Nossa, é mesmo Hally,não tinha pensado sobre essa variedade de cachos que acabam sendo quase que uma impressão digital.
      Pow, o cabelo da Julia Roberts é fantástico, mas vai saber qtos cabeleleiros e produtos carésimos estão por trás dele?
      É,a gente nunca tá satisfeita e que tédio se estivesse, né? ahaha
      Procurar melhorar é super válido, só não pode virar sofrimento.
      Bjks

  6. Olá Ginane, tudo bem?
    Adorei o seu cantinho!
    Acho perfeito cabelos cacheados…são lindos *-*
    Seu cabelo tá lindo agora!
    Seguindo..
    Beijinhus

    http://danielleparedes108.blogspot.com/

    1. Muito obrigada pela visita, pelo coment e por estar seguindo o Baú, Danielle!
      Vou passar no seu canto tb. =D
      Bjoo

  7. Jéssica Queiroz diz:

    Sempre quis ter cabelos cacheados, acho que os cachos cria um aspecto sensual em nós mulheres!

    É a 1° vez que visito seu blog Giane.
    Achei bastante interessante, pois todas as mulheres buscam um canal como esse, com dicas,e tudo mais.. virei fã! visitarei sempre! 🙂

    amei, um beijo…♥

    1. Oi Jéssica, seja bem-vinda! Que bom saber q vc gostou do conteúdo! =D
      Obrigada pelo coment!
      Bjks

  8. Verônica diz:

    Oi Gi, adorei o post!

    Meu cabelo 'natural' é bem cacheado e castanho. Também sofri muito na infância, até me revoltar e cortar “joãozinho”, era mto mais facil! rs
    Na adolescência, usava preso (e molhado) para manter a juba domada. Pintei de vermelho, e depois fiz luzes. Virei escrava da chapinha e da progressiva (fazia de 3 em 3 meses). Com tanto produto bom por aí, acabei deixando a progressiva de lado e vivendo com a chapinha e cabelo 'natural' (que já não é mais tão cacheado assim) de vez em quando.
    Acho que me encontrei na 'loirisse'…vejo fotos antigas e não acho que o cabelo castanho combinava comigo..rs. Apesar de toda a quimica, estou bem com meu cabelo atual 🙂

    Bjos!

    1. Vc fica muito bem loira, Verônica! Mantenha-o assim porque combina mesmo com vc. =D
      Bjoo

  9. Nanda diz:

    Esse vídeo realmente emociona né, e mantém firme a decisão de quem optou ser natural!

    bjo

    1. Amei, Nanda! Que bom vc ter divulgado. Sempre recomendo seu blog p/ as cacheadas, viu? ^.^
      Bjoo

    2. Nanda diz:

      Gostei de vc ter divulgado também, é bom a gente divulgar esse tipo de coisa para mais cacheadas se assumirem!
      E brigada por recomendar meu blog 🙂
      Bjo até mais

  10. Paulette diz:

    eu amo cachos, já falei no outro post né? kkk
    nunca fiz quimica nenhuma no meu cabelo… nem escova, nem relaxamento, nem tintura, nada… a única coisa q faço de vez em qdo é escovar, ou chapinha, até baby liss… pq naturalmente ele num quer nem ser liso nem enrolado, fica sem forma =(
    mas uso ele mesmo assim, pq tenho preguiça mesmo hauahaua
    foda é q qdo ele seca sem eu mexer fica lindo, com cachos legais… mas desmancha mto rápido, e eu num consigo parar de passar a mão no cabelo =/

    1. Paulette, já experimentou passar uma mousse? P/ mim dá certo. Deixa os cachos mais definidos e demora p/ desmanchar. APrendi a secar o cabelo com o difusor vendo o tutorial da Nanda e tb ajuda na definição. Mas seu cabelo tá lindo, nem se preocupe mesmo pq tá show!
      Bjoo

  11. Vivian Campos diz:

    Meu cabelo no natural é super cacheado, crespo mesmo, mais eu nuando secavaão gosto disso por isso eu tirei os cachos com escova e não me arrependo! amo meu cabelo lisinho!!!….rsrsrrs
    Desde criança sonhava em ter cabelos lisos, pois, cabelos crespos dão muito trabalho e eu só conseguia deixar solto se estivesse molhado, porque quando secava…pronto eu já prendia…aff
    Me sentia horrível! Hoje não, com meu cabelos lisos e brilhosos eu me adoro!!…rsrsrsrrs

    1. giane diz:

      Tá certa, Vivian. Se vc ama seus cabelo lisos, tem mais é que mantê-los assim. =D O importante é a gente estar confortável com o cabelo q tem e cuidar p/ que ele esteja sempre saudável e bonito. 😉 Bjoo e obrigada por estar sempre passando por aqui.

  12. Evy diz:

    Olha eu comentando aqui pela primeira vez! sempre leio, mas nunca comento, coisa feia… mas esse post mt me inetressa!! rs
    eu há um ano atrás falava q ia aproveitar o momento q eu engravidasse pra fazer isso, essa transição… mas meu cabelo embola tanto, tanto, mas TANTO q já to repensando… rs ele faz um bolo na raiz, não faz cacho… e embaraça com extrema facilidade! não sei se conseguiria manter… Depois da lua de mel q estava com meu cabelo, fazendo relaxamento e com um corte curto lindo q a Ness me deu, estou vivendo dias difíceis rs. Quase choro pra pentear! Já dormi de lenço, com ele preso, e nada ajuda muito, ele embaraça todo e lá vou eu pra tortura do desembaraço com quilos de creme, borrifador, pente largo… rs. Vou fazer trança nagô (aquela q fica justinha na cabeça) pra aguentar o período de amamentação, pq se não fizer isso, raspo a cabeça! rs admiro quem consegue cuidar de um cabelo afro como o meu, sem química. Mas acho q ainda não consigo 🙁
    Bjs!

    1. giane diz:

      Ai Evy, com esse embolamento fica complicado mesmo. =( Segura as pontas aí mais um pouco, como vc disse, até passar a fase da amamentação, depois vc resolve o q fazer. E que sua decisão seja p/ te deixar feliz. Bjoo

  13. Angélica diz:

    Muito legal Gi. Uma única vez fiz progressiva, logo no começo, meu cabelo ficou horrível, super liso e sem vida, e pra piorar, quebrou. Depois disso, nunca mais, prefiro ficar com o cabelo natural e fazer escova às vezes.
    Bjs e parabéns pelo post!

    1. giane diz:

      Se vc não curtiu, tá certa em deixar seu cabelo natural que é lindão! Bjoo, amiga!

  14. Fábia diz:

    Ameeeeeeeeeeei esse post!
    A história do meu cabelo é bem parecida com a sua… foram ANOS de progressiva até finalmente aceitar as madeixas que Deus me deu. É difícil, mas depois só alegria!

    Beijao!

    1. Giane diz:

      Sério, Fábia? Menina, nem sabia q vc tb tinha passado por esse processo! Parabéns por ter conseguido voltar com seu cabelo original e estar feliz com ele. =D Bjoo